Resenha: ‘Outubro Destemido – Aline Sant’Ana’

Oláaa pessoal. Estou de volta com mais um continho da série de Janeiro a Janeiro da nossa querida parceira Aline Sant’Ana. Toda a série foi publicada apenas em ebook pela nossa também parceira Editora Charme. Mas antes de eu contar o que achei dessa história, confere a sinopse:

“Melissa Lewis tem um sonho: ser uma automobilista profissional. No entanto, vivendo da maneira que vive, com uma condição financeira complicada, um carro despreparado para grandes eventos e sem patrocínio, reconhece logo que é impossível.
Dessa forma, a única maneira de fazer o que gosta é correr clandestinamente nas ruas escuras de Londres.
Em uma dessas corridas, Melissa encontra Ethan Dowich, um homem de beleza incomparável. A atração entre os dois é inevitável e Mel aceita sair para jantar.
Ethan e Melissa entram em um relacionamento bonito, apesar de ser ditado por diferenças extremas nas classes sociais. Isso não os atrapalha ao longo de um ano, não quando Melissa faz Ethan prometer que jamais se intrometeria em sua vida.
Mas o que aconteceria se ele quebrasse essa promessa e desse um passo em direção à realização do sonho de Mel?
Outubro Destemido nos mostra que devemos compartilhar nossos sonhos e acreditar neles, independente de todos os empecilhos e dificuldades que possamos encontrar. A coragem deve ser a base, mas, antes de tudo, é necessário aprender a se amar e a ter fé em si mesmo.” 

Esse mês vamos conhecer Ethan, um motociclista profissional que corre pela MotoGP e como todo o piloto, é apaixonado por velocidade. Ele está parado na época por mudanças na equipe, mas está se dedicando ao treino e louco pra voltar. Ele é muito bem sucedido. O que não anda muito bem é sua vida amorosa. Por conta de uma decepção, ele passou os últimos 4 anos sem se envolver com ninguém. Ele prometeu para si mesmo de não se envolver em um relacionamento até ter a certeza de ter esquecido sua ex.

Isso muda quando em uma corrida clandestina nas ruas de Londres, ele conhece Melissa. Uma bela mulher que com o seu Chevelle de 1966, participa dessas corridas exibindo todo o seu talendo automobilístico. Vencedora invicta há dois anos, ela prova que é a melhor. Ethan se encanta por ela e tem o tão esperado momento em que ele tem a certeza de estar livre de sentimentos passados.

Mas em todo esse tempo sozinho, ele perdeu um pouco da confiança em seu lado conquistador e isso o impede de se aproximar logo de cara de Melissa. Ele faz uma promessa a si mesmo de que se em 3 semanas ele não conseguir tirá-la da cabeça, ele volta e tenta uma aproximação.

Melissa é uma mulher forte, que corre atrás de seu sonho de ser uma automobilista profissional. Talento não há dúvidas que ela tem e de sobra, o que falta é patrocínio, oportunidades. Por ser mulher, ela sofreu/ sofre muito preconceito, o que dificulta ainda mais ela alcançar seu objetivo. Ela se satisfaz correndo na clandestinidade e se dedica ao seu segundo sonho, o de ter uma oficina. Ela acaba se contentando com sua situação.

​”Você pode correr atrás dos seus sonhos e eles podem não se realizar. No entanto, a tentativa deve ir muito além do ditado: você já tem o não, deve buscar o sim. Todo risco vem com o implícito aviso de destruição.”

Então um dia ela chega no lugar onde acontece essas corridas e é lá que conhece Ethan. Ele se aproxima devagar e pede uma chance de poder conversar com ela, afinal como Ethan havia previsto, ele não conseguiu esquecer Mel. Nossa mocinha estranha essa ligação imediata que sente e a aproximação repentina dele, mas depois de uma boa conversa, o jeito fofo e muito sincero do nosso motoqueiro, sua verdade tão clara em seus olhos e também um empurrãozinho de seu melhor amigo Trenton, faz com que Melissa aceite jantar com ele.

Mesmo com Mel se incomodando no começo pela diferença de suas classes sociais e se sentir pequena perto de tudo que Ethan tem profissionalmente – afinal Ethan vive o sonho de Mel, de certa forma –  eles engatam um namoro. Melissa é extremamente orgulhosa, mais ainda por toda a dificuldade que passou, e não quer ser digna de pena, principalmente de Ethan. Ela o faz prometer nunca se intrometer em sua vida profissional. Ou seja, Ethan não pode usar de sua influência e nem mover um dedo para ajudar Melissa. Ela quer conquistar isso sozinha.

“Da mesma maneira que havia o sonho em mim, existia a vontade de vencê-lo pelo meu talento e não por atalhos. Eu, na verdade, já tinha desistido dele, então, estava mais próxima de concretizar o segundo lugar na minha lista de sonhos: a oficina. Para isso e para qualquer outra coisa, eu não queria ajuda.” 

Mas Ethan sabe que ela é especial e talentosa e tem um futuro maravilhoso. E depois de um ano juntos, ele se incomoda por não poder fazer nada para ajudar a mulher que ama a realizar o seu sonho. Ele acaba conseguindo um teste para ela e mesmo Mel recusando no início, Ethan a convence de que ele não fez nada mais do que mostrar que ela tem potencial e que é uma chance maravilhosa para sua carreira. Ela acaba aceitando e Ethan junto com o pai de Mel – a pessoa que mais a incentivou e a ajudou ao longo de sua vida – estão lá para apoiá-la.

Mas as coisas não saem como o planejado e depois de algo muito ruim acontecer com Melissa, a vida deles não será mais a mesma. Tudo será posto a prova e Melissa vai ter que aprender a lidar com essa nova realidade. Em um primeiro momento ela sente que perdeu sua identidade, tudo. Será um momento difícil para nossa mocinha, mas também de muito aprendizado. Ela até terá a chance de se aproximar da mãe, que por conta do medo de ver a Mel se machucar, não apoiava o sonho da filha o que acabou distanciando as duas.

received_1490124861108399.jpeg

Melissa é tão determinada e se dedica ao que ama de corpo e alma. Apesar de ser orgulhosa, ela tem seu lado frágil e que tem medo de falhar. Ethan é tão amor. Ele fica do lado de Melissa em qualquer situação, a apoiando em todo o momento, as vezes até mesmo de longe. Encontramos tantas superações nesta história. Me comoveu o modo como, mesmo na dificuldade, esse casal consegue achar seu caminho um para o outro.

“Eu o amava tanto que tentei afastá-lo de mim. Sem saber que, na verdade, a fonte da minha força e energia vinha daqueles lindos olhos azuis e do coração mais puro que já pude encontrar.”

A música tema fica ao encargo de John Legend com a tãaaao linda música, All of Me. Vou deixar aqui para vocês ouvirem também. O conto é contado por Mel e Ethan, então temos uma visão mais ampla da história. Temos 6 capítulos e seus títulos definem cada etapa que nosso casal vai passar. O encanto de se conhecerem melhor, com o amor surgindo quando eles não esperavam, a chance de realizar um sonho, a dor das reviravoltas que a vida dá e ter a confiança em si mesmo, o amor próprio e o apoio das pessoas que amam para superar as dificuldades e alcançarem a felicidade.

Não posso me estender mais pra não acabar dando spoiler. Só sei que amei este conto. Eu li em uma horinha e achei a história tão bem fechada e completa que eu não senti a necessidade de continuação que eu costumo sentir com outros contos rs. O casal é cativante. Se procura uma história rápida, linda e apaixonante, pode parar de procurar rs. Minhas 5 Angélicas totalmente entregues para esta história. CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

8 comentários em “Resenha: ‘Outubro Destemido – Aline Sant’Ana’

  1. Olá!
    Nossa, outro livro que eu deixaria passar pela capa! Mas achei a premissa interessante, e seus comentários me deixaram curioso. Por ser curta, acho que vou ler ainda esse ano haha Obrigado pela dica!

    Curtir

  2. Gosto desta nová safra de autores, apesar de não ter lido nada desta autora já ouvi falar bem dela. Esta capa não chega a te deixar curiosa pela leitura a resenha é boa e não entrega o final. Apesar de a gente poder imaginar rsrsrs. Se estiver na Amazon quem sabe eu até coloco na lista de leituras. Afinal ganhou nota 5 de vocês. Bjos

    Curtir

  3. Olá, tudo bem?

    Sou apaixonada por contos e esse já me deixou suspirando em todos os níveis. Para começar, adoro obras que tenham como pano de fundo o automobilismo, pois sempre sou sugada para a obra no geral e acabo fascinada (já ocorreu aqui). Gostei da personalidade da Melissa, dela ir atrás de seus sonhos e querer conquistar suas coisas por seus méritos. Imagino que ela tenha ficado paraplégica ou algo do tipo, o que acaba mexendo com toda a sua vida (apenas um palpite rs). Adorei a resenha e a música escolhida não poderia ser melhor!

    beijos!

    Curtir

  4. Fiquei feliz em saber que é um conto, já que preciso ler mais contos e esse me chamou bastante atenção, fiquei curiosa para conhecer Mel e Ethan. Além disso, você disse que a história é bem fechada e tô precisando disso, visto que ultimamente li livros que têm finais abertos. No mais, a sua resenha ficou ótima e cativou minha atenção para o livro.
    Beijos!

    Curtir

  5. Olá
    Ando vendo bastante essa série de contos pelos blogs, não sou muito de ler livros de romance, mas esse do mês de outubro me agradou, gosto de ver mulheres em lugares que é difícil de serem encontradas como no automobilismo e isso me conquistou

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s