Resenha: ‘Temporada dos Ossos – Samantha Shannon’

Oiii gente! A resenha de hoje é de uma distopia, que eu super recomendo para os fãs de ‘Jogos Vorazes’ e ‘Divergente’. O livro ‘Temporada dos Ossos’ é o primeiro de sete volumes da série Bone Shannon que já foi publicado em mais de vinte países e por aqui saiu pela Fábrica Rocco.

Vamos ver o que eu achei dessa história??

“Sinopse: Distopia com uma pegada sobrenatural são os ingredientes da série Bone Season, de Samantha Shannon, que chega ao Brasil pelo selo Fantástica Rocco. Ambientada em 2059, a trama acompanha a protagonista Paige Mahoney, uma andarilha onírica, alguém capaz de entrar na mente das pessoas e captar pensamentos e fragmentos de sonhos. Considerada traidora pelo governo, Paige paga por seu dom com a sua liberdade e é enviada para uma prisão secreta em Oxford. Lá, ela conhece os Rephaim, criaturas de uma raça antiga que desejam controlar a clarividência de Paige e de outros como ela, e precisará aprender a confiar em aliados improváveis não só para reconquistar a liberdade, mas garantir a própria sobrevivência.”

A história se passa em uma Londres futurista, no ano de 2059, na fictícia cidade de Scion, contada pelo ponto de vista de Paige Mahoney, que foi educada em uma escola particular e só saiu aos dezesseis anos para trabalhar e se sustentar sozinha. A expectativa era que ela conseguisse um emprego de garçonete ou algo parecido, mas assim que saiu da escola Paige foi trabalhar no submundo de criminosos de Scion, para o Mime-lorde Jaxan Hall responsável pela área I-4, que a protegia por saber de seus poderes de clarividência.

“Nenhum deles pensou em solução. Apenas brigavam por isso. E brigavam. E brigavam por causa das brigas.”

Paige era uma hacker, uma espécie de radar de mentes ligada ao éter (uma dimensão intrínseca carnal) com isso, ela conseguia desvendar as mentes dos inimigos de Jax, assim ele sempre estava um passo à frente de seus inimigos. Os Clarividentes eram divididos em sete categorias: Adivinhos, Médiuns, sensitivos, áugures, guardiões, fúrias e saltadores, cada um deles representa um crescimento de poder e sua raridade.

17474541_1280214888729720_752531861_n

A vida de Paige muda quando está no metrô indo visitar seu pai e com medo de ser descoberta, acaba matando um Subguarda e deixando um outro louco, pois faz tudo isso com a força da sua mente sem derramar sequer uma gota de sangue.  Desesperada e arrependida ela corre para casa do pai e tentando entender o que aconteceu, mas ela não tem muito tempo. Paige é capturada e levada para a antiga Oxford, conhecida agora como Sheol 1. Lá ela descobre que a cidade é comandada por Rephaims, uma raça desconhecida que captura e recruta videntes, para proteger a cidade. Tratada como escrava, Paige vai descobrir muitos segredos do submundo, enquanto arma um plano para fugir.

“Puxei o espírito para o éter, deixando o corpo vazio”

Com 448 páginas ‘Temporada dos Ossos’ é regada por mistérios e aventuras que me deixaram envolvida com a história da primeira a ultima página. Minha única queixa é o começo extremamente confuso, mas passado os primeiros capítulo a leitura flui e eu passei a devorar o livro e só consigo pensar, quando sai o próximo volume.

17440195_1280214848729724_465969939_n

A diagramação do livro está perfeita, com desenhos lindos de flores e símbolos nas páginas e folhas amareladas que dá um charme especial a história, fora essa capa que está maravilhosa.  Com uma escrita comparada da de J. K.  Rowling, a Editora Rocco acertou em cheio ao trazer o livro de estréia da autora Samantha Shannon para o Brasil. Com isso, eu deixo minha quatro Angélicas para este livro cheio de mistérios.classificacao-4-angelicas

*Esse livro foi cedido pela Editora Rocco (Selo Fantástica Rocco) no evento Aliança de Blogueiros – RJ. 

Anúncios

4 comentários em “Resenha: ‘Temporada dos Ossos – Samantha Shannon’

  1. Oi Bianca ,não tem como não falar em primeiro lugar da capa desse livro. Eu achei linda… Deslumbrante mesmo!

    Não li “Jogos Vorazes” e nem “Divergente”, mas o que me agradou na história.,é ficar sabendo que a trama é cheia de ação e mistérios.
    Como toda curiosa,já fico na expectativa do que virá.

    E também achei interessante os “poderes” da personagem Paige.

    Aventuras não faltarão nessa série. 😉

    Curtir

  2. Eu tenho que confessar que só comecei ler esse gênero por causa da gincana de aniversário do Além no ano passado, e posso dizer que estava totalmente enganada, tem um toque de suspense e isso é muito legal, pois prende a atenção do leitor, se eu pudesse escolher um poder seria em parte como o do Paige, mas somente para ler, controlar é muito poder para uma pessoa, vamos deixar ele só no livro rsrsrs

    Curtir

    1. Muito legal o Além te levar a ler esse gênero Carol.
      Distopia é um gênero pouco conhecido, mas que vem ganhando espaço nos últimos tempos.
      E confesso que se pudesse teria os mesmos poderes de Paige, ler mentes é muito legal. Kkkkkkkkkkkk

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s