Resenha: ‘In Flight – R. K. Lilley’

Oi gente!! Na última sexta-feira (10/11) foi o lançamento de Mile High, segundo livro da trilogia Up in the air que no Brasil chegou como Trilogia Nas Alturas. Eu já recebi a cortesia da Editora Charme, mas vim hoje falar de In Flight. Vim apresentar os personagens de R. K. Lilley e deixá-los preparados para o segundo livro, ok?

Antes de embarcar, leiam a sinopse…

Quando Bianca, uma reservada comissária de bordo, vê pela primeira vez James Cavendish, um bilionário proprietário de hotéis, ela perde toda a compostura conquistada a duras penas ao longo da vida. Para uma garota que consegue manejar facilmente uma bandeja com taças de champanhe a trinta e cinco mil pés de altura sobre saltos de oito centímetros, ela se vê surpreendentemente de pernas bambas diante do homem enigmático.
Bianca, sempre imperturbável, agora não consegue mais se desviar daqueles olhos azul-turquesa eletrizantes que apresentam um desafio e uma promessa irresistíveis. Ainda mais para ela, uma mulher acostumada a dizer “não” e a falar sério.
Bianca costuma lidar com supermodelos e estrelas de cinema em seu trabalho, mas James Cavendish coloca todos eles no chinelo quando o assunto é beleza. Se a aparência fosse o único aspecto destoante nesse homem, Bianca até poderia ter ignorado as atenções recebidas. Porém, o que a tenta como nunca antes é a força dominante que a atrai desde o momento em que eles se encontram e a promessa de prazer e dor que ela lê em seus olhos.

Eu li esse livro há muito tempo e sempre me perguntava quando alguma editora nacional publicaria essa história. Fiquei mega feliz quando a Charme anunciou que publicaria. Esse livro foi lançado nos EUA na época do boom dos livros eróticos, mas aqui só foi lançado no ano passado. Relendo o livro, eu fui me lembrando porque me apaixonei tanto por essa história.

Mas antes de embarcamos mesmo na história de Bianca e James Cavendish, eu queria dar alguns avisos: In Flight é um livro super erótico. Se você não gosta de mocinhos que digam ‘Você é Minha’, então esse livro não é pra você. Além de erótico, a trilogia tem bastante BDSM. Avisos dados, então bora conhecer nossos personagens.

307

Bianca é aeromoça e melhor amiga de Stephan. Gravem esse nome porque esse personagem é o melhor amigo que qualquer um gostaria de ter. Além de amigos, os dois trabalham juntos e são vizinhos. Eles são tão unidos que algumas pessoas até acreditam que eles sejam um casal, mas as história de dor e luta deles os manteve unidos desde os 14 anos.

James Cavendish ou Sr. Magnífico como ficou conhecido é um CEO milionário, autoritário, lindo de morrer, bondoso e com gostos peculiares. James também tem um passado obscuro e que acabou moldando sua personalidade. O caminho dele cruza com o de Bianca quando ele está no voo noturno que Bianca está trabalhando.

“Era como se eu não fosse mais eu mesma quando estava na órbita dele. Ele simplesmente assumia o controle.”

A atração entre eles é muito óbvia, mas Bianca é inexperiente e insegura. Não acredita que um homem como o Sr. Cavendish pudesse se interessar por ela, mas ele está muito interessado. Ele só demora a demonstrar porque acredita que Stephan seja namorado de Bianca. Quando ela diz que eles são apenas melhores amigos, ele assume o controle de conquistar Bianca.

E o homem não mede esforços. Ele mostra o tempo todo que eles são compatíveis, ambos não querem namorar, mas apenas ter uma relação física regada à muitas cenas de sexo. Só que a cada dia que eles não estão juntos, mas sentem falta um do outro. James cada dia tem mais desejo de possuir Bianca por completo, mas ao mesmo tempo ele quer protegê-la de qualquer ameaça. Ele sabe que tem algo de muito ruim no passado dela e que em algum momento ela se sentirá à vontade para contar.

“Quero que você sinta o que eu estou sentindo, Bianca. Quero que você sinta essa necessidade incontrolável. Não consigo suportar pensar que você é indiferente a mim.”

O relacionamento dos dois é baseado em respeito e honestidade um com o outro e apesar de desenvolver rapidamente, a gente percebe que as necessidades de James são baseadas nas de Bianca. Ela quer se entregar e ser cuidada após um passado cheio de cicatrizes já James quer dominá-la, mas ao mesmo tempo adorá-la e protegê-la. Ele coloca os desejos de Bianca acima de tudo e é aí que vemos o quanto o dominador foi dominado.

Apesar de ser um homem dominador, James é amável e se mostrará um grande homem para Bianca. Terá até mesmo a aprovação de Stephan, pois este sabe tudo sobre Bianca e jamais deixaria que alguém a machucasse. Eles são irmãos de alma e seriam capazes de qualquer coisa pelo outro e James reconhece que Stephan sempre terá um lugar enorme na vida de Bianca.

308

A diagramação da Charme novamente está impecável. Eu falo isso não só da edição física, mas do ebook também. Eu acabei relendo a versão digital e vi que a dedicação dada ao livro físico também foi dado ao ebook. A edição física tem fonte e espaçamento ideias para leitura além das minhas amadas páginas amareladas. E essa capa, senhores? A editora manteve a original e o título também.

A série Up in the air tem tantos personagens maravilhosos que a autora desenvolveu outros livros para eles. Ainda não fomos apresentados à eles neste primeiro livro, mas ao longo da trilogia vamos nos apaixonar por eles e já começar a pedir que a Charme também publique esse outros livros. Eu já deixo aqui o meu apelo: publiquem Tristan & Danika, por favor. Nunca pedi nada!!

“Até masoquistas precisam de amantes. O que uma garota como eu faria sem um cara como você? Talvez todo mundo seja bom para alguém.”

In Flight não é apenas um livro com um mocinho dominador e uma mocinha submissa. Nós temos muitas cenas de sexo entre o casal, mas a gente também tem bastante diálogos entre eles e assim vamos desenvolvendo empatia pelos personagens. Apesar dos gostos peculiares de James, ele não exitava em contar sua história para Bianca e eu achei isso diferente dos outros CEOs que surgiram na mesma época. Bianca também é diferente. Apesar da semelhança com tantas outras mocinhas – doce, virgem e humilde -, ela teve e tem uma vida difícil, então é até justificável a insegurança dela perante um homem tão poderoso como James Cavendish.

“Somos todos moldados pela infância. Aceitar suas preferências não é o mesmo não é o mesmo que ser vitima delas.”

Para quem gosta de livros eróticos, In Flight é quase leitura obrigatória. Um romance picante com suas doses extras de drama e que vai te conquistar. Se você achava que já tinha visto um CEO maravilhoso é porque ainda não tinha sido apresentada ao Sr. Magnífico. Ele não recebeu esse apelido atoa né? R. K. Lilley nos apresentou à personagens maravilhosos e nos envolveu numa história muito bem escrita e sem pontas soltas. Eu não poderia dar menos que 5 Angélicas para esta história.CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

 

12 comentários em “Resenha: ‘In Flight – R. K. Lilley’

  1. Achei impecável tua resenha, mas esse livro realmente não é pra mim hahah
    Queria que os outros blogs falassem assim tão verdadeiramente e sem spoilers, ia me poupar de muitos livros que não tiveram a ver comigo e outros que não consegui concluir.
    Adorei mesmo! ❤

    Curtir

  2. Bom dia!

    Gostei da resenha, mas não leria o livro, pois é hot, e eu não curto muito. Prefiro meus dramas e suspense, mas é sempre bom saber, o q o q as pessoas andam lendo, não é? rsrsrsrs

    Abraços!

    Curtir

  3. Adriana, suas resenhas são sempre muito boas, detalhadas, permitem que possamos imaginar o ambiente do livro. Eu também gosto bastante do erotismo na literatura, mas de um erotismo um pouco mais poético e por vezes até meio filosófico — mesmo quando explícito — como da Hilda Hilst. Tanto que no meu livro de contos, que lancei há dois anos, as duas primeiras histórias têm uma carga erótica muito forte (o primeiro mais violento e o segundo mais sedutor). Mas mesmo me parecendo um pouco mais focado no enredo do que na elaboração da linguagem (a função poética por excelência), ele me pareceu um livro bem interessante… 🙂
    Beijos! 😉

    Curtir

  4. Suas resenhas são detalhadas e pertinentes, mas esse, definitivamente, não é um gênero literário que me agrada. Muito fetiche e pouca contribuição valorosa como obras ( a maioria deles ). Porém, longe do valor de suas resenhas, há quem goste e quem curta e, por si só, isso já é válido. Entretanto, prefiro obras mais ricas de conteúdo… Com ou sem erotismo, mas ricas de conteúdo.

    Curtir

  5. Eu li já tem um tempinho, mas li depois de vários outros livros hot e devo dizer que já estava meio cansada desse estilo de livro pois quase sempre é a mesma coisa. Mas o livro conseguiu me prender e tive que ler a série toda, pensando se algumas cenas citadas no livro são realmente possíveis ou se a imaginação da autora foi demasiado fértil rsrsrs.
    Gostei de ver a preocupação do James, não somente com a Bianca mas também com Stephan, só posso falar quero um amigo desses para mim.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s