Resenha ‘Outra Vez Casados – Caty Coelho’

Oi ooooi gente! Hoje eu trouxe a resenha de uma comédia romântica nacional, que fez a sua estreia há alguns anos lá no Wattpad e, agora, a autora trouxe o sucesso para Amazon! Eu tive o prazer de ler essa obra em suas duas plataformas e preciso contar um pouco da história da Abelhinha e do Sapo Boca Suja. Vamos a sinopse…

Andrew Simons é um playboy milionário que vive à custa de sua avó Elizabeth — a verdadeira proprietária da Simon’s Construtora. Drew está acostumado a mimos e uma vida de regalia, no entanto, as coisas mudam quando sua avó ameaça deixar parte do seu patrimônio para Benjamin Cooper. O seu maior inimigo, o cara que ele sempre quis afogar em uma privada, o idiota que sempre colocava Drew para trás. Benjamin é jovem, infelizmente bonito, bem-sucedido, um ótimo funcionário, é casado e respeitado por todos os seus colegas. Drew é solteiro, mulherengo e um poço de problemas. Como ele poderia competir contra seu inimigo? Transformando-se em um homem melhor do que ele é claro!
Agora Drew decide mudar de vida, mas isso é uma tarefa realmente complicada. E tudo fica pior quando ele inventa uma suposta noiva, e afirma que está prestes a se casar. Em uma medida desesperada para encontrar uma mulher que se encaixe na sua lista de “esposa perfeita”, Drew acaba fazendo uma proposta para Jamie Collins. A “garota do cafezinho”, o patinho feio e com certeza alguém longe de ser sua esposa perfeita. Mas é tudo o que ele tem, certo? O que Drew não esperava era que o patinho feio fosse se transformar em cisne, tornando muito difícil seguir uma regra que ele mesmo impôs: Não se apaixonar.

Andrew ‘Drew’ Simons é o herdeiro da Simon’s Construtora. Foi educado desde sempre para assumir a presidência, mas o seu comportamento coloca tudo em risco. Mulherengo, cafajeste, bebe muito e pouco se interessa pelo trabalho. Tudo isso, rivaliza com a perfeição que Benjamin, esposo de sua prima Olívia, apresenta. Quando Elizabeth, sua avó, decide fazer uma reunião para anunciar o novo CEO da empresa, Drew e seu melhor amigo, Jack, irão tomar uma medida desesperada.

Jack acaba soltando que Drew está melhorando. Anda trabalhando mais, tendo ideias para melhoras as condições dos funcionários, pensando como captar mais clientes e que está noivo, uma última mentira bombástica e bem drástica. Elizabeth fica emocionada em ver que seu neto tomou jeito, então decide dar uma nova chance para que ele prove seu novo favor e fala que quer conhecê-la no almoço de domingo. Então, o desespero começa para conseguir a tal noiva.

460.JPG

Jamie Collins é a menina que serve café na empresa, escondida atrás de roupas feias, atitude tímida e o fato de ser humilhada pela sua chefe, Olívia. Jamie é um doce de pessoa, carinhosa e humilde, que já sofreu nessa vida. Perdeu a mãe muito cedo, viu seu pai sofrer pela perda de seu grande amor e se entregar a bebida. Hoje, mora com a irmão, o cunhado e o sobrinho, passando por problemas financeiros que a deixam preocupa e se sentindo culpada.

Ainda que queira se manter pé no chão, Jamie faz uma lista de desejos que incluem coisas “bobas” como dormir vendo as estrelas ou gritar bem alto; até dirigir um carrão e comprar a casa onde ela passou a infância. Ela quase não tem amizades, mas sua melhor amiga é ninguém menos que Abigail Simons, prima de Drew. Abby tenta ajudar a amiga como pode, mas isso sempre é negado. Mas, vai ser a menina Simons que irá precisar da ajuda de Collins.

– A Jamie não é feia, ela apenas não se cuida muito. Mas eu sei que por baixo de todas aquelas roupas cafonas tem uma jovem linda. E muito mais, Drew, ela tem bondade, generosidade, ela é carinhosa, atenciosa e humilde. Ela tem o tipo de coração que você não poderia compreender nunca, mas eu sei que a vovó viu isso nela. E nós precisamos de beleza interior mais do que exterior.

Depois de três tentativas muito erradas de encontrar a noiva perfeita, Drew e Jack acabam bêbados na empresa e Abby quando os encontra, convoca Jamie para ajudá-la a levá-los para casa. E lá vai surgir a grande ideia de fazer com que a copeira da empresa se torne a noiva de mentira do futuro herdeiro da Construtora.

Drew precisa de Jamie, ela pode ajudá-lo a conquistar tudo o que ele sempre quis. Jamie precisa de Drew, ele pode ajudá-lo a realizar os seus maiores desejos, principalmente ter a casa de tijolos vermelhos de volta. Então, ambos concordam com isso e Abby entra em ação, fazendo com que a “patinho feio” se torne um “cisne perfeito”. Dando início ao plano de fazer com que a Simon’s com o belo herdeiro.

Elizabeth fica muito feliz quando descobre que a noiva é Jamie e pede que o casamento seja realizado o mais rápido possível. O que era um plano inicial de noivado por um ano, precisa evoluir mais rápido. Dois opostos irão ficar presos um ao outro. E a aventura irá começar de verdade.Mas, ambos podem se surpreender. Drew pode se provar um cara muito legal, disposto a realizar dos mais simples ao mais incrível sonho de Jamie, apenas para vê-la feliz, se mostrar um cara legal, que ama a avô e não quer decepcioná-la. Já Jamie não é tão bobinha e que pode se colocar até em perigo para ajudá-lo. E juntos, eles vão acabar decidindo mudar termos do contrato que os unem, fazendo com que novos sentimentos surjam, ainda que fiquem guardados, junto com segredos que podem e precisam ser revelados, que colocaram muita coisa em jogo.

E, enquanto temos o casal descobrindo um ao outro e o sentimento que pode estar surgindo entre os dois, vamos acompanhar a corrida pela Simon’s que não será nada fácil, com coisas baixas acontecendo e que devem mudar o destino de muita gente, quando tudo for deixado as claras.

Mas eu tenho essa necessidade de deixá-la feliz. E Jamie parece ficar extremamente alegre sempre que eu realizo um dos seus desejos. É como se eu estivesse dando o mundo a ela, e eu gosto disso. Gosto de como eu me sinto, quando eu faço essas coisas para ela.

Ai, eu não sei nem por onde começar a falar desse livro. Lembro tanto do quanto me diverti com ele na época do Wattpad. Caty foi uma das primeiras autoras nacionais que eu tive o prazer de conhecer e acompanhar. Então, quando ela revelou que iria lança-lo na Amazon, tanto anos depois, quase tive um treco! Sabia que iria correr para ler essa história e me apaixonar de novo pelos personagens.

Jamie, nossa abelhinha, é uma personagens que inspira. Ela é uma amor de pessoa, que tem o desejo de ajudar sua família, antes mesmo de pensar em si. Ela tem uma força muito grande, não tem medo de se arriscar para proteger aqueles que ama, ao mesmo tempo em que ela que precisa de apoio e se isola. A vontade que temos, quando ela começa a nos revelar coisas, é que colocar ela em um abraço e protegê-la do mundo! Enquanto torcemos para que ela possa encontrar a felicidade plena.

Já Drew, ai esse sapo boca suja… Ele tem seu jeito cafajeste, mas também tem um coração gigante. Ficou órfão muito cedo e acabou indo morar com a avó, que o criou. Acaba sentindo muito quando a decepciona e quando descobre que ela não está tão bem de saúde quanto ele imagina. Ele comete erros, mas tenta reparar. É encantador ver que ele se satisfaz só de realizar os sonhos da Jamie, o quanto ele vai amadurecendo no decorrer da história e evoluindo. Ele se prova merecedor, não só da Simon’s, mas de tudo o que ele vai conquistando.

Fora os protagonistas, temos personagens secundários que vão arrebatar nosso corações. Jack e Abby são o maior barato. Eles são bem leais a Jamie e Drew, se colocando em defesa a eles diversas vezes, além de serem hilários. Vivem como cão e gato, com discussões que arrancam as maiores gargalhadas. Além disso, individualmente, também fazem muita graça. Tem uma cena em especial entre Jamie e Abby que faz a gente até passar mal com tanta risada, ainda mais quando Drew e Jack se juntam a elas. Bem, o resumo é que esses quatro nos arrancam muitos risos mesmo.

– Abelhinha, uma vez minha mãe disse que quando você ama alguém de verdade, é um amor de coração e também de alma. Não importa quantas vidas a pessoa vive. Seu coração sempre vai amar unicamente este. Assim como a sua alma foi feita para se encaixar somente neste.

Ainda temos Elizabeth, a avô dessa turma toda e tão carinhosa, além de ser hiper esperta. Mais do que todos os personagens e até mesmo a gente, espera. Ainda temos a tia Lorena e e Adison, do lado do Drew, que mesmo com menos presença, ainda tem a força delas. Da parte de Jamie, temos Jane e Tyler super fofos e queridos, e o pai de Jamie, vai render muita risada, ainda mais quando ele colocar suas habilidade de ex policial em jogo.

461.JPG

A escrita da Caty é incrível! Como já li outros livros dela, fico impressionada como ela passeia por gêneros, sem nunca deixar a peteca cair. Super fluída e de um jeito que te prende, você só sente vontade de largar o livro, quando ele termina. Talvez, nem aí. Porque, particularmente, eu queria bem mais haha. Ela trás uma comédia romântica que ganha nosso coração, nos trás muitos sorrisos e lições de amor, carinho, amizade e lealdade, evolução e amadurecimentos dos personagens e um pouco de sexo, porque eles não são de ferro. Ela apresenta a trama em primeira pessoa, alternando a narrativa entre Drew e Jamie. Fazendo com que a gente consiga acompanhar seus sentimentos, medos e sonhos. A diagramação é simples, mas bem gracinha. O ebook está bem revisado e com uma capa linda, que eu amooo!

Outra Vez Casados é aquela história feita com personagens apaixonantes, uma trama gostosa e uma boa dose de amor e risadas, então, não tem como não dar cinco Angélicas, já que é bem do jeito que eu gosto. Agora, fico aqui esperando a história de Jack e Abby porque, sem dúvidas, promete. Como promete…

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

 

 

 

 

 

5 comentários em “Resenha ‘Outra Vez Casados – Caty Coelho’

  1. Adorei a personalidade da Jamie, uma moça simples, batalhadora e altruísta que merece ser feliz. Acho lindo histórias de amor onde o sentimento vai surgindo aos poucos, vai sendo construído com o tempo e termina sólido e forte. Os vínculos de amizade também dão o tom acolhedor da obra. E adorei saber que é um livro nacional, pela resenha já senti que não deixa nada a dever aos livros estrangeiros de mesmo estilo.

    Curtir

  2. Adorei a resenha. Apesar de não ser um gênero que estou lendo muito ultimamente, mas o fato de ter boas doses de comédia me atraiu muito. Não gosto de personagens cafajestes mas quem sabe eu não acabe gostando de Drew não é mesmo haha.

    Curtir

  3. Talvez a experiencia em ter o livro nas mãos faça com que consigamos ver melhor as coisas. Não achei muito interessante a principio a estória. Gostei muito da sua forma de falar sobre o livro com emoção e entusiasmo. Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s