Melhores do Ano: ‘Livros’

Oi gente!! Chegamos a última matéria de melhores e falaremos dos Melhores Livros de 2019. Essa matéria foi a mais complicada de fazer, então resolvemos abrir para cada uma da equipe escolher cinco livros que deram aquela aquecidinha em seus corações. É muito difícil filtrar em 10 escolhas quando tivemos tantos livros maravilhosos lidos e resenhados no blog. Enfim, vamos saber quais foram as escolhas de cada uma…

ADRIANA

  • Vergonha – Brittainy C. Cherry (25 de fevereiro de 2019)

“Vergonha é um livro tão bonito que toca no fundo do coração do leitor. A cada livro da Brittainy eu digo que é o meu preferido e que ela não pode escrever nada mais bonito, mas ela vem e prova que é possível sim escrever várias histórias inesquecíveis. Ela nos mostrou como as pessoas julgam sem se importar com a dor do outro e tudo isso escondidas atrás do falso moralismo e da religião. Eu só queria que a Grace parasse de  se importar com o julgamento dos outros e que Jackson se permitisse ser feliz.”

“Apesar de ter sofrido junto com a Tegan, nada me preparou para o final que a autora escolheu. Um livro que chega até a ser doloroso, mas ao mesmo tempo nos mostra como cada momento é importante e pode ser último. Também fala de relacionamentos, o que eu achei muito interessante, pois na maioria das vezes nós pegamos um romance onde o casal está se conhecendo e se apaixonando. Em Vem Comigo a gente já vê o outro lado dos relacionamentos. Um casal que era feliz, mas que em um momento tudo se perdeu.”

  • Um Lugar Bem Longe Daqui – Delia Owen (29 de julho de 2019)

“Fenômeno editorial, com mais de 2 milhões de cópias vendidas, Um lugar bem longe daqui figura nas listas de best-sellers dos Estados Unidos desde seu lançamento original, em agosto de 2018.Por anos, boatos sobre Kya Clark, a “Menina do Brejo”, assombraram Barkley Cove, uma calma cidade costeira da Carolina do Norte. Ela, no entanto, não é o que todos dizem. Sensata e inteligente, Kya sobreviveu por anos sozinha no pântano que chama de lar, tendo as gaivotas como amigas e a areia como professora. Abandonada pela mãe, que não conseguiu suportar o marido abusivo e alcoólatra, e depois pelos irmãos, a menina viveu algum tempo na companhia negligente e por vezes brutal do pai, que acabou também por deixá-la.Anos depois, quando dois jovens da cidade ficam intrigados com sua beleza selvagem, Kya se permite experimentar uma nova vida — até que o impensável acontece e um deles é encontrado morto.Ao mesmo tempo uma ode à natureza, um emocionante romance de formação e uma surpreendente história de mistério, Um lugar bem longe daqui relembra que somos moldados pela criança que fomos um dia e que estamos todos sujeitos à beleza e à violência dos segredos que a natureza guarda.A obra foi incluída no clube de livros de Reese Witherspoon, que posteriormente adquiriu os direitos de adaptação cinematográfica e vai produzir o filme com a Fox 2000.”

“Sofia Silva mais uma vez nos deu um livro recheado de temas importantes, nos mostra como o orgulho pode destruir uma relação e de como as nossas escolhas podem mudar tudo. Destinos Quebrados é um livro tocante e que a gente vai lendo com o coração na mão. Eu sempre digo que o meu livro preferido da série é Sorrisos Quebrados, mas isso foi antes de ler a história de Rafaela e Leonardo e ver como o amor deles atravessou o tempo, o orgulho e as cicatrizes que um deixou no outro. Além disso, eu amei ler a história de um casal mais maduro que se apaixonou na juventude e tiveram uma segunda chance.”

  • Simplesmente Blue – Amy Harmon (30 de setembro de 2019)

“Novo romance da autora do best-seller Beleza perdida. Blue Echohawk não sabe quem ela é. A garota, que desconhece seu nome verdadeiro e sua data de nascimento, foi criada por um estranho e não frequentou a escola até os dez anos. Aos dezenove, quando a maioria dos jovens vai à faculdade ou segue em frente com a vida, ela é apenas uma veterana no ensino médio. Sem mãe, sem pai, sem fé e sem futuro, Blue é uma estudante difícil, para dizer o mínimo. Durona e sexy, ela é o oposto do jovem professor britânico que decide que está pronto para o desafio de levar a encrenqueira para debaixo de suas asas. Simplesmente Blue narra a história de uma transformação e fala de uma amizade improvável em que a esperança promove a cura e a redenção se torna amor.”

 

ANNA

“Se eu indico esse livro? Com toda a certeza desse mundo (caso alguém tenha ficado na dúvida depois de tudo o que falei rs). É lindo, emocionante, engraçado, com relações intensas e verdadeiras. Personagens cativantes que nos ensinam que podemos e devemos aprender com nossos erros e o mais importante, merecemos amar e ser amado mesmo com todos os obstáculos que a vida jogar pelo caminho.”

“Em Silêncio veio para me deixar em pedaços. Eu amei tanto esse livro que nem consigo encontrar as palavras certas. Eu disse tanto e parece que não foi o suficiente. A história é bem trabalhada, sem ficar nada em aberto e me deixou com o coração quentinho e um com um sorriso bobo, no final.”

“A Impossível Faca da Memória é uma história incrível, que trata de um tema tão importante, a depressão, de uma forma profunda e muito tocante. É impossível não querer ajudar a Hayley a lidar com tudo o que acontece. Claro que eu também quis que Andy conseguisse superar seu trauma. No decorrer do livro temos alguns flashbacks com um pouco do que aconteceu com ele na guerra e podemos perceber como foi desesperador e doloroso para ele.”

“Piloto Playboy é daqueles livros que a gente lê rapidamente, mas isso não é segredo para quem acompanha o trabalho das autoras. Elas tem uma escrita leve e divertida, mas sempre trazem temas difíceis para ser discutidos e nesse livro não foi diferente. Além disso, elas trouxeram uma trilha sonora recheada de músicas dos Beatles, então é impossível não começar a cantar a cada música citada.”

  • Mack Daddy – Penelope Ward (10 de setembro de 2019)

“Se você procura uma história engraçada, com um clichê bem escrito, altas doses de fofura, um romance apaixonante e um leitura leve e fluída, Mack Daddy é uma pedida certeira, acredite! Atenção: contém sim, cenas picantes, e pra quem já é fã da Penelope, sabe que são muito bem escritas, e apesar de calientes rs, não são o apelo central do livro – o que me agradou bastante, pois não ficou nada gratuito. Resumindo: leiam!”

 

RAÍSSA

  • Vox – Christina Dalcher (16 de outubro de 2018)

“Vox não é uma leitura fácil, como já disse. Especialmente porque a autora escolheu traçar paralelos entre acontecimentos de um futuro distópico, mas com temas discutidos na nossa sociedade atual. Isso pode incomodar e acredito que essa é mesmo a intenção de Christina. Além disso, é mais um livro que se torna quase uma leitura fundamental para mulheres. Mas, não só para nós. Para homens também. Quem sabe assim, fica mais fácil entender quando uma de nós diz “estou com medo”. Sempre são as mulheres que perdem seus direitos, que são aterrorizadas, amedrontadas e silenciadas. Mas nós não seremos. Não sem lutar. Não sem ter uma Jean dentro de nós. Além disso, de modo sutil, o livro vai mostrar que os homens precisam lutar junto para derrubar o sistema. Não se pode virar as costas para um problema que amordaça metade de um país.”

“O que me fez refletir, e acho que vai servir para muitas pessoas também, é que o livro comprova que um relacionamento abusivo não é formado só por aqueles onde temos violência física envolvida. A destruição da saúde mental também é muito preocupante, principalmente quando culpas graves são imputadas ao cônjuge. Então, meu pedido a você que está lendo essa resenha é: LEIA O LIVRO! Pode até não ser algo que faça parte dos gêneros que você gosta, mas é necessário.”

“Não é novidade para quem acompanha o blog que SOMOS fãs da Aline. E sempre que um livro novo chega, a empolgação ta junto. E o bom é que temos a expectativa alcançada. Afinal, ela tem uma escrita fluída e envolvente, além de ter personagens cativantes tanto no posto de protagonistas, quanto no posto de secundários. Acho que por isso a autora sequer pode culpar seus leitores por quererem livros dos primos De La Vega haha. Temos uma narrativa em primeira pessoa, revezando entre Hugo e Vick.”

“Colleen, com seu terrivelmente lindo hábito, escreve uma trama onde ninguém é totalmente bom ou totalmente ruim. Ela constrói pessoas absurdamente reais, cheias de erros e furos, mas com tanto amor, com tanta coisa para nos contar e acrescentar… Isso sempre me deixa louca, em um bom sentido. E, essa história me tocou de uma forma muito profunda, porque, diferente das outras tramas dela, entre o casal havia amor. Talvez amor demais, mas problemas que foram silenciados demais também. E isso foi algo que me deixou desesperada por passar por cada página e descobrir se eles conseguiriam superar. Além disso, acho que ela trouxe uma temática que eu nunca tinha visto em livros: infertilidade.”

“Esse foi o primeiro livro da Casey e, meu Deus, já posso pedir mais?! Ela não teve medo de ousar. Não digo nem no ponto de escrever um livro com a temática LGBT, mas sim de colocar isso usando a Primeira Família Americana e a Família Real Britânica como pano de fundo. Honestamente, queria muuuuuito saber como isso foi recebido nos dois países. Mas, deixando isso de lado, a autora usou uma licença poética já nas eleições americanas de 2016 e nas futuras eleições de 2020. Ela fala sobre tramas políticas e como podem afetar todos ao redor e até mesmo onde concorrentes podem ir.”

Ufaa…esses foram os escolhidos da equipe Além de 50 Tons. Foram 15 maravilhosas dicas passando por comédias românticas, distopias e dramas. Esperamos que vocês tenham curtido as nossas escolhas. Enfim, esses foram os Melhores do Ano e nos despedimos de 2019 já preparando uma linda Maratona de Férias para 2020, mas antes vamos liberar algumas listinhas de filmes mais esperados. Desejamos um Feliz Ano Novo e até mais! ❤

 

10 comentários em “Melhores do Ano: ‘Livros’

  1. Oiiiiie..
    Primeiro de tudo preciso dizer que eu não sei lidar com a capa de Romance Tóxico, é uma das mais lindas. Segundo, é que a maioria desses livros estão na minha lista para serem lidos e espero conseguir isso em breve. Deus sabe que andei sem tempo esses últimos meses rs
    Ficou maravilhosa essa lista 🥰
    Beijinhos

    Curtir

  2. Olá, tudo bem?

    Parabéns pelas leituras realizadas em 2019 e também pelo fato desses livros terem te conquistado. Dessa listinha eu li apenas Vox e também gostei bastante da trama/enredo/leitura, mas esse foi um livro que muitos não gostaram.
    Abraço!

    Curtir

  3. Revoltada estou por ainda não ter lido nenhum livro da sua lista. Vou começar pelo Simplesmente Blue, adorei a história e fiquei curiosa para saber como termina.
    Selecionou ótimos livros.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s