Resenha ‘As Filhas da Noiva – Susan Mallery’

Oi ooooi gente! Hoje eu trouxe a resenha do lançamento do mês da nossa parceira, Harlequin. E, quando vi que a temática tinha um casamento como pano de fundo… eu surtei! Me casei tem menos de um ano e ainda estou nessa vibe. Sem mais delongas, vamos a sinopse, para que eu possa falar desse meu novo amor…

Courtney Watson é a irmã desajustada da família. Ela pode não ter uma vida tão organizada quanto a das irmãs, mas ela é excelente em uma coisa: guardar segredos. Inclusive sobre seu caso flamejante com um produtor musical. Planejar o casamento da própria mãe traz sua vida secreta à tona, mudando completamente a imagem que sua família tinha de Courtney para sempre. Quando o namorado de Siena, a irmã rebelde, a pede em casamento bem na frente de sua mãe e suas irmãs, é uma completa surpresa para ela. Siena já passou por dois noivados fracassados e desfeitos. Como ela pode aceitar se ela nem tem certeza que é isso que ela ainda quer? Rachel é a cínica da família. Ela acreditava que o amor duraria para sempre. Até o seu divórcio. Enquanto o dia do casamento de sua mãe se aproxima, seu ex passa a implorar por uma segunda chance, e ela é forçada a reconhecer algumas verdades incômodas sobre os motivos pelos quais seu casamento não deu certo. Rachel precisa decidir se ela vai deixar o orgulho ficar no caminho do seu felizes para sempre.
Courtney é a primeira irmã que conhecemos. Ela é a mais nova da família Watson e um pouco mais distante do que a gente esperaria de uma filha caçula. Quando seu pai faleceu, Court tinha apenas três anos e mal se lembra dele. Enquanto sua mãe lutava para reconstruir tudo o que elas perderam, era a irmã mais velha das meninas que assumia algumas das responsabilidades, incluindo a de ajudar a mais nova.

Ela sempre foi muito muito desastrada e sofreu um atraso na escola, tendo repetido de ano duas vezes. Muito tardiamente, foi diagnosticada com uma dificuldade de aprendizado e, com 18 anos, resolveu largar os estudos e acabou se afastando da mãe por um ano. Mas, agora ela esta quase terminando sua faculdade, ao mesmo tempo em que trabalha no hotel de Joyce e se dedicando a organizar o casamento da mãe.

A questão é que Courtney esta organizando o casamento em segredo e terminando os seus estudos da mesma forma, porque ela quer provar que é capaz. Mesmo que isso signifique seguir ouvindo que ela é “apenas” uma camareira de hotel. Só que sua vida irá dar uma guinada, quando Quinn, neto de Joyce voltar para a cidade. Ele ajudará a menina a perceber que ela é melhor do pensa, que ela se esforça e eles vão criar vários laços, que podem mudar a vida de ambos.

– Há lampejos de poder. O segredo é saber se você consegue canalizar isso em algo que possa ser usado. Está tudo aqui, dentro de você. Tenha um pouco de fé.

Rachel é a mais velha das irmãs Watson. Quando perdeu o pai, passou a ter responsabilidades demais para uma menina de apenas 9 anos e isso foi moldando o resto da sua vida. Ela cresceu uma pessoa que não gosta de depender da ajuda de ninguém. Mesmo que isso vai custando toda sua energia, Rach não é uma pessoa fã de pedir ajuda.

428.JPG

Há dois anos, seu marido Greg a traiu e isso colocou o ponto final no casamento dos dois, deixando ela e seu filho Josh sozinhos. Greg está disposto a provar que mudou e que sim, cometeu um erro terrível, mas que ele se arrependeu e quer sua família de volta. O ex marido irá falar muitas coisas que irão abalar o mundo de Rachel, afinal, ela vai perceber que diversos pontos que ele apontam são a mais pura verdade e que ela teve sua cota de colaboração na construção do fim entre eles dois. Basta saber se o amor que ela ainda sente pelo ex é maior que a mágoa que guarda pela traição e se será capaz de perdoar tudo.

Sienna é a filha do meio e a última que iremos conhecer. Ela trabalha na Helping Store, que é uma fundação que ajuda e protege mulheres que passam por violência doméstica. Extremamente dedicada a sua causa, Sienna sempre vê uma oportunidade para arrecadar dinheiro.

– […] Se Maggie está feliz, também estou. – Neil piscou. – Acredito muito no que dizem: se a esposa está feliz, o marido também está.
– Uma qualidade excelente em um homem – concordou Courtney, provocando.

Em sua vida pessoal, a mulher já terminou dois noivados, por motivos diferentes. Ela ainda mantém contato com Jimmy, seu primeiro amor e noivo, mas que agora é apenas um bom amigo e ajuda a encontrar casas usadas pela fundação. Seu atual namorado, David, se mostra muito mais apaixonado por ela, do que ela por ele. Quando ele prender ela com um pedir de casamento, em um momento onde ela não poderia responder de forma negativa, Sienna começa a se questionar sobre o que sente, sobre a possibilidade de terminar um terceiro noivado e até mesmo sobre sua vida.

A noiva do livro e mãe dessas três lindas mulheres é Maggie. Ela ficou viúva muito cedo e o marido a deixou com uma mãe na frente e a outra atrás. Foi graças a ajuda de Joyce, que levou as quatro para morarem em seu hotel e sua dedicação em se tornar contadora, que fizeram com que elas dessem uma guinada na vida. Ela se apaixonada por Neil depois de anos sozinha. Agora esta a poucos meses do seu casamento e querendo tudo o que lhe foi negado da primeira vez. E são muitos pedidos doidos.

Bom, eu fiz uma apresentação da história, mas deixando vários fatos escondidos. É bom ir descobrindo cada camada e nuância desses personagens. Mas, quero falar um pouco sobre eles.

– Sim, mas nenhuma está casada. Sou uma péssima mãe.
Agora foi a vez de Courtney revirar os olhos.
– Mãe, parece chocante, mas é verdade: nem tudo tem a ver com você.
Maggie riu.
– Tem razão, mas deveria ter. Não acham?

Courtney me ganhou desde o momento que apareceu. Senti muita vontade de abraça-la e dar todo apoio que ela sempre quis na vida. Ela se sente inferior as pessoas e quer batalhar duro por cada coisa que deseja. Como não se considera ‘muita coisa’, a garota acaba se tornando invisível. Tem um coração extremamente puro e bondoso, mas rejeita a ideia do amor, já que acha que ele só trás sofrimento. Vai ser com a chegada de Quinn, que Courtney pode mudar alguns conceitos que tem.

Quinn é outro personagens adorável. Ele volta de Los Angeles, porque quer ficar mais com a avó, que já esta bem idosa e que cuidou dele desde sempre. Ele se hospeda no hotel na família e logo cria relações com Courtney. Ele vai ajudar com que ela se enxergue melhor e perca alguns dos medos que tem. De fato, é maravilhoso até com os cachorros da família. Sua avó Joyce é outra personagem que podemos amar bastante. Ela acolher as Watson quando precisaram e seguiu sendo uma mãe, amiga e chefe quando a mais nova precisou.

Rachel foi meu outro amor nessa história. Ela sofreu um baque com a traição de seu primeiro e único amor, agora está tentando se reerguer. Mas, ela precisava mesmo escutar diversas verdades incômodas para poder mudar e mudar para melhor. Ela desejava abraçar o mundo com as pernas, mas acabou esquecendo a pessoa mais importante: si mesma.

– Sabe o que é engraçado? Não precisei acreditar nele. Precisei acreditar em mim. Tive que saber que seria forte o bastante para sobreviver ao que acontecesse. Porque amar alguém significa entregar seu coração completamente, e, quando você faz isso, não tem defesas. Está a mercê da outra pessoa.

Greg foi um personagem que eu tive tendência a detestar só de saber que ele a traiu. Só que ele tem um desenvolvimento muito bom durante o livro e podemos ver o lado dele do casamento. Claro que não justifica em absoluto a traição, mas ele trás pontos antigos do relacionamento que já estava desandando. Com a sua disposição em mostrar que mudou, é que ele vai mexendo com a cabeça de Rachel e com a nossa junto.

Sienna foi meu primeiro problema na história. O começo dela é muito bom, ao ver o quanto ama e se dedica ao seu importante trabalho. Porém, ela trata Courtney de uma forma péssima durante boa parte do livro e isso me deixou com muita raiva. Ela era extremamente indelicada e até grosseira com a irmã. Até o momento em que foi tudo o que a mais nova precisava. E essa mudança dela me fez enxergá-la com outros olhos. Passei a ter pena dela, presa em rótulos, em um relacionamento sem amor e tentando não se afogar nisso tudo. Nem vou comentar de David, porque ele é irritante em muitos níveis.

Maggie é uma noiva muito louca e engraçada. Ela sonha com flamingos, com um mundo de rosas, vive inventando ideias mirabolantes para o seu casamento. Foi muito legal ver esse lado sonhador, de uma pessoa mais velha. Mas, ela também teve pontos que me incomodaram, principalmente em relação a filha mais nova. Pode parecer que estou só defendendo a minha personagem favorita, mas vocês precisam ler para entender. Digo apenas que ela teve atitudes que EU não espero de uma mãe. E Neil é um amorzinho, que está apaixonado depois de sofrer uma grande perda, que quer realizar todos os sonhos de sua amada. Ela gosta bastante das meninas e tem o carinho delas também.

– Sei que não devemos discutir com a noiva.
– Isso mesmo. Serei a noiva e todo mundo tem que fazer o que eu mandar. Está bom?

Resumido um pouco de tudo rs, preciso dizer que eu amei esse livro absurdamente. Ele foi muito mais do que eu esperava. Não só um livro que fala sobre os preparativos de um casamento, mas foca na vida e nos problemas reais de quatro mulheres que precisaram enfrentar vários problemas, superá-los e serem felizes. A construção dos personagens é muito boa e a gente se pega presa e envolvida em toda a trama, torcendo por cada um deles.

Não conhecia a escrita da Susan Mallery, mas que surpresa mais incrível e gostosa. Ela nos entrelaça em casa palavra, trás tudo de forma leve e até mesmo doce. Apresenta os personagens sem atropelá-los e consegue fazer com que a gente entenda todos os seus pontos, de alguma forma. Mallery apresenta As Filhas da Noiva em terceira pessoa, focando de tempos em tempos, em casa uma das Watson e das pessoas envolvidas em sua vida.

429.JPG

Sobre a diagramação, ela é bem simples. Folhas amareladas, com letra e espaçamento confortáveis para a leitura. A abertura dos capítulos são simples, mas sem sinalização de qual irmã está sendo focada no momento, isso a gente vai perceber conforme a leitura. Mas, a capa é um show a parte. Foi um verdadeiro amor à primeira vista. E a fonte é linda! Ah, no final ainda vem três receitinhas com mel, porque as abelhas tem uma participação especial nessa história.

Essa história me ganhou, me deixou querendo mais e morrendo de saudades das personagens, assim que fechei o livro. Sem dúvidas, As Filhas da Noiva leva meu amor e minhas cinco Angélicas.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

 

 

Anúncios

9 comentários em “Resenha ‘As Filhas da Noiva – Susan Mallery’

  1. Oi Raissa! Como vai?

    Menina eu não conhecia esse livro. E eu amo casamentos – pense que me amiguinho e choro tanto, você nem imagina. Mas também confesso que sobre esse livro não houve algo sequer que me chamasse atenção dele a ponto de dizer que vou procurar pra ler pelo menos. Mas que bom que a leitura pra você foi confortável e satisfatória.

    Bjão,
    Di ~ Vida & Letras
    http://www.vidaeletras.com.br

    Curtir

  2. A Courtney foi a personagem que mais me chamou a atenção. Acredito que o processo de evolução dela deve ser muito cativante, aos pouquinhos ela vai mostrar do que é capaz. Acho que se o enredo fosse focado nela como protagonista, o livro me ganharia.

    Curtir

  3. Enredo de novela. Muito bem elaborado cada personagem, entretanto, Courtney é uma personagem a qual eu mais achei interessante, seu contexto é bem incentivador para a leitura do livro, gostaria de saber se ela conseguiria concluir seus planos de casamento. Abraço!

    Curtir

  4. super interessante essas historia, prende bem atenção por ser de certo fato bem voltada para nossos dias atuais. gostei muito de dois personagem ” a mãe por ser uma mulher guerreira que resolver novamente ser casa e a Courtney por te passado por alguns problemas continua tentante seguir em frente”.

    Curtir

  5. Olá!
    Primeira resenha que leio desse livro, e já estou bem animada, adoro livros com casamento como pano de fundo, sua resenha me deixou animada para conhecer essa família meio louca rs’ mas espero poder ler ainda esse ano! ótima resenha!

    beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s