Resenha: ‘Clash – Quando Corações se Partem – Nicole Williams’ 

Oooi oi pessoas. Estou de volta com essa trilogia linda da autora Nicole Williams, que teve seu início com Crash – Quando a Paixão Explode.  Hoje trago pra vocês o segundo volume: Clash – Quando Corações se Partem, e como já citei na resenha anterior, eu sou bem suspeita para falar dessa história rs. Mas antes de qualquer coisa, leiam a sinopse…

“Jude e Lucy estão de volta na continuação de Crash, trilogia best-seller do The New York Times. Certas coisas não mudam nunca: Jude e Lucy sentem uma paixão intensa e avassaladora um pelo outro, e brigam com a mesma intensidade.Cada vez mais incomodada com os holofotes em Jude – e com a quantidade de mulheres em torno dele –, Lucy quer segurar seu bad boy enquanto treina para ser a melhor bailarina de sua turma. Porém, alguma coisa está prestes a dar errado… e não vai demorar. Como ela pode viver sem o garoto que ama? Como ela pode viver consigo mesma se desistir de seus sonhos? Se não fizer a escolha certa, Lucy pode acabar perdendo tudo.” 

Lucy e Jude fizeram acontecer um relacionamento que tinha tudo, tudo mesmo, para dar errado. No livro anterior, eles fazem uma descoberta extremamente dolorosa para os dois e que mudou a vida deles para sempre, além de ser um elo entre eles que tinha tudo para mantê-los afastados um do outro. Só que o destino tinha outros planos e os dois não tem culpa do que aconteceu para eles. Quando eles enfim entendem isso, e o amor que é tão forte entre os dois, eles vão tentar superar o que se passou para poderem seguir em frente.

Eles até conseguem no começo, mas se tudo fosse fácil para esse casal, não seria Jude e Lucy. Os dois tem temperamento forte. Jude mais do que Lucy como foi bem provado rs. Lucy que terá sua confiança em Jude testada neste livro. A fama e sucesso de Jude com o futebol aumentam a cada dia. Desde o momento que Lucy o indicou ao treinador, Jude tem provado seu talento. Mas a vida na universidade é bem diferente. Lucy vai ficar com os nervos a flor da pele com a ‘irmã fraternal’de Jude.

“Nada era fácil em nosso relacionamento. Bom, nada que não fosse nos apaixonarmos perdidamente um oelo outro. Todo o resto era como tentar travar uma batalha subindo uma montanha. A gente nunca sentia que estava progredindo muito, mas a jornada compensava o pouco territória conquistado.”

Todos os jogadores importantes da temporada são atribuídos a uma líder de torcida para serem cuidados por elas, se bem me entendem. Elas fazem de tudo, desde cuidar de suas roupas e de suas ‘necessidades’. Adriana Vix é a capitã das líderes de torcida e a garota mais linda e popular do campus e obviamente é ela quem será designada a Jude. Podem imaginar o começo de uma grande encrenca certo?! Certo!!

Essa Adriana ‘embuste’ Vix, sendo a típica garota imoral da escola, vai usar de vários artifícios para deliberadamente irritar Lucy e tentar por um fim em seu relacionamento com Jude. É depois de um almoço de Ação de Graças com a família de Lucy que as coisas começam a desandar. O passado é um pouco mais complicado de ser superado por Jude, que se esforça, mas não consegue evitar culpar os pais de Lucy. Quando se reúnem para esse almoço, sabemos o esforço que todos fazem para terem um bom encontro, porém tudo vai pro ralo com uma explosão de Jude. Ele ainda sofre bastante com tudo o que aconteceu.

E é a partir desse episódio que as coisas vão dar extremamente errado. Jude vai embora do almoço bastante transtornado e Lucy vai acabar indo atras dele. O que ela encontra em seu quarto na fraternidade não é nada com que Lucy esperava um dia acontecer. Digamos que tudo leva a crer que Jude a traiu e dou uma coxinha pra quem adivinhar com quem rs

“- Você tem o tempo que quiser. Todo o tempo que quiser. Eu vou estar aqui. Mesmo que demore muito. Eu sempre vou estar aqui, Luce.”

Quem vai embora do lugar totalmente transtornada agora é Lucy e a partir daí todo o relacionamento deles será posto a prova. Como se eles já não tivessem sofrido o suficiente. Lucy vai ser sufocada por inúmeras questões que vão colocá-la para pensar sobre tudo e definir seu relacionamento com Jude. A confiança que ela não teve em Jude antes, será cobrada agora e Lucy vai perceber que ela nunca deixou de esperar que algo desse errado na relação deles.

Eu vou parar de falar da trama por aqui, pois o livro é curto e posso acabar contando tudo. Cada detalhe define o rumo dos acontecimentos e Lucy e Jude vão passar por um período bem sofrido para tentar superar as dificuldades mais uma vez. Só quero dizer que por incrível que pareça, quem vai abrir a mente de Lucy será sua mãe, protagonizando um dos momentos que mais amo no livro.

Vou falar um tiquinho de Jude. Como ele amadureceu neste livro! O futebol o fez crescer muito e seu relacionamento com Lucy só o fez evoluir. Ele vai conseguir se conter em vários momentos que no passado seriam regados de fúria. É nítido todo o esforço que ele faz para se tornar alguém melhor, não só para Lucy, mas pra si mesmo. Eu sempre o defendo com unhas e dentes no fim de tudo, pois acredito em seu amor por Lucy e sei o quanto ela é importante para ele.

“- Nós não construímos só uma coisa especial – respondi, beijando o canto de sua boca. – Construímos um milagre.”

Lucy também amadureceu bastante. Sua transição de adolescente para uma mulher com objetivos é clara. Quando todas as questões que ela teve que passar neste livro são compreendidas, eu consigo entender tudo o que ela está sentindo e percebo que o buraco é mais embaixo. Lucy ama Jude com sua alma, mas será que o amor é o suficiente? Só me restou torcer para que sim.

Alguns personagens também foram destaque neste livro. Como Adriana Vix. Como eu detesto essa escrota. Em vários momentos eu não teria a paciência que Lucy teve para lidar com ela, mas isso é sanado em um determinado momento maravilhoso. A mãe de Lucy vai ser uma grata surpresa para mim e uma pessoa muito importante para o desfecho de tudo. O amigo de Jude, Tony , também terá seu destaque no que diz respeito ao nosso casal. Preciso destacar também um garotinho muito fofo que tem uma participação pequena, porém muito divertida. Danny, o menino de apenas sete anos que idolatra Jude, vai dar um belo ensinamento para Lucy.

Clash tem 185 páginas, que parecem ser o dobro de tão intenso que é a cada momento. Em se tratando de Jude e Lucy (nosso casal Jucy rs) não poderia ser diferente. A diagramação é simples, porém bonita, com pés de bailarina enfeitando cada fim de capítulo. Fonte e espaçamento junto com as páginas amareladas são perfeitos para uma leitura confortável. O livro é contado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Lucy.

42301072_244222942955588_5542235552629129216_n

Acredito que deixei bem claro como eu amo esse livro, como eu amo Jude e Lucy. Clash veio para fortalecer essa relação que tem um amor tão puro e verdadeiro. É lindo acompanhar o crescimento de um casal que mesmo tão jovem, já passou por tantas fases ruins. Nada acontece por acaso e algumas questões tem que ser trabalhadas para que o caminho seja bem tecido e firme. Vou deixar minhas 5 Angélicas e esperar ansiosa pelo desfecho desta história. CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Anúncios

4 comentários em “Resenha: ‘Clash – Quando Corações se Partem – Nicole Williams’ 

  1. Oiii. Não conhecia o livro.
    Nos romances semelhantes que li, sempre tinha uma moça embuste para atormentar o casal, isso me dava uma raiva enorme haha mas é muito bom quando vemos as coisas se acertando.
    Espero que seu casal fique junto e que seu coração seja forte para aguentar mais um livro 😀

    Boa resenha..

    Curtir

  2. Oooooooi Anna! Nossa, agora eu fiquei super curiosa pelo livro. Não só pela vacuda que apareceu – e eu preciso dizer que ODEIO essa história das cheerleaders terem que cuidar das “necessidades” dos jogadores, acho MUITO escroto -, mas para saber pelo o que Jude culpa os pais da Lucy, o que tanto gera a briga deles e, claro, como eles vão superar as adversidades. Amei ameeeeei! Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

  3. Super lutas em um relacionamento é complicado, acho que o livro ajuda a encontrar a força no motivo do relacionamento. Ver a arte da superação e da confiança ir crescendo com o tempo dos personagens. Seria um livro que gostaria de ler, ao ver sua empolgação ao resenha lo aqui no blog.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s