Crítica da Série: ‘Alto Mar – 1ª Temporada’

Oláááá pessoal!!! Hoje vim trazer pra vocês a crítica de uma das séries de lançamento de maio do serviço de straming mais amado por aqui. Alto Mar é um Original Netflix de origem espanhola. Uma das coisas que mais amamos nesses últimos lançamentos é justamente as nacionalidades das séries. Saindo do tradicional hollywoodiano, estamos desbravando outros lugares do mundo graças à nossa querida Netflix. Mas antes de eu me estender, confere aqui a sinopse e o trailer dessa primeira temporada:

“Anos 1940. Carolina (Alejandra Onieva) e Eva (Ivana Baquero) são duas irmãs que partem da Espanha rumo ao Rio de Janeiro em um navio transatlântico à procura de um futuro melhor. Na mesma viagem, está presente o oficial Nicolás Salas (Jon Kortajarena), um homem que surge na hora e no lugar errados. Quando um passageiro de quem ninguém se recorda é assassinado, todos viram suspeitos e uma teia de mentiras vem à tona.”

As irmãs Villanueva partem da Espanha rumo ao Rio de Janeiro em busca de uma mudança de vida. Carolina (Alejandra Onieva) está noiva de Fernando (Eloy Azorin), dono do navio, e assim que eles chegarem ao Brasil irão se casar. Eva (Ivana Baquero), por sua vez, sonha em ser escritora e parece se dar muito bem com a sua independência, mas fica logo encantada pelo oficial do navio, Nicolás Salas (Jon Kortajarena) e a química entre eles surge com força. Ambas tiveram uma perda dolorosa no passado, o pai delas morreu em um trágico acidente de carro deixando-as órfãs, já que a mãe delas havia morrido muitos anos antes. Esse luto é um dos motivos de elas estarem buscando novos ares em outro país.

Essa viagem tem tudo para ser incrível, tanto para elas, quanto para outros passageiros do navio. Serão dias num navio estiloso e sofisticado, com boa música e entretenimento. Gente bonita, rica e com um destino tão lindo e cheio de oportunidades quanto o Rio de Janeiro. Mas, ao embarcarem, eles nem imaginam o que os espera. Aquela viagem não será, nem de longe, leve e tranquila como se é esperado. Logo na primeira noite, uma mulher é jogada ao mar e morre. Mas, ao verificarem, percebem que não está faltando ninguém no navio, ou seja, a mulher que morreu é uma clandestina naquela viagem. Assim, ficam os questionamentos: quem seria a pessoa que foi assassinada? Por que ela estaria naquela viagem escondida? Por que alguém a matou? E, o principal, quem seria seu assassino?

“Todos chegaram no navio convencidos de que seria a melhor viagem de suas vidas… Como estavam errados!”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essas são apenas as primeiras das perguntas que surgem no decorrer da série. Quando essas são respondidas, outras nascem. Parece aquele ser mitológico onde se arranca uma cabeça e nascem duas no lugar. Isso faz com que a série não enjoe nunca e prenda a nossa atenção do começo ao fim. Segredos, intrigas e manipulações estão sempre presentes nas interações dos passageiros do navio e ninguém é o que parece ser. Todos têm um segredo que acaba vindo à tona em algum momento e nos é apresentado de forma muito bem feita.

Os personagens secundários também são bem trabalhados. Cada um com sua história pessoa, faz com que nós, oniscientes, possamos ver vários lados da mesma viagem. Enquanto um se apaixona aqui, o outro briga ali, a tripulação conversa lá … e assim, temos contato com todos igualmente. Cada um com seu papel naquele lugar. As classes sociais são bem destacadas, como costumava ser na época mesmo. A série tem uma grande semelhança com o conhecido filme Titanic em vários quesitos, esse é um dos principais.

“De todos esses anos como capitão enfrentei muitas tempestades. Tenho mais medo do que está acontecendo nesse navio.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por ser uma série espanhola, já se é esperado todo aquele melodrama característico. Alto Mar não é diferente e como não amar? As produções espanholas conseguem trazer o drama de uma forma que não enjoa e não cansa, é algo natural e leve que prende a atenção em todos os momentos. Aqui nessa série, temos o drama misturado com o suspense e mistério de tudo que está acontecendo no navio. Pessoas estão morrendo, isso significa que têm assassinos a bordo e parece que ninguém está seguro. Como confiar em alguém desse jeito? Até mesmo aquela pessoa que você confia sua vida, pode não ser o que você pensa. 

Com 8 episódios de, aproximadamente, 40-50 minutos cada e produzido pelos criadores de Tempos de Guerra (outra série espanhola de muito sucesso na Netflix), Gema R. Neira e Ramón Campos, somos absorvidos por todo o suspense e drama que a série nos traz, mas principalmente pela beleza da série. É uma série linda de se ver, requintada e que, claramente, teve bons investimentos. Sem sombra de dúvidas, o figurino e o cenário da série é o destaque aqui. Todo o glamour  e o luxo dos anos 40 estão presentes no navio. As roupas e penteados são bem característicos e bem feitos. Dá para ver que é uma produção de grandes valores. A fotografia usa uma técnica maravilhosa que deixa tudo parecendo de época mesmo, como se tivéssemos embarcado no navio nos anos 40 junto com eles. Um SENHOR Original Netflix, de fato!

“Alguns segredos são mais profundos que o oceano.”

62249477_388089698469216_7100639971849011200_n

Acho que ficou claro o quanto eu indico essa série, né? É uma história intrigante e envolvente que, ao mesmo tempo, é leve e muito gostosa de ver pra passar o tempo. Teorias são criadas enquanto nós assistimos, a maioria corretas já que não é nada muito absurdo de imaginar, mas sempre novas situações aparecem e as teorias voltam com força. Reviravoltas estão garantidas. Temos drama, suspense, romance e comédia de modo beeeem sutil. É uma ótima pedida para a maratona do fim de semana! E aí, já viram essa série? Estão a fim de assistir? Me contem tudo aqui nos comentários!

10 comentários em “Crítica da Série: ‘Alto Mar – 1ª Temporada’

  1. Nossa, adorei a dica! Assisti Tempos de Guerra e gostei muito, já estava com saudades de acompanhar uma série espanhola de época, adoro o clima dessas produções! Alto Mar tem todos os ingredientes que me atraem: suspense, mistérios, intrigas e segredos que vêm à tona. Com certeza vou ver! Obrigada por compartilhar essa sugestão maravilhosa!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi,tudo bem ?

    Não conhecia essa série e achei a proposta maravilhosa e instigante. Com toda certeza uma ótima indicação. Atualmente estou assistindo: Dark e The OA, achei maravilhosas e indico.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Menina desde que estreou essa série eu falo que vou assistir mas não assisto nada porque parece que eu não tenho tempo! Eu preciso demais ver essa série! Minha amiga viu e falou que é maravilhosa!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Oiii! Nossa, que série, hein!!! Eu e minha filha assistimos séries na Netflix pra caramba! Adoramos! No momento, estamos com a Marvel. Essa aí eu não havia visto no catálogo, confesso! mas parece boa pacas! Já está anotadinho aqui e salva na lista! Hahaha! Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi Lê! Eu até vi a miniatura dessa série na Netflix, mas não tinha visto sobre o que ela falava. Achei a premissa bem legal. Afinal, adoro um mistério, ainda mais em alto mar. Confesso que ainda não vi nenhuma das séries, tão faladas, da Netflix, sendo espanholas. Tenho curiosidade, mas fico com medo de não me adaptar. Mas vou tentar sim e acho que começando com essa. Adorei mesmo. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

  6. Se eu já queria assistir essa série, agora eu estou doida kkkkk …achei muito interessante você falar dela assim…nos mínimos detalhes. Já vou colocar na minha lista para olhar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s