A Hora do Chá: ‘ Pelo Amor de Cassandra – Lisa Kleypas’

Oi gente! Estou de volta nessa coluna que eu amo e hoje é pra falar de uma série que eu sou completamente apaixonada: Os Ravenels. Quem acompanha a história dessa família estava bastante eufórico pela conclusão e enfim, vamos conhecer a história da última solteira dos Ravenels. Confesso que estou esperando por isso desde o livro da Pandora, então, assim que meu livro chegou, ele passou na frente de todos os outros. Fiquem com a sinopse que já falo um pouco mais de Pelo Amor de Cassandra…

“Tom Severin, o magnata das ferrovias, tem dinheiro e poder suficientes para realizar todos os seus desejos. Por isso, quando resolve que está na hora de se casar, acha que deve ser fácil encontrar a esposa perfeita. Assim que ele pousa os olhos em lady Cassandra Ravenel pela primeira vez, decide que ela é essa mulher. O problema é que a bela e perspicaz Cassandra é tão determinada quanto ele, e faz questão de se casar por amor – a única coisa que Tom não pode oferecer. Além disso, ela não tem o menor interesse em viver no mundo frenético de alguém que só joga para vencer. No entanto, mesmo com o coração de gelo, ele é o homem mais charmoso que Cassandra já conheceu. E quando um inimigo recém-descoberto quase destrói a reputação dela, Tom aproveita a oportunidade que estava esperando para conquistá-la. Ao contrário do que pensa, porém, ele ainda não conseguiu o que queria. Porque a busca pela mão de Cassandra pode até ter chegado ao fim, mas a batalha por seu coração está apenas começando.”

Cassandra Ravenel acabou de ver sua irmã gêmea, Pandora, se casar com o amor de sua vida. Apesar de estar extremamente feliz pelo casamento de sua outra metade, ela se sente triste por agora ter que enfrentar uma nova temporada sem Pandora, além do fato de temer não encontrar ninguém por quem possa se apaixonar perdidamente. E é em meio a muitas lágrimas e uma proposta apressada de casamento à West que Cassandra vai conhecer o misterioso Tom Severin. Ele acaba ouvindo toda a conversa entre os primos e não consegue evitar se sentir atraído pela bela loira que está aos prantos.

IMG_20201217_150006 (1)

Tom Severin é o magnata das ferroviais, com investimentos em basicamente todos os setores de Londres e dinheiro suficiente para conseguir o que quiser. E agora ele está decidido que quer uma esposa e a mulher perfeita para este cargo está diante de seus olhos, mas West deixa bem claro que Cassandra jamais se casará com ele. Mesmo assim, Severin decide pedir permissão ao guardião legal da moça, seu outro primo, Devon, que foi novamente negado. Os irmãos Ravenel são amigos de Severin há anos e sabem que ele não é dado a sentimentalismo, tanto que reduziu suas emoções à cinco sentimentos, então jamais seria capaz de fazer Cassandra feliz.

“– Eu serei sua ostra.
– Eu me casarei com a senhorita – disse Tom a ela. – A qualquer momento. Sob quaisquer
termos.”

Meses se passam enquanto cada um vai levando suas vidas separados, mas o destino vai sempre os colocando nos mesmo lugares e parece que eles tendem a ter as melhores conversas em casamentos. Eles são completos opostos, mas quando estão juntos conversas divertidas sempre acontecem entre eles, além daquela tensão sexual que os envolve o tempo todo. Como Tom jamais lhe daria amor, Cassandra segue participando da temporada, rezando para esquecê-lo e encontrar um marido adequado. Enquanto isso, Severin tenta se manter o mais afastado possível já que Cassandra faz ele sentir coisas que fogem do seu padrão de sentimentos.

Temos uma nova passagem de tempo e agora todos os Ravenels estão casados, exceto Cassandra. Ela se sente cada vez mais melancólica e acredita que chegará o momento em que terá que aceitar qualquer pretendente para não ficar sozinha. Apesar de Devon lhe afirmar que jamais lhe obrigaria a se casar, ela sabe que a decisão será totalmente dela e isso a assusta. Ela viu todos se casando por amor e ela aparentemente será a exceção da família, ainda mais agora que um de seus pretendentes lhe colocou numa posição escandalosa. Mas eis que chega o prático Tom Severin para salvá-la deste destino nada fácil, mas é claro que Cassandra não vai facilitar as coisas para ele.

IMG_20201217_150436

Gente, a partir daqui a história pega um rumo onde os personagens já nos tem totalmente rendidos, pois a percepção que tínhamos de cada um deles muda drasticamente. Cassandra sempre foi a gêmea calma enquanto Pandora estava sempre inventando algo, mas vamos conhecendo a personalidade dessa mulher e ela nunca foi calma e passiva. Ela e Pandora eram uma unidade e, agora com a irmã casada, Cassandra não sabe como vai funcionar sem sua gêmea. Ela é doce e gentil, mas é forte e determinada. E muito dessa força veio de Kathleen e Devon. Eles se tornaram mais do que guardiões dessas irmãs e mostraram que elas sempre tiveram seus destinos em suas próprias mãos.

“Você provavelmente pensou que Pandora era causa de todas as nossas aventuras. Mas, como pode ver, sou capaz de arranjar problemas por conta própria.”

Quanto à Tom Severin, se ele errou algum dia, eu nem lembro. A verdade é que ele vem sendo apresentado desde o início da série e a gente ficava sem saber muito bem o que pensar dele, já que aparentemente é um homem frio e calculista e, quando se trata de negócios, ele é bem do termo ‘amigos, amigos, negócios à parte’. Mas debaixo de toda essa imagem que construiu, Tom é um homem extremamente inteligente e pragmático, mas que acaba não conseguindo evitar desenvolver todos aqueles sentimentos que há muito tinha guardado. Ele veio de uma família muito pobre e viveu uma infância difícil, mas sempre foi inteligente e esforçado suficientes para que se tornasse um dos homens mais ricos de Londres.

“Ela era linda como eram lindos o fogo e a luz do sol – quente, cintilante e dourada. Vê-la provocou em Tom uma sensação de vazio, de fome. Aquela mulher era tudo pelo que ele ansiara em sua juventude desfavorecida, cada esperança e cada oportunidade perdidas.”

As interações desse casal serão incríveis, a começar que eles negociam um contrato de casamento. Ele não tem valor legal nenhum, mas serve de parâmetro para o relacionamento deles, vide que Cassandra é romântica e sonhadora demais, enquanto Severin é muito prático e direto. É até engraçado o quanto ele leva cada coisa ao pé da letra e apenas quando está completamente apaixonado por Cassandra é que começa a enxergar as coisas de outra maneira. E como boa leitora que sou, não tinha como não ter amado que a autora fez o mocinho ler os livros preferidos de Cassandra para que pudesse entender como ela via as coisas. Se preparem para dar boas risadas com ele resumindo os livros. 

E chegamos ao fim de mais uma série. Apesar de ter sido confirmado o sétimo livro de Os Ravenels para 2021, eu sigo achando que isso não faz sentido algum. Devil In Disguise, ainda sem data de lançamento, será protagonizado por Merritt Sterling, filha de Lilian e Marcus de Era Uma Vez No Outono (série As Quatro Estações do Amor), então não sei muito bem como que poderia fazer parte desta série. Vamos aguardar os novos pronunciamentos da Lisa Kleypas, mas acredito que estamos vendo uma nova série nascendo. Então, independente desse livro ser o sétimo ou não, Pelo Amor de Cassandra encerra oficialmente a parte dos Ravenels, não que eles não possam reaparecer nos outros livros né?

IMG_20201217_151744

E como estamos falando de finalização, eu não poderia deixar de falar de todos que fizeram com que essa série fosse tão incrível. Todos eles aparecem nesse livro, uns mais do que outros, mas eu preciso e tenho muita necessidade de falar de Devon Ravenel, o Conde Trenear, e o homem responsável por unir essa família. Os Ravenels não seriam essa unidade se não fosse pela chegada dele. É impressionante o quanto ele mudou ao longo das histórias e se tornou realmente o líder que essa família precisava. Eles se amam e se protegem de todas as maneiras possíveis e a gente acaba a leitura com uma alegria tão grande de ver o quanto cada um deles conseguiu conquistar a felicidade verdadeira.  

“Não limites para o que eu faria por você.”

Pelo Amor de Cassandra chegou aos leitores brasileiros em novembro, apenas em ebook, mas nos primeiros dias de dezembro, quem tinha comprado a edição física começou a receber. E veio acompanhado de um brinde tão lindo e significativo para essa história. A capa está maravilhosa e combina muito com os demais livros da série e apesar do título nacional não parecer muito com o original, eu achei que a escolha da Editora Arqueiro foi certeira, já que em nenhum momento Severin ‘persegue’ (em inglês Chasing) Cassandra. Quanto á diagramação, é simples como os demais livros da série, mas confortável para leitura. Minha única observação é que achei o papel dessa capa mais mole do que os demais livros.

IMG_20201217_150328

“Vincular seus nomes ao símbolo do infinito de Euler significa… Os dois formaram uma unidade completa… uma união… que continha o infinito. O casamento deles teve um começo e um fim, mas todos os dias foram preenchidos para sempre. É um conceito bonito. Matematicamente falando.”

Lisa Kleypas nunca, e eu disse nunca, decepciona. Ela fez o casal mais improvável dar certo de uma maneira que a gente só queria continuar a ler a história deles para sempre. Acho difícil alguém ler esse livro e não pensar no quanto os cinco sentimentos de Severin se multiplicaram ao longo dessa história. Eu não vou comentar nada a respeito do pequeno órfão Bazzle porque acredito muito que a participação dele tenha sido fundamental para desenvolver mais sentimentos em Severin, então vocês precisam ler este livro. Pelo Amor de Cassandra, leiam essa história, pois vocês vão rir e se emocionar com um casal formado por duas pessoas cheias de peculiaridades, mas que juntos são infinitos. Não poderia ser menos que 5 angélicas não é mesmo? 

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

2 comentários em “A Hora do Chá: ‘ Pelo Amor de Cassandra – Lisa Kleypas’

  1. Olá,
    A Lisa é minha autora favorita do gênero, e isso se dá muito pelos personagens criados por ela. Eu iniciei a leitura dessa série quando lançou, mas por conta da falta de acesso aos livros acabou ficando. Quero reler os primeiros livros para dar prosseguimento na leitura, mas já adianto que sua resenha me deixou com vontade de passar esse até na frente, de tanta vontade que fiquei de ler.

    Beijo!
    http://www.amorpelaspaginas.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s