Resenha: ‘No Ritmo do Amor – Brittainy C. Cherry’

Oi gente!! Hoje tem resenha de No Ritmo do Amor, um livro escrito por uma das minhas autoras preferidas da vida. Esse livro parece ser mais um daqueles clichês garota popular se apaixona pelo menino esquisito, mas a Brittainy não decepciona. Então podem esperar uma história daquelas de fazer doer o coração. Antes de mais nada, leiam a sinopse…

“A linda e encantadora Jasmine Greene nasceu para brilhar. Cantora nata, ela cresceu sabendo que tinha vindo ao mundo para ser famosa, pois sua mãe — uma artista frustrada que concentrava na filha todas as suas expectativas — não a deixava se esquecer disso um minuto sequer. A vida da jovem de 16 anos se resume a estúdios, aulas de dança e canto e a inúmeros testes para ser o grande nome da música pop. Ela não tem tempo nem de ir à escola, é educada em casa e sofre com a rotina atribulada. Para Jasmine, o pior de tudo é não poder cantar soul, sua paixão. Mas ela não reclama, porque, na verdade, seu maior sonho é fazer com que a mãe tenha orgulho dela. Elliott Adams é uma alma atormentada. Para ele, cada dia é uma batalha a ser vencida. O rapaz tímido, humilde e franzino sofre bullying na escola por causa de sua aparência e por ser gago. Mas ele é mais forte do que imagina e encontrou em seu saxofone uma válvula de escape. Tira todas as suas forças dos acordes de Duke Ellington, Charlie Parker e Ella Fitzgerald, seus maiores ídolos. Quando Jasmine finalmente consegue a permissão da mãe para frequentar a escola pela primeira vez na vida, sente que ganhou na loteria. Adora estar cercada de pessoas da sua idade, que vivem os mesmos dilemas e questionamentos… ela só odeia ver o garoto mais encantador que já conheceu na vida sofrer na mão dos valentões e fará tudo o que estiver ao seu alcance para mostrar a Elliott que ele não está sozinho. Aos poucos, esses dois jovens sofredores irão descobrir que têm muito mais em comum do que o amor pela música. Mas será que vão superar as reviravoltas que o destino preparou para eles?”

20190201_170849

Jasmine Greene sempre viveu para atender as metas e objetivos da mãe. Ela foi uma cantora que não conseguiu ficar famosa e agora joga toda essa responsabilidade em cima de Jasmine. Para evitar que Jasmine se desvie de seu destino, ela educa a filha em casa e depois a leva para as aulas de canto e dança. Aos 16 anos, Jasmine finalmente consegue que a mãe permita que ela frequente uma escola com uma adolescente normal.

Logo Jasmine se torna popular, mas ninguém sabe o que ela passa nas mãos da mãe. Ela só tem o padastro, Ray, como seu aliado. Ele sempre defende que ela precisa viver como uma menina de sua idade, mas a mãe sempre diz que se Jasmine quer ser uma grande cantora pop precisa fazer sacrifícios. O problema é que Jasmine é sempre reprovada nos testes, pois ela não quer ser cantora pop. Ela ama o soul mais do que tudo, mas para não decepcionar a mãe, Jasmine canta pop.

É na escola que Jasmine conhece Elliott Adams. Ele é um menino da mesma idade que ela, mas diferentemente de Jasmine, Elliott sofre bullying por vários motivos. Ele é magro demais, tímido e ainda por cima gagueja quando está nervoso. Mas Jasmine não liga se ele é popular ou não e passa a falar com ele nos corredores. Ela só descobre que ambos amam a música quando, por acaso, vê Elliott tocando saxofone numa das ruas mais movimentadas de Nova Orleans.

“A vida, às vezes, era difícil. Mas talvez Deus tenha nos presenteado com a música como se fosse um pedido de desculpas.”

Os dois se tornam amigos muito rapidamente, mesmo que Elliott seja mega desconfiado. Jasmine fica apaixonada pelo jeito que Elliott deixa sua música fluir enquanto ela esconde de todos seu verdadeiro dom. Para Elliott a música lhe dá forças para encarar o dia-a-dia na escola. Ele não conta pra ninguém sobre os bullyings que sofre para não preocupar a mãe que já trabalha tanto para criar seus filhos.

Além da amizade e do amor pela música, Jasmine e Elliott sabem que há um sentimento entre eles, então passam muito tempo juntos com Elliott mostrando os melhores lugares para se ouvir jazz e soul. Infelizmente, temos duas grandes mudanças para encerrar essa primeira parte do livro. Elliott passa por uma grande tragédia em sua família e Jasmine se muda para Londres.

“Não estamos aqui para sermos perfeitos, então, por hora, sejamos apenas bons.”

20190201_171035

A segunda parte do livro começa seis anos depois da partida de Jasmine para Londres. Ela partiu para realizar os sonhos da mãe, mas nunca foi feliz e passou por muitas humilhações dentro da industria pop. Ela cumpriu com seu papel de boa filha e agora está de volta permanentemente para Nova Orleans. Ela nunca mais soube de Elliott e um dos objetivos dela é resgatar o menino meigo que um dia roubou o seu coração.

Ela acaba conhecendo TJ, uma espécie de tio e mentor de Elliott, quando vai procurar por ele. É TJ quem conta para Jasmine como foram os últimos seis anos. A tragédia foi tão profunda em Elliott que ele abandonou a música e pouco fala com a família. Aquele menino doce que Jasmine conheceu já não existe mais. Elliott se tornou frio e mais desconfiado ainda. Jasmine terá um longo caminho para trazer Elliott de volta.

“Procure a música quando a vida não fizer nenhum sentido.”

Mais uma vez, Brittainy nos entregou uma linda e comovente história. Temos um casal de protagonistas que nos faz querer proteger. Ambos passaram por momentos ruins desde pequenos e que moldaram suas vidas adultas. Jasmine é uma das melhores personagens femininas da autora. Ela estava tão quebrada quanto Elliott, mas não desistiu dele em nenhum momento. Ela aprendeu a ser forte e usou de toda a sua compressão e amor para ir aos poucos descongelando o coração do seu Eli.

Não pensem que Elliott se tornou uma pessoa ruim, pois isso não aconteceu. Ele passou por uma situação muito ruim e isso partiu seu coração ao ponto dele desistir de acreditar que as pessoas poderiam ser boas. Ele acredita que não pode ser feliz, então quando Jasmine volta, ele não consegue aceitar essa felicidade. Ele não se julga merecedor disso. Todo o sofrimento e angustia são seus companheiros diários, então Jasmine precisa dar doses diárias de amor e ser paciente para aceitar o que Eli puder dar.

Essa história é regada à muita música e isso só deixa o livro melhor ainda. Não posso deixar de mencionar os personagens coadjuvantes. Jasmine sempre teve apenas o padastro Ray como seu amigo, pois ele via o quanto ela sofria pressão para ser famosa. Já Elliott sempre teve pessoas muito boas e que se importavam muito com ele e eles deram o tempo que Eli precisou para se curar, mas sempre tentavam resgatá-lo antes que a dor o consumisse para sempre.

“Você é a música em um mundo mudo, e o meu coração bate só porque você está aqui.”

No Ritmo do Amor não é uma história cheia de reviravoltas, mas é apaixonante e nos envolve num enredo com fundo musical e cheio de temas tão relevantes como o bullying e o assédio moral. A narrativa da Brittainy é super fluida e rápida, então dá pra ler bem rápido até porque seus protagonistas nos conquista nas primeiras páginas. Mas preparem-se para derramar algumas lágrimas por eles também. É impossível ler algum livro da autora e não se comover.

No Ritmo do Amor é o primeiro livro da série Music Street e que foi lançado ano passado pela Editora Record. Os fãs da autora comemoraram bastante por ter mantido a capa original, mas o primeiro nome escolhido foi descartado após reclamações. Eu gosto muito dessa capa, acredito que descreve maravilhosamente o nosso casal. A diagramação dos livros da Brittainy são simples, mas tem fonte e espaçamento confortáveis para leitura e aquelas páginas grossinhas e amareladas. A narrativa é intercalada entre os protagonistas.

20190201_172055

No Ritmo do Amor é maravilhoso, mas ainda não destronou o meu preferido da autora. A autora tem o dom de escrever lindas histórias e que fazem o leitor se comover e até chorar por seus personagens. Eu não me canso de indicar o trabalho dela para quem gosta de livros com enredos com carga dramática e histórias de superação de traumas. Ela tem conseguido publicar seus trabalhos por aqui e não poderia estar mais feliz. Ainda no ano passado foi lançado Arte & Alma (Art & Soul) e esse mês temos a publicação de Vergonha (Disgrace), então ainda vou indicar lançamentos da Brittainy por muito tempo.

“Você é e sempre vai ser a minha Jazz. É cada ritmo, cada nota, cada compasso. Você é a letra, a harmonia e a melodia. Você era, é e sempre será minha música favorita.”

No Ritmo do Amor é um livro arrebatador sobre amor e amizade, sobre como um grande trauma pode mudar a sua vida para sempre, sobre como relações verdadeiras podem nos salvar de um mundo escuro e sem amor. Se você não leu nenhum livro da autora, eu super indico começar por esse, pois não vai se arrepender. Ele com certeza leva minhas 5 Angélicas e já estou ansiosa pelo próximo.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

12 comentários em “Resenha: ‘No Ritmo do Amor – Brittainy C. Cherry’

  1. Não conhecia e ainda não tinha lido nada sobre ele…
    mas me lembro que quando fui a uma livraria aqui próximo a minha casa eu vi sim dele a venda e o que me chamou a atenção foi a capa mas não peguei para saber pois estava com pressa…
    enfim me esbarrei com ele no seu blog (risos) só de ler seu post digitado com tanto carinho, detalhe de nos transmitir a sua resenha me despertou uma vontade enorme de ler!!! Indo correndo comprar!!!
    Bjs,
    https://keilycesporkeilaluciablog.blogspot.com/

    Curtir

  2. Oi Dri! Nossa, você acredita – e pode surtar com isso haha – que eu ainda não li livro nenhum da Britt? Sei que tenho a série que você e Tali autografaram para mim, mas não peguei ela para ler. Confesso que fiquei mais curiosa com esse e os lançamentos que você citou. Achei a premissa dele incrível, ainda que a base seja clichê. Dá licença, que clichês são vida! Amei o fato da história de Nova Orleans como base, além de música. Fiquei com pena da Jasmine, que acaba sacrificando sua felicidade em nome da mãe. E fiquei me perguntando o que pode ter acontecido ao Elliott. Não consigo pensar nem uma teoria, pode me dar spoiler? haha
    Fiquei com mt vontade de ler o livro, então quero comprar ele logo. Amei as fotos e a resenha. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

  3. oi!
    O livro é maravilhoso,com um pouco de drama, mas passa uma lição de amor, amizade, família. De fé, superação, esperança e força. super recomendo o livro 😀

    Curtir

  4. Menina do céu,
    sempre q venho aqui volto um pouquinho mais apaixonado, ainda mais com esses seus livros.
    Poxa, adorei a história, encaixa bem no arquétipo de contos de amor: duas pessoas se gostam,s e separam, se reencontram e nos sabemos q vão ficar juntas, mas nunca sabemos como. E esse nunca sabemos como é q me fascinou neste livro.
    Agora, convenhamos, o Elliott, o menino magro d+, q sofria na escola, virou esta bomba de whey protein aí da contracapa? Mano do céu, se fizerem teste anti-doping antes do show, esse cara vai cair, com certeza. kkk
    Parabéns pela análise, adorei.

    Curtir

  5. Oi Adriana, tudo bem?

    Tenho 3 livros da Brittainy na minha estante, mas ainda não li nenhum (sim, sou a atrasada do rolê). Este parece ter uma história realmente apaixonante e cativante. Amo quando os personagens passam por alguma coisa que os acaba desestabilizando e trazendo uma desgraça que muda todo o rumo da história. O fato da personagem sofrer essa pressão da mãe é algo que me agrada, pois é um tema que precisa ser mais explanado, visto que isto é mais comum do que possamos imaginar. Esse fundo musical, deve deixar a história ainda mais gostosa. Com certeza vai para a minha lista de desejados. Amei conhecer sua opinião!

    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s