Maratona de Férias 2020: O Mundo Sombrio de Sabrina – 2ª Temporada’

Oi gente!! Hoje entrou no catálogo da Netflix a Terceira Temporada de O Mundo Sombrio de Sabrina, mas como eu estava atrasada nas séries, eu aproveitei para colocar ela em dia antes da nova temporada. Sendo assim, eu vim falar sobre as minhas impressões da Segunda Temporada que estreou no serviço de streaming em 05 de abril de 2019. Mas antes de falar mais nossa amada bruxinha, fiquem com a sinopse e trailer…

“Tentando encontrar seu lugar no mundo, confusão é um ingrediente que nunca falta no caldeirão da Sabrina. Após assinar o Livro da Besta, a jovem bruxa tem dificuldades para equilibrar a vida entre os mortais e seu lado obscuro. Novos desafios a aguardam na parte 2 da série, como escolher entre seu namorado Harvey Kinkle e o sedutor feiticeiro Nicholas Scratch. Ela pode até ter feito um trato com o Diabo, mas isso não significa que tocar o terror esteja fora de questão.”

Sabrina Spellman (Kiernan Shipka) agora pertence ao Senhor das Trevas, já que sem escolhas assinou o Livro da Besta. Após a assinatura Sabrina começa a separar sua vida mortal de sua vida como bruxa e o primeiro passo é terminar seu relacionamento com Harvey (Ross Lynch). Sem namorado, o bruxo Nick (Gavin Leatherwood) se aproxima mais de Sabrina e acabam se tornando grandes aliados, mas Nick tem sentimentos pela bruxinha. Já que relacionamentos amorosos estão longe do seu foco principal, Sabrina se concentra em sua magia e acaba se tornando cada vez mais poderosa. Ela decidiu passar mais tempo na Academia das Artes Ocultas e seus amigos se preocupam de que a parte mortal e humana de Sabrina esteja se perdendo para sua parte bruxa. A cada dia ela se torna mais poderosa e sua conexão com Lúcifer fica mais forte, mesmo que ela tente negar.

Fica cada vez mais claro que após Sabrina assinar o livro da Besta, ela se tornou uma jovem mais confiante e decidida, então não é surpresa quando ela se opõe a várias regras da Igreja da Noite, como por exemplo a hierarquia patriarcal. Ela é a primeira a ir em defesa de Prudence (Tati Gabrielle) quando ela apresenta o desejo de assumir a Igreja da Noite depois de seu pai o Sumo Sacerdote Blackwood (Richard Coyle), mas é claro que isso não é bem recebido por ele e aí Sabrina se levanta contra todas as regras da igreja.

O momento onde o machismo e o sexismo do Padre Blackwood fica mais evidente, além do fato dele não acreditar que Prudence poderia assumir seu cargo apenas por ser mulher, é durante o Lupercália – o Dia dos Namorados Bruxo. Durante todo o evento é incentivado que os jovens bruxos tenham envolvimentos físicos, mas essa ‘liberdade’ é carregada de regras que só beneficiam os homens. Tudo fica mais claro quando ele percebe que Sabrina está dando voz para os não ouvidos. Ele a vê como um perigo para toda a igreja e decide separar os estudos dos bruxos, dando tarefas mais femininas para as bruxas e as aulas com ensinamentos mágicos apenas para os bruxos.

Ainda nesse núcleo temos o casamento da tia de Sabrina, Zelda (Miranda Otto) com o Padre Blackwood e de como ela acreditou que teria mais importância na igreja agora que era esposa do Sumo Sacerdote, mas ele mais uma vez impõe suas vontades através de um feitiço. Zelda se torna doce e prestativa, sempre disponível para os caprichos do marido e nunca lhe respondendo nada além do essencial. Só que ela está aprisionada em sua própria mente e aí temos um paralelo com os relacionamentos abusivos reais, onde a mulher quer ir contra tudo aquilo, mas acaba com medo de enfrentar. Achei mega interessante como a trama entrou nesse tema e fez essa comparação.

Falando da família de Sabrina, eu sinto que a trama ficou mais em volta de Sabrina e sobrou pouco para mostrar dos outros Spellmans, mas tivemos um episódio onde a família precisou se unir para vencer seus medos e isso só os tornou mais fortes e unidos. Tanto que é Sabrina e Tia Hilda (Lucy Davis) quem salvam Zelda do aprisionamento que Blackwood fez com ela. Ambrose (Chance Perdomo) também acaba se tornando vítima do padre e mais uma vez a família se une para ajudá-lo. Assim como a família de Sabrina perdeu um pouco de espaço na trama, os amigos mortais dela também tiveram um tempo menor nesta temporada. O grande destaque para mim foi Susie/Theo Putnam (Lachlan Watson) descobrindo sua identidade e lutando por ela. É impressionante a interpretação, do ator que se considera não binário, onde fala sobre as mudanças de seu corpo e de como não consegue mais se ver como Susie. Maravilhoso é pouco para explicar.

Por mais que Sabrina não queira se render os desejos profanos de Satã, ela percebe que todas as suas decisões tem consequências drásticas para todos que ela ama. Mary Wardwell (Michelle Gomez) continua tentando, a mando de Lúcifer, influenciar Sabrina a se tornar completamente má. A bruxinha está se tornando cada vez mais bruxa, principalmente após enfrentar um time de caçadores de bruxa e ressurgir como uma fênix maligna dotada de poderes e se proclamando A Espada do Lorde das Trevas. Sabrina acaba mostrando pequenos ‘milagres sobrenaturais’ que demonstram que Satã está prestes a ressurgir para reinar sobre a terra. Vendo tudo isso acontecer, Srta. Wardwell finalmente entende quais são os planos do lord das Trevas e nunca fica nada feliz.

Ao longo dos episódios nós vamos conhecendo quem é a Srta. Wardwell de verdade e de como ela foi levada a ser tão devotada à Satã. Ela também é o início de tudo e se sente traía por ele já que Satã foi gentil com ela a ter o que queria. Srta. Wardwell ou Lilith, a mãe dos demônios, precisa provar seu valor o tempo todo e aos poucos a ente vai até sentindo um pouco de empatia pela personagem ao perceber que Lúcifer sempre tira o que ela quer e prol do que ele próprio quer. Mais uma vez vemos como a trama nos carrega para um enredo atual e necessário.

Durante toda a Primeira Temporada temos a personagem descobrindo seus poderes e tentando dividir seu tempo entre a escola e amigos mortais e a sua parte bruxa. Aqui nós temos finalmente a parte sombria da série chegando e Sabrina crescendo nesse enredo. Toda a primeira temporada e até a metade dessa temos Sabrina ascendendo na Igreja da Noite, a partir do quinto episódio podemos dizer que a série ganha um ritmo intenso nos levando para o Apocalipse já que Satã vai ressurgir e que Sabrina precisará fazer sua escolha.

O Mundo Sombrio de Sabrina já é um grande sucesso da plataforma de streaming e a cada nova temporada, ela ganha mais força para ser renovada. Apesar da trama da série falar muito do bem e do mal, nós percebemos que todos os personagens se pegam fazendo escolhas que nem sempre poderiam ser consideradas certas, mas isso dá ao telespectador o que pensar. Tudo que eles fazem, sejam decisões tomadas no calor do momento ou super pensadas, trarão consequências tanto para o bem quanto para o mal, que nada tem 100% de garantia.

O Mundo Sombrio de Sabrina não é apenas mais uma série de relacionamentos amorosos dos adolescentes, mas uma série que trabalha vários temas importantes debaixo de um pano de fundo sobrenatural. Apesar que o amor será um dos elementos principais para a trama da próxima temporada , mas não é o ingrediente principal. A Terceira Temporada voltou hoje e vou correndo ver e trazer minhas impressões. Ela tem grande potencial de se firmar entre as principais séries da Netflix. Até mais ❤

3 comentários em “Maratona de Férias 2020: O Mundo Sombrio de Sabrina – 2ª Temporada’

  1. Acredita que eu ainda não parei pra assistir essa série?! Minha amiga sempre me indica, mas não vi.
    Pela forma com que você falou sobre ela, parece ser muito boa ♥ irei dar uma chance.

    Curtir

  2. Oi Adriana, tudo bem?

    Confesso que a série não é muito meu estilo, contudo, a partir da sua descrição, fico positivamente impressionado com o enredo que associa satanismo e bruxaria a adolescentes e o mundo não desaba como consequência. Parece que a série é uma das poucas a mostrar que ficção é ficção e nada além.

    Obrigado por compartilhar e um abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s