A Hora do Chá: ‘Romance com o Duque – Tessa Dare’

Oi gente!! Eu continuo trazendo os livros da Tessa Dare nessa coluna, mas agora vamos falar da trilogia Castles Ever After. O primeiro livro é Romance com o Duque e apesar de ser uma trilogia podem ser lidos fora de ordem sem nenhum problema. Enfim, vamos conhecer Izzy e um Duque bastante mal-humorado, mas antes, confiram a sinopse…

“Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática.
A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai. Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida. Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa. Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque…”

20181122_140217-1

Isolde Ophelia Goodnight, Izzy para os íntimos, é filha de um escritor bastante conhecido e ela cresceu em meio à contos de fadas e finais felizes que seu pai criava. Ela sempre acreditou no amor verdadeiro que descobriu através dos personagens do livro mais famoso de seu pai, mas logo Izzy percebeu que o mundo não era tão encantado como o mundo de Cressida e Ulric (casal protagonista dessas histórias). A vida aparentemente perfeita de Izzy desabou quando seu pai faleceu e ela ficou sem nada já que quem herdou tudo que seu pai deixou foi seu primo, por ser homem.

Ela ficou completamente sozinha e como não era uma mulher estonteante, ainda não tinha arrumado um marido, então não tinha alguém para amar, cuidar e sustentar. Izzy já não sabia mais o que fazer e foi aí que a situação dela mudou. Ela recebeu uma carta de um advogado informando que seu padrinho tinha falecido e deixado para ela um castelo. Era um castelo caindo aos pedaços, mas ainda assim seria um teto para onde Izzy poderia ir. Ela só não contava que o Castelo Gostley já viesse com um duque bastante mal-humorado e que a queria bem longe de lá.

Ransom, o Duque de Rothbury,  não esperava ser importunado por uma mulher desconhecida e que desmaiasse assim que o visse. Ele queria paz e tranquilidade, mas Izzy apareceu alegando ter herdado o seu castelo. Como todos acreditavam que ele tinha morrido em batalha, alguns de seus bens foram vendidos, inclusive o castelo onde estava morando e é aí que começa a grande confusão entre eles. Ransom não vai abrir mão de um castelo que está na sua família desde sempre, assim como Izzy não vai desistir da única coisa boa que lhe aconteceu recentemente.

“Malditos fossem os deuses. A única coisa que Ransom queria menos do que uma mulher desmaiada era uma mulher aconchegada. Desde que tinha se machucado, ele não gostava de ninguém perto demais. E ele não precisava de aconchego, obrigado. Ele tinha um cachorro.”

Ransom estava desaparecido da sociedade há alguns meses e como ele voltou bastante ferido, ele passou a não ligar para as correspondências que se acumulavam em seu escritório. Com a chegada de Izzy, ele finalmente quer saber como sua propriedade foi vendida sem autorização dele. Sem poder sair dessa confusão, Izzy ajuda Ranson a colocar as correspondências em ordem e assim descobrir o que aconteceu. Em paralelo a isso, Izzy começa a tentar restaurar o castelo. Tem muito trabalho a fazer, mas ela não pode deixar que tudo aquilo caia sobre a sua cabeça.

Como Izzy é uma mulher solteira, a filha do vigário passa a morar com eles já que ela não poderia viver sob o mesmo teto com um homem também solteiro sem que os mexericos começassem por toda a vila e chegasse a Londres. Ou pior, aos ouvidos do fã-clube dos Contos de Goodnigth. Ela inspirou todas aquelas histórias, então não poderia ser menos do que pura e inocente se quisesse manter sua imagem intacta.

“Ele não tinha mais como impedir. A Srta. Goodnight estava se instalando. Fazendo um lar. Que droga de maravilha.”

Ao longo dos dias, Izzy e Ranson deixam a hostilidade de lado e passam a trabalhar juntos para descobrir o que aconteceu com as finanças dele e a atração entre eles é inevitável. Izzy nunca esteve com um homem, já Ranson há muito tempo não fica na presença de uma mulher. Eles podem ser completos estranhos e deveriam se odiar, mas Izzy quer saber mais sobre aquele homem misterioso e tão terrivelmente ferido, que acaba fantasiando que poderia ter seu próprio conto de fadas. Ela foi a primeira mulher a despertar o interesse de Ranson depois de tanto tempo, então ele se vê confuso em querer tanto aquela pequena mulher inteligente e decidida.

O enredo de Romance com o Duque é recheado de mistérios sobre os personagens e aos poucos vamos descobrindo e nos apaixonando pelos dois. É impossível não amar a força de Izzy. Mesmo descobrindo que o mundo não é um conto de fadas, ela não desiste de ter seu final feliz. Já Ranson é aquele típico lord que um dia já foi libertino, mas que agora era recluso e que precisou do amor de uma mulher para entender que tinha motivos para querer viver.

Esse livro tem aquela pegada de comédia romântica e em vários momentos, vocês vão se pagar dando boas risadas, principalmente quando Os Cavalheiros de Morânglia e as Donzelas de Cressilda, o fã clube dos Contos de Goodnigth parecem no castelo. É de chorar de rir ao imaginar a cara do Ranson. Apesar da veia cômica que eles trazem à história, eles serão personagens importantes para o desenvolver do enredo. Outro personagem que gostei bastante foi Duncan, o criado pessoal de Ranson. Ele foi super fiel ao patrão e não desistiu dele mesmo nos piores dias do Duque.

“Eu te entrego minhas carícias. Eu te entrego minha paciência. Eu te entrego minha compreensão. Entrego meu frágil coração.”

A chave desse romance se tornar perfeito para mim é que mais uma vez tive a oportunidade de ler sobre dois personagens que não foram descritos como perfeitos. Izzy não era nem considerada bonita e Ranson tinha várias cicatrizes por causa da guerra. Ela é forte e inteligente, aquelas mocinhas que dá um gosto de ler, pois mesmo sozinha no mundo, ela continua tentando ver beleza em tudo e ela vê isso em Ranson. Ele quer passar a imagem de rude e grosseira, mas ele é protetor, cativante e impossível de esquecer. E tem um detalhe sobre ele que não vou contar para poder deixar a surpresa melhor para vocês.

Romance com o Duque é o primeiro livro da trilogia. Os livros são independentes e têm apenas uma ligação: todas as protagonistas são afilhadas do Conde que deixou um castelo para cada uma. As capas seguiram a mesma padronagem e eu amo. A diagramação está bem bonita com fonte e espaçamento confortáveis para a leitura e com as páginas levemente amareladas. Os inícios de capítulo têm uma pena fazendo alusão ao tanto de correspondência que os dois precisarão ler e responder.

20181122_140319

Um romance cativante, divertido e apaixonante. Tessa soube nos dar tudo num mesmo livro e o resultado foi um casal imperfeito aos olhos de todos, mas perfeito para nós leitores. É daquele livros indicados para as românticas de plantão, pois vocês sentirão seus corações baterem mais rápido a cada página dessa história. Romance com o Duque super merece minhas 5 Angélicas e eu volto semana que vem para falar do segundo livro da trilogia, Diga sim ao Marquês. Eu espero vocês para o nosso chá. ❤

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

11 comentários em “A Hora do Chá: ‘Romance com o Duque – Tessa Dare’

  1. Olá, tudo bem?
    Esses romances clássicos existem mesmo para mostrar que os padrões de amor foram criados ao longo do tempo e que caminham para a extinção, um amor não precisa ser “perfeitinho” para da certo.
    Parabéns.
    Emerson Lemes.

    Curtir

  2. Oi Adriana, tudo bem?

    Sempre vejo muitos elogios a escrita da Tessa e sou doida para conhecer. Essa série está com as capas simplesmente lindas, onde é impossível não babar em cada uma delas, então já fiquei aqui soltando alguns suspiros apaixonada. Gostei muito de conhecer esse enredo e já quero saber o que aconteceu com as finanças dele e para esse castelo ir parar nas mãos dela. Amo personagens que são “perfeitos” e que possuem suas imperfeições, e imagino que essa hostilidade se transforme em algo lindo. Esse toque de comédia romântica deve fazer toda a diferença. Já quero ler!

    Beijos!

    Curtir

  3. Oi, como vai?
    Eu amo ler romances históricos e essa triologia da Tessa Dare parece ser muito boa mesmo. Sendo que não tem nenhuma ordem dá para começar por qualquer um, no entanto acho que vou mesmo começar pelo primeiro. Adorei sua resenha. Dificil não querer ler 🙂
    Um beijinho

    Curtir

  4. Oi, tudo bem?
    Esse é um dos meus livros favoritos da Tessa Dare. Ela é uma das poucas autoras de romance de época que consegue misturar romance, aventura, comédia e cenas picantes sem ficar apelativa em uma das coisas. E seus peronsagens sempre fazem rir com suas tiradas e conversas “inteligentes”. Adorei sua resenha, beijos!

    Curtir

  5. Romance de época, como não amar?
    Adorei o enredo deste livro da Tessa, que me lembrou bastante o enredo de Jane Eyre. Algumas semelhanças… E o melhor é saber que ele é justamente indicado para as românticas de plantão rs Ou seja, pra mim!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s