Semana do Terror: ‘Flores Partidas – Karin Slaugther’

Oi Gente!! Depois de tantas dicas de filmes e séries, vim indicar um livro para a nossa Semana do Terror. E esse livro foi o primeiro thriller que li na vida. É isso mesmo, minha gente, eu nunca tinha lido nada desse gênero, então me surpreendi quando comecei a ler e não conseguia mais largar. Flores Partidas foi lançado no ano passado pela HarperCollins Brasil, mas como a autora Karin Slaugther estava vindo para a Bienal, ele ganhou uma nova versão com essa capa lindona.

Antes de falar mais, confiram a sinopse…

Sinopse: Irmãs. Estranhas. Sobreviventes. Quando Lydia contou para a irmã que o cunhado havia tentado estuprá-la, Claire não acreditou. Dezoito anos depois, porém, tudo o que Claire achava saber sobre o marido se provou uma mentira. Quando vídeos escondidos no computador de Paul mostram uma face terrível do homem que ela julgava conhecer, Claire percebe que o drama de sua família tem muitas camadas, que precisarão ser descobertas antes que a assustadora verdade por fim venha à tona.

flores1

Como eu comecei a dizer, Flores Partidas foi o primeiro livro que li neste gênero e foi uma grande surpresa me pegar completamente envolvida pela história. A narrativa da Karin é envolvente, intensa e muito sombria. Nada me preparou para o que leria nas próximas 400 páginas. A história inicialmente gira em torno de Julia Carroll, a mais velha das irmãs Carroll, mas vai muito além disso. Ao longo da nossa leitura descobriremos o submundo da internet.

Essa história começa mais de 20 anos após o desaparecimento de Julia. As irmãs Lydia e Claire já não se falam há décadas. Nem mesmo sabem como cada uma vive. As duas acabam se reencontrando após o marido de Claire, Paul, ser brutalmente assassinado numa tentativa de assalto. Como Paul foi assassinado, Claire tem que lidar com a polícia investigando o caso.

“Quando Julia desapareceu, todo mundo dizia que era muito trágico algo tão ruim ter acontecido com uma garota tão bacana. Então, quando o delegado revelou a teoria de que ela havia fugido de casa – para se reunir a uma comunidade hippie ou ficar com um rapaz -, o tom mudou, passando de simpatia para acusação.”

É por causa dessa investigação que Claire descobre no escritório de Paul uma pasta com nomes e dados de várias mulheres, inclusive de sua irmã Lydia. Além de vídeos de mulheres sendo estupradas e mortas. Elas se afastaram após Lydia acusar Paul de tentar estupra-la. É claro que Claire não acreditou e a tensa relação que se desenvolveu após o sumiço de Julia acabou chegando ao fim. Só após ler o arquivo intitulado com o nome de Lydia é que Claire toma coragem de ligar para a irmã.

Lydia não pensa duas vezes e vai ao encontro da irmã. Juntas elas começam a remexer num passado muito escuro e sombrio e que não é tão passado assim. Elas acreditam que uma das jovens que aparece sendo assassinadas no vídeo é uma adolescente dada como desaparecida semanas atrás. Claire não entende porque Paul estaria assistindo coisas assim. Lydia não acredita na pose de bom moço de Paul, então pra ela, ele poderia está assistindo esses vídeos e até mesmo gostado do que viu.

“Elas não se falavam havia quase duas décadas, mas Lydia sabia que confrontar Claire sempre levava a irmã a se entregar ainda mais.”

A história é contada alternadamente entre as irmãs Lydia e Claire, mas também temos a percepção do pai delas numa espécie de diário/ cartas destinadas à Julia. É através desse diário que parte dos segredos vão sendo revelados ao público. É assustador ler as palavras de Sam, pois ele é um homem devastado pela dor de perder uma filha e ao mesmo tempo é um homem em busca da verdade. E ele a encontra.

Os personagens são escritos de forma tão natural que ao mesmo tempo que desenvolvemos empatia boa por eles a gente já não sabe do que são capazes. Cada um deles pode ser o super vilão e é isso que mais assusta. As irmãs Carroll tem muitas camadas e a cada novo obstáculo, elas vão revelando como são fortes e podem superar tudo. Até mesmo descobrir o que aconteceu com Julia a tanto tempo atrás.

flores2

Flores Partidas trás um assunto super obscuro que é o mundo do snuff porn* e o submundo da internet. Apesar de sabermos dos números alarmantes de desaparecimentos, estupros e assassinatos ainda é tenso ler que um ser humano é capaz de fazer isso com outro. O vilão dessa história é cruel ao extremo e até o fim ele brinca com o psicológico das irmãs e até mesmo com o nosso. Chega ser doentio o tamanho da frieza e crueldade que ele trata sua vítimas.

Falar da diagramação feita pela HarperCollins Brasil é muito fácil, pois o livro está muito bem acabado. Tem fontes e espaçamentos ótimos para leitura e com páginas amareladas. Além de tudo isso, os dois livros da Karin ganharam capas muito bonitas e para completar temos sobrecapas maravilhosas.

A Karin esteve no Brasil em setembro para participar da Bienal do Livro e eu tive a oportunidade de participar do bate-papo e da sessão de autógrafos da autora. Ela foi super simpática com todos os seus leitores. Saí de lá como uma nova leitora do gênero e com meus livrinhos devidamente autografados.

flores3

Flores Partidas é um livro único, mas quem quiser saber sobre a irmã desaparecida, Julia, leiam A Garota dos Olhos Azuis. Esse prequel conta as últimas horas de Julia antes de desaparecer para sempre. A autora nos dá uma visão de Julia e nos ajuda a entender alguns pontos citados em Flores Partidas. Essa história está gratuita na Amazon (baixe AQUI) e eu super aconselho que seja lida depois de Flores.

Essa história não é uma leitura fácil, pois acompanhamos um submundo de maldades que a gente sabe que existe e tem muito medo de um dia está lá como as irmãs Carroll estiveram. Acompanhamos até onde o ser humano é capaz de ir para submeter alguém considerado mais fraco. Em como é capaz de sentir prazer na dor do outro. Darei 5 Angélicas para o livro que abriu um novo mundo dentro da literatura pra mim.CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

*Filmes snuff são filmes que mostram mortes ou assassinatos reais de uma ou mais pessoas, sem a ajuda de efeitos especiais, para o propósito de distribuição e entretenimento ou exploração financeira. Embora existam muitos filmes que de fato mostram mortes reais, a existência de uma indústria financeira em torno deste tipo de filme geralmente é vista como uma lenda urbana.

 

13 comentários em “Semana do Terror: ‘Flores Partidas – Karin Slaugther’

  1. Nossa, parece uma ótima pedida para o Halloween. E eu nunca imaginaria que existe um mercado de snuff porn. Muito bom esses livros que nos abrem a cabeça para aquilo que tentamos não olhar. Muito boa a análise 🙂

    Curtir

  2. Olá! Toda a ambientação desses livros me deixam muito curiosa. Vi muitos comentários positivos, incluindo tua resenha que me deixam com mais e mais vontade de ler, descobrir a verdade sobre Paul. Estou bem ansiosa pra ler e espero adquirir Flores Partidas em breve.

    Xoxo ❤

    Curtir

  3. Olá
    Gente esse livro deve ser bom demais, já entrou para minha lista. Acho essas coisas do submundo da internet algo bem fascinante e extremamente medonho sempre me deixa com a pulga atrás da orelha pensando se aquilo é real mesmo ou só histórias para nos assustar, se bem que vira e meche algum caso vem a superfície e se prova real como o casos dos adolescentes russos que mataram um senhor de idade, irqq dá até calafrio.

    Curtir

  4. Eu li esse livro e só posso dizer que amei, a pesar do tema ser delicado, a narrativa é muito boa, a trama é tão bem elaborada que a cada capítulo surpreende o leitor cada vez mais. Eu não sabia que a história de Júlia estava disponível, vou baixar agora e dar uma pausa nos livros do Alex Cross, devo dizer que estou na onda dos thriller, suspense e policiais, pois não estou me sentindo atraída para os romances contemporâneos.
    Como sempre sua resenha Adriana desperta a curiosidade para sempre saber mais e conhecer a história.

    Curtir

  5. Boa tarde! Bem, gostei muito da resenha, realmente a premissa é boa. Essa questão do snuff porn, os vídeos violentos para a indústria de pornografia me lembra o entedo do filme 8MM, já assistiu? Se não fica a dica, é muito bom! E outra dica, já que você gostou, já conhece os livros do Harlan Coben? São incríveis!!!
    Abraços!👏😊😙

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s