Resenha ‘Brasileiro Inesquecível – Aline Sant’Ana’

 Oi ooooi gente! Hoje eu vim trazer uma resenha rápida, que vem de uma leitura rápida. Se trata do quarto conto da série Sem Fronteiras Para o Amor, da Aline Sant’Ana. Como eu disse na última resenha, eu estou bem atrasada nas postagens já que, venho falar do quarto livro e já tem até o oitavo publicado. Então, estou correndo atrás do prejuízo, ainda mais com a editora publicando um novo a cada dois meses. Depois de Estados Unidos, Austrália e Japão, vamos ficar no nosso Brasil. Então, vamos conhecer a história…

Eu a conheci na adolescência sabendo que a perderia. Eu me apaixonei tendo total consciência de que tínhamos um prazo de validade. Mariana iria para o Havaí e eu viveria em alto-mar. Nosso relacionamento estava fadado ao fim desde o nosso primeiro beijo, mas isso não me impediu de amá-la com todo o coração.
Anos depois, segui a minha vida e descobri que um coração partido não se conserta tão fácil. Eu ainda me lembrava dos seus cabelos cacheados, dos seus olhos castanhos e do som da sua risada. Por mais que estivesse mil por cento dedicado à profissão que escolhi, servindo ao meu país através da Marinha, era difícil demais esquecer Mariana Almeida.
O que aconteceria se a vida desse uma reviravolta absurda e cruzasse os nossos caminhos de novo? Se eu tivesse a chance de vê-la mais uma vez? Só mais uma vez?
Isso era tudo o que eu mais queria e temia, secretamente torcendo para que pudesse se tornar realidade.

Esse conto começa um pouco diferente dos outros. Enquanto, antes, os protagonistas se conhecem durante a trama e tudo mais, aqui temos personagens se reencontrando. Anos antes da história enfim começar, Mariana e Dário foram namorados que se amavam muito, que pretendiam ficar juntos, mesmo que precisassem enfrentar uma grande distância. Mas o destino não quis que fosse assim e os caminhos deles se separaram.

Dário, por causa de uma promessa ao avô, queria construir sua carreira na Marinha, enquanto Mariana ia para o Havaí, para poder fazer faculdade de Oceanografia. Mesmo separados, nenhum dos dois deixou de amar o outro, ou até mesmo esqueceu. Ainda que 12 anos tenham se passado desde que se falaram pela última vez, tudo ainda está muito ali.

Era um sentimento dualista. Torcíamos um pelo outro, mas queríamos um ao outro…

Mariana voltou para o Brasil, para poder trabalhar em Fernando de Noronha. Ela tem o projeto de sua vida, que é relacionado com recifes e corais e isso é a paixão de sua vida. Mas, no dia de seu aniversário, Mari sente ainda mais a falta de Dário e a solidão quem tem sentido. Depois de encontrar uma pessoa um tanto estranha e fazer um brinde tão estranho ainda, nossa mocinha sonha com o homem da sua vida. Um sonho lindo, sobre como a vida deles poderia ter sido.

744

Só que sonhos acabam rápido demais, principalmente quando Mariana recebe uma ligação de seu trabalho, sobre um acidente com petróleo, que ameaça todo o seu trabalho e ela precisa agir. Quem também fica sabendo sobre esse acidente é Dário, que mesmo em suas férias, depois de seis meses em uma arrisca missão, quer ajudar. Afinal, depois de um sonho tão vívido com a mulher que ama há tantos anos, precisa ocupar a sua mente.

Nem mil oceanos me impediriam de ter Mariana nua, em uma cama quente, naquela noite.

E, vai ser por causa desse acidente, que o destino vai tratar de reunir esse casal que se ama a a vida toda, mesmo tão separados, sem a mínima notícia um do outro. E, qual não vai ser a surpresa desse reencontro. Mas, nos resta saber se, mesmo com a vida dando um empurrãozinho para que eles possam recuperar todo o tempo perdido, se eles irão buscar meios de ficarem juntos de novo.

Parando de falar da trama, vamos aos personagens. Mariana é uma mocinha que exala paixão. Não só por Dário, que é o amor de sua vida, mas pela sua profissão. Conforme a trama vai se desenrolando, vamos vendo o quando ela ama demais o que ela faz, toda a vida marítima que ela protege e estuda. Isso aqueceu meu coração, não vou mentir. Até porque, não é uma profissão comum de nos deparar nos livros. É contagiante o sentimento dela. E isso enquanto a gente torce para que ela encontre o final feliz para os corais e recifes, mas para ela também.

– Não vai deixá-la escapar. Nem que você tenha que ir escondido na porra do projeto. É a sua segunda chance, Dário. Pode não haver uma terceira.

Já Dário também é apaixonante. Desde o início percebemos o quanto ele é apaixonado pela Mariana e o quanto sente pela distância que fica entre eles e pelo momento que os separam, principalmente por se sentir culpado com a perda de contato. Também ama ser parte da Marinha, ter se formado em Biólogo, a ponto de querer se envolver, até mesmo quando está de férias. E, quando reencontra a mulher que ama, não vai exitar em lutar por ela.

745

Tudo bem, eu assumo, quando falo da Aline, sou repetitiva. Se vocês acompanham as resenhas por aqui, sabem que eu sou apaixonada pelo o que ela nos apresenta. Não há como não ficar completamente envolvido, não nos apaixonar pelos personagens, pelas tramas, pelos panos de fundo. Se com um livro completo, ela já nos deixa querendo um pouquinho mais, imagina com um conto?! Claro que a dinâmica é diferente, mais rápida, mas não menos calorosa e encantadora. Dessa vez e, pela primeira vez, a Aline escreveu sobre o nosso país e amei que fugiu da ponte RJ-SP, partindo rumo a Fernando de Noronha. Uma leitura curta, por volta de uma hora, mas que é pra fazer o nosso coração dar aquela aquecida gostosa, um frescor entre livros e mais um crush para colocar na lista. Ainda mais fardado não é, vamos combinar haha.

Um amor que nunca morreu, que nunca se afastou, que ficou oculto nas sombras com medo de ser encontrado.

Para quem não conhece a série, vou contar que ela foi criada como um jeito super fofo e lindo que a Aline pensou para agradar suas leitoras. A série nasceu no grupo de leitores dela, onde 12 leitoras ~sortudas~ foram sorteadas e, com isso, puderam escolher o país para onde iríamos viajar, os atores que inspirariam os personagens, os nomes que eles teriam e uma música para isso. Não sei vocês, mas eu adoro essa ideia. Acredito que é o sonho de muitos leitores poder escolher elementos que sempre desejamos e eles serem moldados e escritos por uma escritora que amamos.

743

Sobre a diagramação, eu adoro que a Editora Charme tem um cuidado e um carinho todo especial, mesmo sendo só um e-book! Com uma capa que ressalta o país onde se passa a trama e ainda valoriza o boy. Essa imagem também é usada para iniciar os capítulos, sinalizando quem está fazendo a narrativa.

Brasileiro Inesquecível vem para me fazer amar ainda mais essa série, muito pela delicadeza, pelo modo diferente e muito fofinho que o epílogo é feito. Sem dúvida, a série é para a gente não ter fronteiras para o amor e nos apaixonar a cada país, a cada casal, a cada ansiedade para o próximo. Deixo aqui minhas cinco Angélicas e preparando meu passaporte para seguir para Grécia.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s