Crítica Cinematográfica: ‘Liga da Justiça’

Oi ooooi gente. Hoje eu trago a crítica do grande lançamento da semana. Eu vi o filme na estréia (15 de novembro) e vim correndo contar para vocês. Antes de seguir, queremos falar que as críticas que o Além vem fazendo é mais baseado na história, apesar de falar da parte técnica, fazemos de forma superficial, já que não temos conhecimento nessa área. Antes de falar se Liga da Justiça valeu todo o hype, confiram o trailer. 

A história começa como todo bom filme do Zack Snyder. Com uma senhora sequência de abertura, com uma música mais triste e um visual mais escuro e sombrio. Os tempos mudaram, o mundo vem perdendo a esperança, afinal, o Superman (Henry Cavill) está morto.

Batman (Ben Affleck) ainda tenta proteger Gothan e descobrir qual é o perigo que se aproxima. Já Mulher Maravilha (Gal Gadot) se mantém longe disso, mas protegendo os humanos. Preciso pontuar que a primeira cena da Mulher Maravilha já é de tirar o fôlego. Nos faz lembrar o porque do filme dela ter sido tão bom.

Vamos sendo apresentados aos novos personagens, conforme eles vão sendo recrutados para a Liga. Bruce é quem vai atras de Arthur Cury, o nosso Aquaman (Jason Momoa). Não espere muuuuuito tempo de tela desse personagem, mas os seus momentos são impossíveis de esquecer. Temos ele em Terra, mostrando que ajuda pessoas com poucos recursos e também mostra ele em Atlantis. Eu gostei bastante de como as cenas do fundo do mar foram feitas e o fato de já termos conhecido a Mera (Amber Heard). Jason Momoa É o Aquaman. É delirante ver as cenas dele, especialmente a da batalha final. Ele também rende uma cena hilária envolvendo o Laço da Verdade haha

Ciborgue (Ray Fisher) foi o contato de Diana. Apesar de ser ela quem iria atrás de Victor Stone, foi ele quem acabou entrando em contato. Sabemos pouco de sua origem. Apenas que o estado em que ele se encontra se deve a tentativa de seu pai em salvá-lo. Acredito que ele foi o personagem que mais demorou a emplacar. É um bom personagem, bem fiel as HQs. Ray é um ator muito carismático e acho que foi isso que faltou um pouco em seu personagem. O CGI foi uma coisa que me incomodou um pouco, mas não tanto quanto a do vilão, que falarei mais na frente.

The Flash (Ezra Miller) também foi procurado por Bruce Wayne. Barry tem um pai na cadeia, acusado de ter assassinado sua esposa, coisa que seu filho vem tentando provar ser mentira. Bruce vai atrás de Barry e ele topa na hora, já que precisa de amigos. Barry vai ser o alívio cômico do filme. Ezra não precisava abrir a boca para fazer rir, era só observar seus olhares e as bocas e a risada já era garantida. Temi pelas cenas onde ele usa a super velocidade atoa. As cenas são bem feitas, o mundo parece parar em comparação a movimentação do menino atingido por um raio.

Vocês querem saber do Superman, não é? Bom, ele aparece no filme, isso até os trailers já tinham mostrado. Mas o como, o por que e qualquer outra pergunta, de verdade, vou deixar como mistério. Esse foi um dos maiores acertos que a Warner poderia ter feito. Tirar ele de absolutamente todas as peças de divulgação e não dar uma pista sequer de como seria essa aparição. Única coisa que eu posso dizer é que, em algumas cenas pontuais, o CGI que tiveram que utilizar no Henry, por causa do bigode na época das regravações é péssimo rs. A boca dele fica muito torta e é algo muito aparente.

Vamos ao vilão, Lobo da Estepe. Ele é o grande elo entre os nossos super heróis. Ele quer resgatar as Caixas Maternas e trazer o caos para o mundo, como todo os vilões de filme de herói. São três caixas: uma com as Amazonas, uma com os Atlantis e uma com os Homens. O vilão não tem nenhum motivo além de ser um psicopata que ama o caos, ponto final. O maior problema dele é o CGI que é muito ruim! Chega dava nervoso na hora que focavam no rosto mal feito dele.

Agora preciso dizer que meu maior medo com a Liga surgiu quando o Snyder saiu da pós produção por problemas familiares e o Joss Whedon entrou. Fiquei com medo do grande choque que poderia acontecer e acabar estragando o filme. Coisa que não aconteceu, graças a Deus. Ambos deixam sua marca no filme, Snyder com seu toque mais escuro e sombrio e Whedon com cores e leveza. Falando nisso, Liga de Justiça possuí sim suas piadas, mas que funcionam em todos os momentos.

Um ponto negativo do filme é o picote que foi feito. Originalmente feito para durar 3h, temos um filme de apenas 2h. Cenas que foram mostradas nos trailers – inclusive no trailer final – não estão presente no filme. Algumas, acredito, que dariam maior sentido até em transição de cenas. Ou seja, o corte de edição continua sendo um dos maiores erros da Warner no produto final. Quantos aí não falam de BvS seria melhor com as cenas cortadas, assim como Esquadrão Suicida? Não que Liga se compare a esses filmes, ela é bem superior.

Bom, temos alguns easter eggs espalhados pelo filme. Sim, a Tropa dos Lanternas Verdes aparecem e são citados. Mas em flashback apenas. Não tem nada que remeta ao presente, mas que a gente espera que seja uma introdução para o futuro. Os outros, vem nas cenas de pós créditos, que existem. São duas e olha, pra quem acompanha o Universo DC nas séries, vai se sentir ainda mais empolgado. Foram duas cenas que valem e muito a espera.

Liga da Justiça vem para trazer mais esperança para o Universo DC nos cinemas. Ainda não é tão excelente quanto Mulher Maravilha, mas é muito bom. Cumpre o papel de reunir alguns dos super heróis mais fortes do mundo, inclusive com cenas que exaltam as forças que cada um deles tem. Mesmo com seus pontos negativos, funciona e nos deixam na expectativa de um próximo filme, junto com pistas do que pode vir.

32 comentários em “Crítica Cinematográfica: ‘Liga da Justiça’

    1. Acho tão diferente quando vejo alguém que não gosta de filmes se super heróis. Eles são tão febre, que sempre acho que todos gostam rs
      Não sei se diferente, mas acho que certas coisas funcionaram melhor nesse filme.
      Torço pelo sucesso também.
      Beijos.

      Curtir

  1. Muito massa a análise. Até me convenceu a ir no cinema.
    Assim como vc, estava muito preocupado com a saída do diretor e com a redução do filme em 1h. Mas, que bom q vc indica mesmo assim! Poxa, estava na hora da DC mostrar do que são feitos seus super-heróis!
    Grande abraço e parabéns!
    Luca Creido

    Curtido por 1 pessoa

    1. Uhuuul. Que bom. Fiquei com medo do que a mistura poderia dar, mas ficou bom. Pena a Warner achar que a gente não aguentaria 3h de filme.
      Estava mesmo e eles mostraram.
      Obrigada, beijos.

      Curtir

    1. Oiiii! Acho que muita gente ficou. A DC não tinha um placar bom de sucesso. Quando o filme acabou, suspirei aliviada. Eu até gostei de BvS, mas Esquadrão Suicida desceu quadradão rs. Aquaman maravilhoso. Amei demais.

      Curtir

  2. Olá!
    Eu quero muito ver o filme. Já assisti a Mulher Maravilha. Achei excelente a obra e cheia de significados simbólicos. Acredito que irei gostar também da Liga Justiça e me remete a minha infância, pois lembro de assistir o desenho quando era criança.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi. É uma obra muito boa mesmo. E me lembrou isso. Acho que se tivesse mais alguns personagens, ia voltar totalmente a infância em frente a TV, almoçando, antes de ir para a escola rs

      Curtir

  3. Devo confessar que gosto mais da Marvel que da DC. Porém estou cheio de expectativa neste filme apesar de ainda assocriar o The flash ou seriado. Rsrs
    Sempre vejo com meu esposo que adora o universo este tipo de filme, e para ser sincera já esperava a aparição do SuperMan. Muito legal sua resenha. Bjos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai, eu curto muito as duas. Acho que por isso aproveito tanto. Então, não tem como associar não (salvo em uma das cenas pós créditos). O Barry aqui é apresentado de outra forma.
      É, eles mostraram no último trailer que ele estaria no filme. Mas confie, a gente sequer imagina como, antes de ver rs
      Obrigada! Beijos

      Curtir

    1. Olá. Que bom que gostou.
      Como disse em outro comentário, acho diferente quando vejo alguém não gostar de super heróis. Já estou tão acostumada a febre que são rs
      Também adoro um livro de fantasia.

      Beijos

      Curtir

    1. Oi! Ai, quanto a hora, acho que ficaria de boa. Quem viu Senhor dos Anéis e Duna, aguenta qualquer coisa haha
      E também fiquei triste. Duas cenas em especial, eu estava louca ora assistir :/
      Beijos

      Curtir

  4. Oi Rai, assisti o filme hoje e adorei mesmo! Tive as mesmas impressões que você, e a cena do laço da verdade foi uma das melhores hahhahhaha meu amor eterno ao Jason Momoa ❤

    Você sabe se o Aquaman vai ter um filme só dele em algum momento?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Line! Ai, que coisa boa haha sinal que é bem o que pensei.
      Foi uma cena ótimaaaa hahaha a carinha dele foi tudo e o jeito que ele falou com o Barry também rs

      Jasom Momoa é o amor de todos. Confesso que acho que até meu marido ama ele hahaha

      Vai sim. As gravações já foram encerradas e a previsão de lançamento é para, se não me engano, dezembro do ano que vem.

      Curtido por 1 pessoa

  5. Olá, tudo bem?

    Desde que lançou esse filme estou querendo muito ir assistir, e essa sua resenha só me deixou mais ansiosa e cheia de expectativas. Gostei muito da sua opinião, pois está simplesmente completa e bem imparcial, com sua real opinião, sem a mídia. Você sempre escreve muito bem e nos deixa com vontade de ler ou assistir o material que indica, e aqui não poderia ser diferente. Parece que finalmente acertaram, e estou com expectativas bem altas para esse filme. Adoreei!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s