Resenha: ‘Para todos os garotos que já amei – Jenny Han’

Oiii gente!!! A resenha de hoje é de um YA absurdamente fofo e que é sucesso absoluto atualmente, inclusive virou filme, com seus direitos comprados pela plataforma de streaming Netflix e estreia dia 17 de agosto. Eu tô falando de Para todos os garotos que já amei da incrível Jenny Han que foi publicado por aqui pela Editora Intrínseca. Apesar de a resenha estar saindo agora, bem próximo do lançamento do filme, eu tive o prazer de ler essa história há alguns anos, quando ainda era uma duologia. Ano passado Jenny resolveu dar um presentão para os fãs e lançando o terceiro e último livro. Então, vamos a sinopse e depois saber o que eu achei dessa história.

“Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar”

A história começa nos apresentando Lara Jean que é a irmã do meio, nem tão corajosa quanto a irmã mais velha Margot e nem tão determinada quanto a irmã mais nova Kitty. Na verdade Lara Jean é o oposto das duas irmãs; tímida, insegura e recatada. Após a morte de sua mãe, Lara Jean e suas irmãs precisaram amadurecer mais rápido e ajudar o pai na administração da casa.

Por ser a mais velha, Margot é a que tem mais responsabilidades e faz o papel de mãezona, só que as coisas estão prestes a mudar porque Margot está indo pra faculdade na Escócia, uma faculdade a milhares de quilômetros e isso está deixando Lara Jean desesperada afinal ela nem sabe dirigir, então como vai levar e buscar Kitty na escola? Como ela vai fazer o papel de irmã mais velha, cuidar da casa e de Kitty sozinha? Como ela vai sobreviver sem sua irmã e melhor amiga? Esses são só alguns dos dilemas que Lara Jean vai precisar enfrentar.

Paralelamente a isso, nós ficamos sabendo que Lara Jean tem uma mania esquisita: ela escreveu cartas de desamor. Ela se apaixona pelo menino algum tempo depois, quando ela percebe que a paixonite acabou ela escreve uma carta, revelando os motivos que a fizeram se desapaixonar. Em seguida ela guarda a carta em uma caixa de chapéus e assim o assunto está encerrado na sua vida.

“Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam meu exorcismo. As cartas me libertam. Ou pelo menos deveriam.”

Como se já não bastasse todo o drama de ver sua irmã indo embora, Lara Jean acorda uma manhã e descobre que todas as cartas que ela escreveu e guardou na caixa foram enviadas para os garotos que ela já amou e agora ela precisa lidar com seu passado. A única coisa que Lara Jean consegue pensar é em como os garotos vão reagir ao saber de seus segredos mais profundos, suas opiniões mais sinceras e então o que estava ruim, acaba ficando bem pior.

De todas as cartas enviadas, Lara Jean se preocupa com duas: a que foi enviado a Josh, que é seu vizinho e ex-namorado de Margot e com a carta que foi enviado a Peter, o garoto mais popular da escola. Ao receber sua carta e ir tirar satisfações com Lara Jean, eles fazem um acordo de ter um relacionamento falso. Peter porque quer fazer ciúmes para sua ex, Genevieve e Jara Lean porque quer fugir de Josh, pois desde que soube que no passado ela tinha interesses por ele, vai atrás dela e se declara. Vale frisar que Lara Jean era secretamente apaixonada pelo namorado da irmã, mas ela sabia que apesar de ter se  apaixonado por Josh primeiro, ele acabou se tornando o namorado da irmã, então quando isso aconteceu ela, escreveu uma carta e enterrou esse amor.

“As mentiras mais críveis são as que têm pelo menos um pouco de verdade.”

Conforme vamos avançando na leitura percebemos que apesar do título, a história é mais sobre auto conhecimento e amadurecimento do que verdadeiramente sobre romance. Vemos uma Lara Jean que antes era insegura, acreditando mais em si mesma, aprendendo a se defender do mundo, a depender menos da irmã mais velha e até aprendendo a dirigir, coisa que antes era inimaginável para ela.

Tudo isso é feito ao lado de Peter, que nesse livro é meu personagem preferido, que faz de tudo pra testar Lara Jean e principalmente a ajuda a encara seus medos. Ele é fofo e coloca as necessidades dela sempre em primeiro lugar. Mas como nem tudo são flores, Lara Jean vai começar a questionar seus hobbies, sua vida e sua família no geral. Vai entrar em uma neura que ninguém da idade dela vai visitar asilos às sextas-feiras e que nenhum adolescente da idade dela gosta de cozinhar. É nesse momento que ela decide ser uma adolescente “normal” e começa a frequentar inúmeras festas, fazendo com que sua família e Josh fiquem preocupados, eles chegam até a acusar Peter de influenciar negativamente Lara Jean, mas isso não é verdade.

Não podemos esquecer do Josh, que após receber sua carta, revela a Lara Jean que apesar de ter namorado Margot, sempre foi apaixonado por ela. Escrevendo isso, dá a impressão que Josh é um canalha, mas ele não é. Vemos como é sofrido para ele amar Lara Jean, como ele não queria isso, é difícil para ele e na medida do possível, ambos tentam lidar com isso.

Outra coisa que é bem presente no livro é a culinária. Lara Jean ama cozinhar e em vários momentos vemos ela fazendo bolos e principalmente cookies que é sua coisa preferida de cozinhar. É inclusive na cozinha, cercada de ingredientes que grandes conversas acontecem, principalmente entre Lara Jean e Peter, que é fã assumido dos seus cookies.

“Acho que, nas questões do coração, não da para prever como uma pessoa vai se comportar.”

Claro que com toda essa aproximação, Lara Jean e Peter iam acabar se apaixonando. O relacionamento deles cresce com o tempo, nada acontece rápido, é tudo no momento certo e é tão lindo acompanhar os dois, ver quando eles estão começando a se apaixonar um pelo outro. O problema é que eles vivem uma mentira, será que agora estão prontos para um relacionamento de verdade?

Com 320 páginas e contado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Lara Jean, Para todos os garotos que já amei é uma história bem adolescente, leve, que te faz rir, suspirar e se emocionar, tudo na mesma medida. A diagramação do livro está do jeito que a gente gosta, com páginas amareladas e letras grandes que garantem uma leitura confortável. Jenny Han que esteve no Brasil ano passado para a Bienal do Rio de Janeiro, me surpreendeu muito com sua escrita, dá pra entender o tamanho do sucesso do livro e os motivos de ele ter virado filme.

37866873_1768387456579125_4912206684014772224_n

Então, anotem na agenda para não esquecer: A estreia mundial do filme acontece dia 17 de agosto na Netflix. Impossível não amar essa história, por isso deixo aqui minhas 5 Angélicas e já deixam aviso que aina dá pra maratonar antes do filme. Eu volto na próxima semana com a resenha do segundo livro, P.S.: Ainda Amo Você.CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

10 comentários em “Resenha: ‘Para todos os garotos que já amei – Jenny Han’

  1. Primeiramente, parabéns pela postagem. Muito detalhada sem dar spoiler. Apesar de romance não ser meu gênero, achei a ideia muito interessante, dando espaco para muita criacão. Obrigado por compartilhar.

    Curtir

  2. Oi Bianca, tudo bem?

    Sempre vi muitas pessoas falando sobre este livro e minha curiosidade que já era gigantesca só aumentava. Quero muito conseguir ler antes de lançar o filme, pois pelo enredo e pelo o que você apresentou, tenho certeza que irei adorar. Gosto muito desse enredo mais leve e de adolescente, pois possui boas questões para serem levantadas. Já vi o trailer do filme e amei, muito bom. Seu post ficou sensacional.

    Beijos!

    Curtir

  3. Sua resenha não poderia ter vindo em hora mais perfeita. Desde que soube que esse livro seria adaptado, estou curiosa para lê-lo, mas estava morrendo de medo de detestar. Apesar de adorar romances fofinhos em geral, a premissa me deixou um pouco receosa, porque odeio quando livros caem no clichê dos “sentimentos confusos”, em que a mocinha não sabe com quem ficar. Pelo que li da sua resenha, isso não acontece no primeiro livro, então acho que vou procurá-lo sem medo.

    Abraços! 🙂

    Curtir

  4. Raramente vejo um livro YA recebendo nota máxima dos blogueiros, mas fiquei surpresa que este tenha recebido nota 5. Sua resenha foi muito bem detalhada e fiquei com muita vontade de adquirir um exemplar deste livro também. Achei maravilhosa a resenha.

    Beijos!! ❤

    Curtir

  5. Muita interessante essa resenha!Gostei muito me fez lembrar dos velhos tempos onde se escrevia muitas cartas.Mais no livro a história é diferente ela escrevia a cartas quando a paixão havia acabado.
    O fato das cartas terem sido enviadas para os garotos despertou muita curiosidade de saber a reação de cada um.
    Pelo que consta pelo menos Peter reacendeu a chama da paixão vivida por Lara.Pretendo ler esse livro.Valeu! Parabéns!Sucesso!

    Curtir

  6. Olá!
    Já conheço o livro, e até tenho aqui, mas ainda não li. Agora que sei a data de estréia do filme, vou correndo tirar o atraso hjaha
    Espero gostar tanto quanto você!
    Abraço 😀
    lupiliteratus.blogspot.com

    Curtir

  7. Olá!
    Ahhh meu queridinho rs’ estou louca para o dia 17 chegar logo! Não vejo a hora de assistir Lara Jean ♥
    Esse livro é muito fofo e estou louca para reler essa história fofa e divertida, adorei suas fotos, arrasou!

    beijos!

    Curtir

  8. Olá, menina acredita que mesmo sendo um sucesso, ter o livro na estante e todo mundo falar super bem.. nao tinha vontade de ler o livro até ler sua resenha haha.. juro pra ti, gostei muito de conhecer essa historia e fiquei bem curiosa pela leitura, fico feliz q tenha curtido o livro e esperamos que o filme seja tão bom qua to né!

    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s