Resenha: ‘Crash – Quando a Paixão Explode – Nicole Williams’ 

Oi gente! A resenha de hoje vai ter algo inédito no blog, decidimos fazer essa resenha em dupla, ou seja, eu e a Bianca vamos dar nossas opiniões sobre o livro Crash da Nicole Williams e publicado pelo selo Essência da Editora Planeta de Livros. Então vamos a sinopse e depois vem ver o que achamos do livro.

Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus… se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.

Lucy está tentando se adaptar a nova vida. Após a morte tão traumática de seu irmão, ela se mudou com seus pais para sua casa de praia e agora precisa se encaixar a esse novo ambiente. Ela precisou abrir mão de muitas coisas desde então. Deixar sua escola particular e passar a estudar na escola pública South Point High, é um exemplo. Este é o último lugar que ela queria estar.

Lucy tenta superar a morte de seu irmão, mas mesmo com o passar do tempo isso ainda é difícil. Lucy se sente de certa forma culpada pelo acontecido. Era tarefa dela levar o almoço para o pai em seu trabalho e no fatídico dia, por puro gracejo, ela bate o pé que não quer ir, e seu irmão sempre prestativo se oferece pra levar. Lá na empresa do pai, acaba sendo confundido com outra pessoa e sendo assassinado. Não entrarei em detalhes aqui, mas vocês vão entender quando lerem. Claro que isso não é culpa de Lucy, mas ela acaba sempre pensando que aquela bala era para ela, e não para seu amado irmão John.

received_1527882570629616.jpeg

Este fato muda a família de Lucy de diversas formas. Sua mãe amorosa tornou-se alguém fria e as duas brigam constantemente e o seu pai vive em um mundo próprio, passando a maior parte do dia desligado do mundo ao seu redor. Mesmo em meio a tantas mudanças, a única coisa que mantem Lucy sã são suas aulas de balé na Academia da Madame Fontaine, que ela quase exigiu que pelo menos isso fosse mantido. Ela é uma ótima dançarina. Adoro isso sobre ela.

As coisas começam a ficar mais interessantes quando em uma tarde de sol ela leva seu cachorro para a passear na praia e de longe ela avista o cara mais lindo que ela já viu, jogando com alguns garotos. Lucy então faz de tudo pra chamar a atenção do menino misterioso e aparentemente ele nem nota a presença dela. Gente, essa é uma das minhas cenas preferidas. É hilário ver todas as tentativas de Lucy em se fazer ser notada.

No fim das contas, o garoto com ar de badboy, também conhecido por Jude Ryder, estava apenas brincando com ela, que foi notada por ele desde que chegou na praia. Jude se aproxima e se apresenta. A atração entre os dois nesse momento é quase que imediata, porém Jude avisa que representa perigo para meninas como ela e pede para que se mantenha afastada dele. Digamos que ele tem um jeito brusco, confirmando seu lado badboy, e não é muito educado. Irritada e constrangida Lucy vai embora, mas mesmo com o aviso de Jude, ela não consegue tirar ele da cabeça.

“Eu não sabia nem como nem porque, mas Jude Ryder havia disparado uma granada em minha vida.”

Jude é o tipo de cara que pai nenhum gostaria de ter como genro, pelo menos não na sua atual situação. Abandonado pela mãe e com pai na cadeia, o garoto mora em um abrigo e vive se metendo em confusões, sendo fichado pela polícia e acreditando ser merecedor de tudo de ruim que lhe acontece. Porém ele não é uma pessoa ruim, ele só não teve sorte na vida até agora. Jude é um imã para encrencas. Ele mora num abrigo com outros garotos que são barra pesada e Jude acaba se deixando levar em algumas situações para conseguir sobreviver naquele lugar.

Logo que conhece Lucy ele quer imediatamente a proteger de tudo isso, mas ele nunca gostou de outra garota como gosta de Lucy e é meio inevitável eles se encontrarem. Mas logo no primeiro encontro oficial entre os dois, algo de ruim acontece e Jude acaba preso novamente. Meu lado protetor de Jude quer deixar claro aqui que ele é inocente, mas a gente sabe como as coisas funcionam. A ficha dele não é a das mais limpas e a reputação ruim o precede.

“Agora as palavras de alerta começavam a fazer sentido. O motivo de ele ter dito que, se eu fosse esperta, deveria ficar longe dele. Mas, se ficar longe dele me fazia esperta, eu queria ser boba para sempre.”

Pensando que Jude é encrenca, Lucy decide seguir o conselho dele lá no início e não quer mais contato com ele. Mas a vida gosta de pregar várias peças na gente e com nossa mocinha não seria diferente. Meses se passam e as aulas enfim iniciam. Acontece que logo no primeiro dia de aula Lucy descobre que  além de Jude Ryder estudar na mesma escola que ela, ele não tem uma fama boa – o que não é de se estranhar, mas isso só fascina as meninas – ele está livre e pronto para voltar as aulas. Ela toma um verdadeiro susto ao vê-lo na fila do almoço.

Jude logo se explica para Lucy e no fundo ela sabe que ele está dizendo a verdade e resolve dar mais uma chance para ele. Apesar do que a maioria pensa e fala, ela sabe que não está errada em relação a Jude. Mas Jude ainda é imaturo demais e não pensa antes de agir, então ainda não é o fim de algumas besteiras que ele vai se meter.

“Você não me tornou uma pessoa melhor, porque ninguém pode fazer isso. Você fez com que eu quisesse ser uma pessoa melhor. Você acreditou em mim e ficou do meu lado. Você se importou comigo quando ninguém mais teria feito isso.”

Mas a cada dia o amor dos dois vai se intensificando e Lucy vai mostrando o caminho certo para Jude. Ele entra no time de futebol americano da escola e com isso cria mais responsabilidades. Lucy é muito importante nesta fase nova de Jude. Acontece que toda essa forte ligação que eles tem desde o início, não é só física e emocional. Algo do passado vem a tona e vai colocar a prova o relacionamento deste casal tão forte. Eles vão precisar dessa força que eles têm um no outro para superar algo que ainda é tão presente em suas vidas.

O livro com suas 365 páginas está lindo. A editora fez uma diagramação perfeita, com desenhos de sapatilhas no final de cada capítulo, além de páginas amareladas e letras de um tamanho ótimo para leitura. A imagem original da capa foi mantida e graças a Deus por isso.

received_1527882560629617.jpeg

Opinião da Bianca: É lindo de ver como o amor dos dois é construído ao longo da trama. Lucy e Jude são aquele tipo de casal que tem tudo para não ficarem juntos, mas mesmo assim são absolutamente certos um para o outro. O livro têm várias citações de canções dos Beatles, o que me fez amar ainda mais essa história, inclusive Lucy In The Sky With Diamonds, deu nome a personagem. A história tem surpresas e revelações importantes, quando você pensa que tudo foi resolvido aparece uma bomba que te deixa apreensiva e louca para saber mais. Nicole Williams teceu uma trama viciante com todas as características que um romance precisa fazer sucesso.

Opinião da Anna: Gente, sinceramente eu sou bem suspeita pra falar deste livro rs. Eu sou completamente apaixonada por essa história que é totalmente cativante e viciante. A trilha sonora não poderia ser melhor – como a Bianca bem citou ali em cima – nos embalando com canções dos Beatles e sendo mais um elo de coisas em comuns entre nossos mocinhos. Adivinhem qual música serviu de inspiração para o nome de Jude? Rsrs Outro ponto apaixonante é que além da banda ser um elo entre nosso casal, é também entre Lucy e seu pai e eu adoro esses momentos. Eu indico demais essa leitura, que é meu xodó. Jude me conquistou nas primeiras linhas, mesmo quando ele cometia um erro, ele podia demorar mas assumia. Lucy é uma das mocinhas mais fortes que eu já conheci e uma das poucas que eu tenho um orgulho imenso. Ta buscando uma história divertida, emocionante e com um virada inesperada? Acabou de encontrar rs.

A resenha vai ficando por aqui mas regada de um pedido em cada linha: leiam, leiam, leiam 💜. Venham conhecer esse casal tão apaixonante. Lucy com sua determinação, mostrando para Jude que ele é merecedor sim das coisas boas, mesmo que a vida só tenha lhe mostrado o lado ruim das pessoas. Jude ajudando Lucy a ser confiante. Mais que merecido as 5 Angélicas e já estou morta de ansiedade para a continuação. CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

4 comentários em “Resenha: ‘Crash – Quando a Paixão Explode – Nicole Williams’ 

    1. Aaaaah não fiquei com medo. Não irei ficar chateada se tu não gostar, prometo hahahaha ~talvez um pouco, mas guardarei pra mim~ 😂 é que eu amo tanto a evolução desse casal. O crescimento que eles tem tanto individual como em conjunto é tão nítido e bonito que eu quero que o mundo todo conheça rs mas pode ser só coisa de uma fã louca shishsuasahusah

      Aaah, tbm amovoxê

      Curtido por 1 pessoa

  1. OMG já tô aqui sonhando com esta história. Gostei tanto desta resenha que tô apaixonada adicionei na minha lista na hora que acabei de ler sua resenha.
    Quero este livro!!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s