Resenha ‘Uma Noite sem Você – Aline Sant’Ana’

Oi ooooi gente! Hoje trago a resenha de mais um livro da série Viajando com Rockstars, da Aline Sant’Ana. Apesar de ser parte da série, Uma Noite Sem Você tem ligação direta mais com 11 Noites com Você, afinal, é a continuação da história de amor de Zane e Kizzie. Antes de falar mais sobre o novo livro do meu mozão, vamos a sinopse…

Keziah Hastings descobriu que Zane D’Auvray é capaz de ser um excelente profissional e surpreendentemente também um parceiro muito caloroso, um pouco impulsivo e até… romântico. No entanto, ao retornar a Miami, sua agenda está lotada de problemas, inclusive a respeito do relacionamento relâmpago no qual se envolveu. Esse é o momento de colocar ordem em sua vida profissional e pessoal e também de mostrar para Zane o lado maduro de se envolver. Como também é a chance que Keziah tem de acreditar na nova personalidade do guitarrista, uma que não envolva libertinagem. Um convite surge, colocando à prova a confiança que existe entre os dois. Como seria uma noite sem Zane D’Auvray? Como ele lidaria com a liberdade? O encerramento da história de Kizzie e Zane te fará suspirar, se apaixonar mais uma vez por esse casal e, sem dúvida, te provará que o amor é um desafio maravilhoso quando jogado a dois.

Depois da turnê pela Europa durante o livro 11 Noites com Você, onde o romance entre Kizzie e Zane começou e onde também enfrentou o maior fantasma do passado da mocinha e depois da surpresa de Zane para Kizzie, pedindo a mocinha em casamento, chegou a hora deles encararem o lado mais real do relacionamento, na volta para Miami e os compromissos com a banda. Afinal, ele ainda é um dos guitarristas mais cobiçados e desejados e ela, ainda é a empresária da The M’s.

387.JPG

As primeiras coisas com que Kizzie precisa lidar são com os comentários maldosos sobre seu relacionamento, com várias matérias sensacionalistas, ao mesmo tempo em que tenta esconder tudo isso de Zane, para que ele não haja impulsivamente, como é o seu jeito. Além disso, ainda tem o caso Yan. Ela precisa lidar com as consequências da atitude impensada de Yan, ao beijar duas garotas, enquanto ainda namorava Lua e todo o sofrimento que o baterista tem passado, com o desaparecimento da ex e o fato de agora ver que agiu sem pensar e pode ter perdido o amor da sua vida.

– Cara, eu sempre fui muito louco. Ainda sou esse cara, Kizzie. Espero que saiba. Você não está a salvo.
– Sim, acho que vou me casar com uma Kardashian.

O livro ainda trás a apresentação de Shane, irmão de Zane e que será o novo baixista da banda. Vamos acompanhar desde a apresentação do contrato, com todas as cláusulas e como todos reagem a chegada dele, inclusive Zane, que sempre teve medo das consequências da vibe “sexo, drogas e rock’n’roll” pode trazer a Shane, com todo seu passado.

Só que, enquanto passam por todos esses acontecimentos, Zane recebe um convite para retornar para uma festa especial no Cruzeiro Heart on Fire – o cruzeiro erótico que foi palco do primeiro livro da série, 7 Dias com Você e do spin off, Coração em Chamas – e, enquanto Shane deseja que ele vá e aproveite a festa para ser sua despedida de solteiro, Zane sente medo de sequer pensar nessa hipótese, por achar que isso pode representar uma quebra de confiança da Kizzie.

– Sabe qual o lema da minha família, Keziah?
– Qual?
– Ninguém resiste a um D’Auvray.

Só que Kizzie tem uma reação que Zane não espera e incentiva que não só ele, mas Carter, Yan e Shane a irem na festa, enquanto ela curte uma noite com Erin e Roxy também. Só que o destino gosta de pregar peças e a noite dos dois vai se interligar de uma forma que comprova, mais uma vez, o grande amor que nasceu entre os dois.

Zane, continua o guitarrista safado e sedutor, mas que agora é de uma mulher só. Ele não poupa tempo e nem esforços para provar para Kizzie que ele encontrou a mulher certa e que quer construir uma vida a dois. Além disso, ainda se prova um irmão preocupado, um filho amoroso e um amigo fiel, que estará sempre ao lado. Além disso tudo, podemos ver o quanto o Zane vai amadurecendo aos poucos, aprende a controlar mais os impulsos e continua nos cativando sem limites.

– Eu odeio te amar – confessei. – É bizarro o que você faz dentro de mim, do meu corpo […] É bizarro pra caralho o que eu sinto dentro de mim. Não estou acostumado. Achei que era imune, pensei que não pudesse, zombei Carter e Yan até a morte, mas eu sinto e não mudaria nada.

Já Kizzie continua aquela mulher forte, uma profissional maravilhosa e, finalmente, encontrou paz e um amor verdadeiro. Mesmo que ainda existam coisas que a deixem tristes, ela luta para superar cada adversidade. Ela é aquela mocinha que faz com que a gente se encante, admire, queira como amiga e até queria ser igual.

388.JPG

O livro, que possuí a narrativa em primeira pessoa, dividida entre Kizzie e Zane, trás histórias para rir, histórias de família, amizades sem igual, um toque mais quente e uma história apaixonante. Além de ter um epílogo duplo que vai ter arrancar risadas, mas se prepare: o choro vai ser livre também! Aline, sem dúvidas, escreveu sua cena mais linda aqui!

Talvez amar fosse ser quem você não é, e descobrir que isso pode ser fantástico; ser quem você adoraria ser e entender que podemos trabalhar em busca da melhor versão de nós mesmos; ser quem a outra pessoa precisa, sem que isso anule parte da sua alma. Surpreendentemente, reconhecemos que amar é se encaixar em alguém e tudo bem se você tiver que fazer certas insanidades para ser feliz, como mudar o cabelo, dançar em público, roubar um beijo.

No livro temos a presença de quase todos os livros da série, Carter e Erin, Shane, Roxy e Yan. Dos que já conhecemos, só falta a Lua, que foi embora no final do livro anterior. Também temos uma participação especial do Capitão Jude e da Courtney. E ah, acho que posso falar que o livro tem um pequeno crossover com os personagens do novo romance da autora, né?! Assim vocês ficam com a pulga atrás da orelha.

Confesso que queria falar mais, só que o livro por ser menor, é um tanto rodeado de spoilers, até sobre o próximo da série, que vem a ser o livro de Yan e Lua. Livro este que tem deixado todos os fãs da autora em polvorosa e gerando bastante discussão sobre os protagonistas.

Eu sabia que ao entregar meu coração para Zane, seria como viver uma história de amor que nunca teria fim. O sentimento era perfeito. E, por isso, todo perfeito.

Sobre a diagramação do livro, está aquele arraso que os livros da Charme sempre trazem. A capa, dessa vez, é focada em Kizzie e uma das cenas dela no livro. Nas páginas que iniciam cada capítulo, temos Zane em pessoa no fundo e um trecho de música que combine com o capítulo. Ou seja, se você, assim como eu, ama uma boa playlist, nesse livro, ela já ta prontinha. Durante os capítulos, as divisões são feitas por uma mascarazinha.  As letras e o espaçamento são bons e as páginas amareladas.

389.JPG

Aline nos trás, mais uma vez, um livro que transborda emoções e que mexe com todos os nossos sentidos. Suas emoções são verdadeiras, são diversos tipos de amor e todos são de nos fazer ficar encantadas. Eu sempre me sinto envolvida com toda a trama que ela constrói, com lágrimas nos olhos e um sorriso nos lábios. Além disso, a autora não deixa a história cair em nenhum momento, o que nos faz querer ler o livro sem parar.

Zane e Kizzie tiveram o final maravilhoso, para um amor épico. E pra gente resta a expectativa para conhecer melhor a história no próximo casal. Uma Noite sem Você leva as cinco Angélicas.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

 

 

 

 

Anúncios

17 comentários em “Resenha ‘Uma Noite sem Você – Aline Sant’Ana’

  1. Tudo bem? Não é meu tipo de leitura. Me pareceu uma história até interessante em alguns aspectos, mas sempre tenho aquela sensação de já ter lido algo assim por aí.
    Mas as vezes até me aventuro em livros assim para sair de uma ressaca.

    Gostei de saber que o final foi encantador e de maneira satisfatória, quem sabe um dia eu tenha vontade e oportunidade de ler e também gostar tanto quanto você!

    Sua resenha está muito bem pontuada e você conseguiu demonstrar bem suas impressões com a leitura.. Tenho certeza que amantes do gênero não irão pensar duas vezes antes de dar uma chance para essa história!

    >>Dicas sobre Universo a Dois? acesse:
    http://www.eucontigo.com

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amor e música sempre rendem lindos romances, regados de emoção e intensidade. A diagramação está muito bonita e a inclusão de trechos de música a cada capítulo foi uma ótima ideia, faz o leitor ler e imaginar a canção embalando a história.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai Patrícia, concordo muito com isso. Amo lindos romances que são embalados por lindas músicas. A diagramação dessa editora é a coisa mais linda!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s