Resenha: ‘Sem Escolha – Abbi Glines’

Oi oi gente. Estou de volta a Sea Breeze e desta vez foi o momento de Marcus contar sua história. Em Sem Fôlego, primeiro livro da serie, já vemos o quão especial ele é. Sem Escolha, é o segundo livro da serie da Abbi Glines e promete muitas emoções. Antes de saber mais, confere a sinopse:

“Está cada vez mais quente na cidade litorânea de Sea Breeze, e Marcus Hardy encontrou o abrigo perfeito para passar os próximos meses de calor: o frequentado apartamento de Cage York. As garotas estão sempre entrando e saindo de lá, em sua maioria mulheres lindas que nunca ficam mais de uma noite. Quando Marcus chega, está apenas buscando curar seu coração ferido. Só que uma das frequentadoras mais assíduas da nova casa logo chama sua atenção. Willow – ou apenas Low – é a mulher com quem Cage pretende se casar. Mas os dois são completamente diferentes, e Marcus não entende como ela pode lidar tão bem com a infidelidade de Cage. No fundo, Low precisa mesmo é de um homem de verdade… bonito e sensível como Marcus. Porém, as coisas não são tão simples, e esse relacionamento vai se complicar de um dia para o outro, assim que um grande segredo for revelado. Em Sem escolha, segundo livro da série Sea Breeze, Abbi Glines continua a atiçar a imaginação dos leitores com personagens sedutores e romances apimentados.”

Marcus amava sua vida em Tuscaloosa, principalmente por conseguir ser ele mesmo, longe de sua cidade natal, onde todos conhecem sua família. Afinal, seu pai, podre de rico, foi eleito o rei das revendas de carros Mercedes na Costa do Golfo. Como se isso já não trouxesse atenção demais, agora a cidade inteira tinha um motivo muito mais profundo para falarem deles: seu pai estava traindo sua mãe com a secretaria, que tinha metade de sua idade.

Marcus teve que voltar para o Alabama, para apoiar a mãe e sua irmã Amanda, que estão desmoronando com tudo isso. Ele sente uma enorme raiva, tanto pelo pai estar causando todo esse sofrimento e pior, demonstrando não se importar nem um pouco, quanto pela garota que está destruindo sua família e que obviamente só está interessada no dinheiro do pai.

Para lidar melhor com a situação com sua família, Marcus decide arrumar um lugar para ficar e acaba indo para o apartamento de Cage, um amigo em comum que ele tem com Preston, seu amigo de infância. E é lá que ele vai conhecer Willow, poucos dias depois de ter se mudado, chegando de repente no apartamento, chorando, em busca de Cage.

Willow teve mais uma briga horrorosa com sua irmã Tawny, e precisa de um lugar para passar a noite, mais uma vez. Desde que a mãe morreu, quando ela tinha 12 anos, ela e a irmã estavam sozinhas no mundo e as coisas só complicaram. Quando teve idade suficiente, arrumou um trabalho para ajudar nas despesas, mas assim que sua sobrinha Larissa nasceu, a irmã lhe disse que não poderia mais sustentá-la, e era para Willow arrumar um lugar para morar. O máximo que Tawny poderia fazer era deixar ela passar a noite no sofá nos dias em que ela cuidasse de Larissa (que irmã mais amável né ?).

As duas nunca se deram muito bem e Willow não entende bem o motivo. Só o que ela sabe é que só tem Cage, seu melhor amigo desde criança, com quem pode contar. A única pessoa que ela confia e sabe que vai sempre estar lá para ela. Por mais que ela o ame, ela detesta abusar de sua hospitalidade, mas acaba indo para seu apartamento porque sabe que Cage ficaria irado se ela fosse para algum abrigo.

Cage sempre protegeu Low desde que eram pequenos. A relação que eles tem de companheirismo e irmandade é lindo e mostra como eles sempre vão estar ali apoiando um ao outro, independente de tudo. Cage, superficialmente, tem esse maluco – segundo Low – pensamento de que quando ele estiver pronto para sossegar, vai casar com ela. Low sabe que isso é um jeito de Cage se sentir seguro, pois assim como ela, ele também teve uma infância difícil e o sentimento de segurança é mútuo entre eles, então enquanto ele não está atrapalhando sua vida pessoal, ela permite que ele siga espalhando esses dizeres.

Até ela conhecer Marcus e encontrar nele segurança para querer se envolver e, pela primeira vez, se entregar a alguém. Low percebe o interesse de Marcus e fica feliz por isso, mas tem certeza que ela não é o tipo dele e ele não iria querer ter um relacionamento com uma garota como ela. Ela fica insegura em se envolver e ter seu coração quebrado pelo lindo homem encantador que a trata com todo o respeito e atenção que ela jamais recebeu de alguém.

Marcus ficou um longo tempo de coração partido por causa de Sadie White, mas aprendeu a superar, já que ele a perdeu assim que o rockstar mais cobiçado de Sea Breeze, Jax Stone, entrou em cena. Quando conhece Willow é como um lufada de ar fresco, pois agora ele tem a certeza que conseguiu seguir em frente, ao mesmo tempo que fica espantado com o quão maiores podem se tornar seus sentimentos por esta mulher com cabelos de fogo que está mexendo com seu coração.

“- Eu não acabei aqui. Estou só começando, Low. Mas não poderia ir embora sem esse beijo.”

Essa relação se constrói aos poucos, com Marcus querendo ir devagar e fazer tudo certo com Willow. Ele quer que cada momento seja lembrado da melhor forma possível. Marcus quer mostrar para Low que ela pode confiar nele. Ele quer ser seu porto seguro, principalmente quando entende o quão frágil ela é, com seus sentimentos. Ele quer ser a pessoa que ela liga quando precisa de uma carona ou quando está com algum problema. Não mais Cage, e sim ele. Alguns momentos vão surgir para testá-lo e por mais que ele falhe em alguns, vai servir para fortalecer esse casal.

E no momento que eu pensava que seria Cage quem poderia atrapalhar essa relação, algo muito pior acontece e vai vir como um tsunami para cima dos dois. Low ficará destruída e Marcus terá o pior sentimento de traição. A vida é capaz de pregar tantas peças e percebemos que um pequeno mal entendido pode se transformar em uma bola gigante de neve, que vai deixar marcas que podem não ser tão fáceis de consertar.

Conhecemos Marcus no primeiro livro dessa serie e saber que Sem Escolha traria ele como protagonista me fez querer esse livro desesperadamente, por dois motivos: primeiro porque Marcus é o ser mais doce e atencioso. Eu me apaixonei por ele. Segundo porque eu queria MUITO ver ele encontrando uma pessoa que retribuísse todo esse amor lindo que ele é capaz de dar.

“Nem que eu levasse o resto da minha vida, provaria a ela que não iria a lugar algum. Willow só precisava de ações, não de palavras.”

Ele pode sim ter crescido com todos os privilégios, mas nunca permitiu que isso o definisse. Assim que entrou pra faculdade, já encontrou um emprego para se sustentar e não depender do dinheiro do pai. Ele quer ser mais do que apenas Marcus Hardy, filho do milionário Jefferson Hardy. E a relação que ele constrói com Low é tão bonita. Tudo o que eu poderia ter desejado para ele. Fora o amor incondicional que ele tem pela mãe e irmã e como ele está sempre ali para elas. A relação deles é muito lindo de se ver. Ai, é muito amor por esse homem.

Willow tem um trauma forte de abandono. Primeiro o pai, que preferiu só a família dele e nunca mais entrou em contato, depois a mãe e, desde sempre, a irmã que nunca demonstrou amor por ela. Acredito que Tawny seja ainda pior, pois ela ainda está por perto, ainda aproveita do amor que Low sente por Larissa, para usá-la, mas não demonstra nem um pouco de afeto. Sério, eu detesto a irmã dela.

Falando em Larissa, que criança maravilhosa. Ela é uma bebê tão fofa e esperta, que eu queria uma filha igual a ela rs. Os momentos em que ela aparece são um dos melhores -os mais fofos, com certeza- e sempre rouba um grande pedaço do nosso coração. Ela vai ser uma ligação forte para muitos envolvidos ao longo da história.

Pra você que leu Sem Fôlego, deve estar se perguntando se vamos encontrar alguns personagens tão queridos, nesse livro, e a resposta é sim rs. Preston, Rock, Trisha, Dewayne e Amanda estão de volta e teremos mais momentos com eles, afinal Amanda é a irmãzinha de Marcus e os demais cresceram juntos com nosso mocinho. Essa turminha a cada livro que passa só fica melhor. Sadie e Jax tem uma pequena participação mas não deixa de ser especial, e nos entrega de bandeja uma cena de Jax e Marcus, curta, porém divertida.

Sem Escolha mantêm o padrão do livro anterior, com capa, formato e diagramação. Já começo a prever o quão lindo ficará a série completa na minha estante. O título original é ‘Because of Low’, o que podemos ver que não é compatível com nosso título, porém ‘Sem Escolha’ se encaixa muito bem com a trama, sendo assim, tendo algum sentido. Abbi Glines segue nos sugando para dentro de suas histórias bem construídas e que fluem com facilidade.

Eu amei esse livro e Marcus está um tico a frente de Jax, no meu coração rs. Willow me conquistou também. Ela, mesmo com todos os seus problemas, tenta ser o mais forte que pode, apesar de tudo que já teve que enfrentar. Ela é justa e mesmo quando está no seu pior sabe se colocar no lugar do próximo. Marcus com toda a sua gentileza, tenta dar o seu melhor tanto para sua família, seus amigos e para Low.

Vou deixar minhas 5 Angélicas para Sem Escolha, já mega ansiosa para o próximo livro dessa serie que já tem meu coração.

received_1224374384350116.png

10 comentários em “Resenha: ‘Sem Escolha – Abbi Glines’

  1. Oi Anna! Ai, eu adorei esse livro. Achei o Cage uma surpresa, em relação a Low, porque com a fama dele, acho delicada a forma que ele a trata. E ai, como não amar Marcus? Desde o primeiro livro ele nos conquista e até ficamos com o coração perdido com o modo como ele fica. Acho incrível como ele assume o papel de homem da família, tentando cuidar da mãe e da irmã, ao mesmo tempo que enfrenta o pai. Mas a Low é o que mais me conquista. Ela tem uma vida ferrada, mas segue lutando, segue correta. Amo a relação dela com a sobrinha, com o Marcus, com Cage. Talvez por issi tenha odiado tanto a irmã dela. Acho que odiei mais ela do que a Nan.
    Adorei sua resenha, pq ela reavivou toda a história. E aí, é pedir muito o terceiro? Haha beijos
    https://almde50tons.wordpress.com

    Curtir

  2. Oiii migs!!
    Ai como eu amo essa série!!! Confesso que eu comecei a gostar de Sea Breeze com esse livro. O primeiro, da Sadie e do Jax, me fizeram perder o interesse, mas quando dei uma nova chance, me apaixonei!!
    Eu adorei que o Marcus teve uma nova chance de amar e, dessa vez, ter o seu amor correspondido. Ele não é meu preferido da série, mas está entre os melhores, na minha opinião.
    E eu concordo com você, a série vai ficar linda na estante!!! Tá uma edição melhor que a outra e eu já estou ansiosa pelo próximo rs.
    Adorei sua resenha!!! Me deu vontade de ler tudo novamente.

    Bjoooooo ❤
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

  3. Gostei muito da personagem Low, mesmo com todas as dificuldades familiares não deixa de amar a sobrinha e de ser uma pessoa de caráter nobre. Marcus também é um encanto, o amor dos dois será um bálsamo para suas vidas, uma bonita relação baseada em companheirismo e amizade. Ótima resenha!

    Curtir

  4. Olá Anna, tudo bem?

    Ainda não li nada da autora, mas tenho muita vontade e fiquei querendo iniciar essa série. Gosto bastante do fato da relação deles ir sendo construída aos poucos, creio que isto traga mais verdade a história. O fato do Marcus ser um doce e querer que ela encontre seu porto seguro nele, já me deixa encantada por ele e querendo conhecê-lo o quanti antes, visto que amo personagens assim. Creio que esses trauma da Low iriam me pegar de jeito e me deixar desconcertada. Com certeza vai para a minha listinha, tu me deixou querendo mais. Parabéns pela resenha, ficou incrível!

    Beijos!

    Curtir

  5. As capas dos livros estão cada vez mais insinuantes, tô achando o máximo.
    Marcus é aquele típico personagem que cativa a todos os leitores né? Curioso aqui para os detalhes do livro.

    Curtir

  6. Oiiee. Eu me identifiquei banstante com a Low, apesar de não ter passado o que a personagenm viveu, eu vi muito da força de vontade que eu e minha irmã tivemos quando começamos a viver juntas e enfretar o mundo. Por isso, me senti cativada por ela. Gosto da personalidade de Marcus, do jeito independente e corajoso. Vejo nesse casal muito poteêncial, acho que quando as personalidades, mesmo diferentes, se encaixam assim, têm tudo para ser um romance intenso e forte. Achei a resenha bem interessante 🙂 Abraços!

    Curtir

  7. Oi, tudo bem?
    Eu tenho uma amiga que ficou louca por esse livro, ela adorou muito! Eu particularmente não me interesso muito por esse tipo de leitura, não me pergunte o porque, só sei que é assim… Ah, adorei as fotos!!

    Curtir

  8. Eu adoro os livros desta autora. A serienes de Rosemary eu li todinha. Estou doida para começar está série e depois da sua resenha fiquei com ainda mais vontade de ler. Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s