A Hora do Chá: ‘O Príncipe Corvo – Elizabeth Hoyt’

Oi gente! Depois de quatro semanas postando o primeiro livro de séries e/ ou trilogias que ainda não tiveram suas continuações publicadas, eu vou começar a postar resenhas da Trilogia dos Príncipes da Elizabeth Hoyt. A trilogia foi publicada pela Editora Record e já temos todos os livros publicados. Antes de mais nada, confiram a sinopse…

“Anna Wren está tendo um dia difícil. Depois de quase ser atropelada por um cavaleiro arrogante, ela volta para casa e descobre que as finanças da família, que não iam bem desde a morte do marido, estão em uma situação complicada. O conde de Swartingham não sabe o que fazer depois que dois secretários vão embora na calada da noite. Edward de Raaf precisa de alguém que consiga lidar com seu mau humor e comportamento rude. Quando Anna começa a trabalhar para o conde, parece que ambos resolveram seus problemas. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender as suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu desavisado amante.”

Anna Wren não tem vivido muito bem desde que seu marido morreu. Ela vive numa casinha minuscula junto com a sogra porque não tem condições de ter algo maior. O problema é que aquele dia, em especial, está indo pior do que os outros. Anna volta para casa coberta de lama após ser quase atropelada por um cavaleiro muitíssimo arrogante e cheio de si. Ela não vê a hora de chegar em casa e poder trocar aquela roupa suja e colocar sua vida em ordem, mas saber que estão quase falidas não é nada animador.

Ela decide procurar um emprego, então ela convence o administrador do castelo do Conde de Swartingham a lhe dar o emprego de secretária pessoal do próprio conde. Só que esse não é um emprego que uma dama como ela poderia assumir. Era um cargo ocupado por homens, então imagina a surpresa do administrador ao saber que ela quer e precisa muito desse emprego.

A outra surpresa fica por conta de conhecer o conde. Anna nunca imaginou que seu chefe seria o homem rude que a deixou na estrada cheia de lama. Edward de Raaf, o conde de Swartingham, é um homem mal-humorado, arrogante e “feio”. Ele tem marcas de varíola pelo rosto e corpo e isso o torna indesejável para muitas mulheres. Ele não sabe que o cargo de secretário já foi preenchido, então os dois são surpreendidos quando são apresentados como patrão e empregada.

Edward não acredita que uma mulher como Anna queira passar os dias transcrevendo suas anotações, mas ela precisa muito do trabalho e não será intimidada por uma personalidade difícil. Ela não é uma dama frágil que se assusta com uma cara feia do conde. Os dois acabam se acostumando um com outro, mas a atração entre eles existe. Anna se acostuma com a personalidade mandona de Edward e ele com a personalidade falante e extrovertida dela.

corvo (1)

Eles se dão muito bem e ao longo dos dias um sentimento vai florescendo entre eles. Só que Anna não pode ter um caso com um conde. Isso seria um grande escândalo. Já Edward tenta se manter afastado porque está comprometido com outra mulher. Ele já é um homem na casa dos 30 anos, então entende que precisa se casar logo e ter herdeiros. Por isso aceitou cortejar uma mulher de sua classe social.

Edward não pode estragar tudo se entregando ao desejo que sente por sua secretária. Então ele parte para Londres para adiantar os detalhes de seu noivado e também fazer uma visitinha a um bordel e poder tirar a imagem de sua secretária de sua cabeça. Logo ele será um homem casado, então não pode ficar sentindo atração por Anna.

“Raiva. Anna sentiu raiva. A sociedade poderia não esperar o celibato do conde, mas certamente esperava isso dela. Ele, por ser homem, poderia ir a casa de má reputação e aprontar por toda a noite com criaturas sedutoras e sofisticadas. Enquanto ela, por ser mulher, deveria ser casta sem nem ao menos pensar em olhos escuros e peitos cabeludos. Simplesmente não era justo. Nem um pouco justo.”

Anna decide ir atrás de Edward e com ajuda de uma prostituta hospedada em sua casa descobre que pode ter o conde dentro desse bordel de luxo sem que ele saiba quem ela é. Anna se sente confiante e desinibida. Ela vai ter esse homem nem que seja uma vez, antes dele se casar e que sua reputação seja arruinada. Ela já chocou a sociedade em decidir trabalhar, imagina só se soubessem que ela está determinada a seduzir Edward? O que será que vai acontecer quando o conde descobrir que a mulher que o seduziu no bordel é a mesma mulher por quem ele está levemente apaixonado? Será que Anna vai conseguir manter Edward longe após a noite no bordel?

O Príncipe Corvo pode até parecer mais um livro erótico por causa de suas cenas super sensuais e explicitas, mas ele vai muito além disso. É a história de duas pessoas marcadas pela vida, que se desejam e merecem viver um amor tão bonito quanto o deles.  A autora soube dosar o romantismo e sensualidade e nos presenteou com um ótimo romance. O livro também levanta o fato de Anna viver numa sociedade onde a mulher tinha pouco ou quase nenhum direito.

Esse livro é muito lindo. Eu amo esse efeito de capa todo feita em dourado contrastando com o preto. A diagramação é bem simples, mas a autora nos presentou com uma história sobre O Príncipe Corvo a cada início de capítulo. Eu confesso que ficava ansiando pelos próximos capítulos só para ler mais um pouquinho do conto que deu origem ao nome desse livro. Essa história é um livro que Anna lê nos intervalos das transcrições, então temos uma personagem se deliciando por uma história no estilo ‘A Bela e a Fera’, enquanto nós lemos outra história dentro de um mesmo livro. Legal né?

corvo (2)

Eu li O Príncipe Corvo em ebook pelo Kindle Unlimited e ao final da leitura eu já estava comprando a trilogia completa. O cuidado com a diagramação tanto do ebook como da edição física estão impecáveis. Nada de erros, fonte e espaçamento confortáveis para leitura. A edição física tem páginas grossinhas e amareladas. A narrativa é em terceira pessoa, o que é bem comum nos romances de época.

Anna é determinada e Edward é mal-humorado, juntos eles nos rendem cenas muito românticas e ao mesmo tempo hilárias. O que me fez cair realmente de amores por esse livro é que a Elizabeth não criou um casal perfeito. Edward não é o homem mais bonito que Anna já viu. Ele poderia ser classificado como muito feio devido a suas manchas de varíola, mas o que o torna lindo é o homem que ele é, gentil, inteligente, educado. Anna também não é a mulher perfeita. Tem beleza mediana, não é da nobreza, está completamente falida e mesmo assim é perfeita para Edward. Tem como não amar isso?

O Príncipe Corvo é o primeiro livro da Trilogia dos Príncipes. Cada livro conta a história de um nobre e em cada um teremos uma história para que todos entendam os títulos. Não percam de vista os amigos do conde, pois são eles que vão protagonizar as próximas histórias. Essa trilogia é a estreia da autora no Brasil, mas lá fora ela é bem conhecida entre os leitores de romance de época. Eu só digo uma coisa: quero mais livros dela por aqui.

corvo (3)

A leitura é fluída e com um casal que abrilhanta essa história. A trama não tem nada de muito surpreendente, mas não se engane achando que é uma história sem graça. Ela tem uma leveza e te faz suspirar com o romance de um casal mais adulto. Não temos aqueles dramas de primeiro amor e sim um casal forte e maduro. Se eu indico O Príncipe Corvo? Lógico, dou 5 Angélicas e ainda convido vocês para estarem aqui comigo na próxima semana e conhecerem um novo crush em O Príncipe Leopardo.CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Anúncios

18 comentários em “A Hora do Chá: ‘O Príncipe Corvo – Elizabeth Hoyt’

  1. Achei essa sinopse super interessante, um casal imperfeito, porém muito próximo da realidade. Afinal ninguém é perfeito, mas cada um tem uma beleza, à sua maneira. Gostei muito da determinação da protagonista e o casal é carismático!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Adorei a resenha, mas ultimamente to fugindo de livro com mocinhos mal humorados ( isso cansa um pouco, ainda mais porque na vida real não suporto gente mal humorada sabe?) Mas fora isso gostei de tudo que você disse, e vou anotar para um dia dar uma chance a esta trilogia.
    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Menina,
    concordei com vc: a trama não tem nada de muito surpreendente. Mas gostei dos protagonistas! Achei eles meio perfeitos em suas imperfeições, rsrsrs.
    Bom, quanto a tudo, mais uma vez um post aqui q se destaca pela beleza das fotos.
    Poxa, queria ter instagran só para seguir este blog.
    Lindo d+.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Adorei a resenha, parece ser super interessante, faz qualquer um se sentir curioso para ler essa história, enfim, nunca ouvi falar deste livro antes, agora fiquei curiosa de verdade para ler essa história sobre um casal “carismático”, portanto, concordo com o que você disse :” A trama não tem nada de muito surpreendente, mas não se engane achando que é uma história sem graça”, enfim, gostei dos protagonistas.

    Curtir

  5. Olá
    Não sou muito fã de romances, mas preciso muito falar desta capa, é linda demais essa moldura com arabescos, o preto e o dourado, gente é deslumbrante, sempre que eu vejo esse livro preciso lutar para não levá-lo para casa só por causa dessa capa ❤❤❤❤

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oi, Adriana, tudo bem?

    O que mais me chamou a atenção nessa história é justamente a questão da aparência de um dos principais personagens. É raro a gente encontrar um rapaz fora dos padrões, lindos de morrer e ainda conhecer a paixão e o amor. Mas as coincidências comum às histórias de época não deixam de existir né? rs.

    – Bjux,
    Diego || Blog Vida & Letras ♥ @vidaeletras
    http://www.vidaeletras.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  7. é, pra quem gosta de romances do gênero, com certeza vai encontrar uma leitura incrivel nessa trilogia…
    as edições tão realmente bem caprichadas… mas particularmente achei a trama meio clichê, algo que já vi elementos semelhantes em outros livros.. questão de gosto mesmo, enfim…
    bjs…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s