Resenha ‘Coração em Chamas – Aline Sant’Ana’

Oi ooooooi gente! A resenha de hoje é de um spin off de uma das minhas séries favoritas! Estou falando da série Viajando com Rockstars. Nesse livro, vamos falar sobre a criação do Cruzeiro Heart on Fire, que serviu de pano de fundo para o primeiro livro da série. E, como o foco é outro, ele pode ser lido sem os outros da série. O livro foi lançado no Dia dos Namorados pela Editora Charme e foi um presente para as solteiras e as compromissadas. Vamos a sinopse…

Já se perguntou quem é a mente luxuriosa por trás do exótico cruzeiro Heart On Fire? Jude Wolf é capitão da marinha e tem uma vida regrada, mas sua personalidade destoa muito disso. Ousado, criativo, rico… ele possui um sonho. Jude quer ser empresário, mas de nada simples, ele quer que o mundo caia aos seus pés. Só falta aquela ideia que fará seu coração acelerar com força. O problema é que a faísca que tanto precisa não está em seu cérebro, mas sim em um par de pernas maravilhosas com nome e sobrenome: Courtney Hill. Uma festa. Um encontro. Uma ideia ousada. Tudo o que eles têm. Felizmente, forte o suficiente para mudar suas vidas. Descubra como o cruzeiro erótico surgiu e o romance por trás dos bastidores. Você está preparado? Seja bem-vindo ao Heart On Fire. O cruzeiro que deixará o seu coração em chamas.

Bom, como antecipei, nesse livro vamos entender como surgiu a ideia para o Cruzeiro Heart on Fire e quem são as mentes por trás dele. Lembrando que para ler esse, não é necessário ter lido os outros.

259.JPG

Jude Wolf é um Capitão da Marinha, que sempre foi muito regrado e controlado por seus pais. Até o momento que ele se rebelou e passou a ser considerado o “Demônio da casa ao lado”. Posso dizer que ele é um pecado em forma de gente. Sedutor, quente, safado. Apesar de gostar da sua carreira, Jude que sair da marinha e abrir seu próprio negócio. Só que ele não quer fazer as coisas comuns que já existem em Miami. Ele quer abrir algo inovador para as pessoas se divertirem, sem regras. Depois de anos em alto mar, ele volta para Miami e durante uma festa junto de seu melhor amigo, Brian Wayne, ele conhece Courtney Hill.

[…] Falavam que eu era liberal demais, intenso demais, maluco demais. Diziam até que eu era pervertido. Não que eu não gostasse e achasse um insulto, na verdade, cacete, que baita elogio. Porém, todo mundo me prendia a cordas invisíveis, padrões impostos pela sociedade.

Coutrney Hill esta em um momento desolado de sua vida. Ela, que sempre foi tão ligada a aventuras, a ponto de ser dublê de filmes de ação, sofreu um grave acidente que a tirou, de vez, da sua tão amada profissão. Mesmo que ela tenha saído com muito dinheiro desse acidente, se sente perdida, sem saber o que fazer. Sua melhor amiga, Bianca Wayne, a chama para passar um tempo em sua casa e desse modo, acaba indo a festa promovida por Brian.

[…] Todavia, eles não entendiam que viver sem perseguir sonhos é apenas sobreviver e eu era muito cheia de energia para ficar parada, muito cheia de vida para compreender um milagre, que de fato, não me salvou.

Eles se desejam de cara e começam um papo, onde contam um pouco sobre suas vidas, antes de se renderem ao desejo entre os dois. E é durante a conversa entre eles que Courtney acaba dando uma ideia para Jude, a ideia do seu empreendimento. E junto disso, em homenagem a ela, também o nome do negócio.

260

Eles combinam que o lance dele será de uma noite só, mas Jude tem em mente que ainda procurará Courtney para falar do empreendimento. E assim, começamos a ver o início de tudo. Como eles foram tendo as ideias para as festas que rolam no Cruzeiro, como eles conseguem o iate.

A vida pode realmente ser incrível […] Tudo o que você precisa fazer é seguir as setas e não lutar contra o seu destino.

Mesmo com anos se passando, a forte atração entre eles ainda existe e então eles precisam decidir se vão deixar a atração falar mais alto ou permanecerem apenas amigos, pelo bem da sociedade quem tem. Falando em anos, o livro é dividido em duas partes. A primeira, é quando eles se conhecem e a ideia do Heart on Fire surge. A segunda, se passa três anos depois, com os negócios consolidados e eles tendo mais ideias e resolvendo seus problemas pessoais.

261.JPG

Courtney é uma mocinha muito agradável e diferente. Começando pela profissão que ela escolheu, sua determinação e até seu jeito de viver a vida. Mesmo que ela tenha dúvidas sobre como agir em relação a Jude, seu medo tem fundamento e faz com que a gente queria ajudá-la a entender as coisas.

Por Deus, quem teve a ideia de criar um cruzeiro erótico ao lado do cara pelo qual sentiu um tesão enorme? Ah, claro, tinha que ser eu.

Já Jude é o mocinho mais safado que a Aline escreveu. Sim, se você conhece os outros e achava que Zane que detinha esse posto, ele perdeu! Jude tem uma boca safada, tem um jeito safado… ele é TODO safado! E ai, ser Capitão da Marinha dá uma mexida com nossas fantasias sexuais.

– Eu sou o rei da safadeza, Branca de Neve. – Sua voz saiu grave e aveludada. – Se eu não te tirar de órbita, ninguém mais tira.

Mais uma vez, a Aline escreveu um livro para roubar nossos corações e colocá-los em chamas. Ela soube nos mostrar muito o lado quente da coisa, supriu toda a nossa curiosidade sobre como o Cruzeiro Erótico mais famoso da ficção foi criado. E ainda sim, soube dosar com momentos lindos e de nos fazer suspirar. Afinal, mesmo com toda a safadeza que possa ter, o amor sempre tem um espaço enorme. Jude e Courtney, ou melhor, o Capitão e a Branca de Neve já entraram no meu hall de personagens preferidos, junto de sua história de amor quente e linda!

262.JPG

Vamos à diagramação… Preciso repetir da maravilha que a Editora Charme faz? A edição é, mais uma vez, um primor. As folhas do jeito que a gente gosta, o espaçamento e as letras muito agradáveis. Como nos outros livros da série Viajando com Rockstars, os capítulos são abertos com letras de músicas e isso acaba nos dando uma playlist muito bacana. Além disso, Jude também vem abrir os capítulos. Quem comprou o livro em pré venda, assim como eu, recebeu como mimo um chaveiro que tem tudo a ver com a história.

– Era pra ser romântico, mas, entre mim e Jude, já deveríamos saber… Apesar de haver amor, havia também a pecaminosidade de dois pervertidos que tiveram a ideia de montar um cruzeiro erótico.

Coração em Chamas vem para comprovar que a Aline só evoluí sua escrita a cada livro que passa. Como fã, fico orgulhosa de ver seus trabalhos e ter mais um ótimo livro em mãos. E eu só faço ficar ansiosa para a próxima aventura que ela trará. O livro ganha as cinco Angélicas!CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

 

 

 

 

Anúncios

32 comentários em “Resenha ‘Coração em Chamas – Aline Sant’Ana’

    1. Aaaaaaaai, Jude é maravilhoso, Lê. O próximo livro vai ser o 2.5 do Zane. Sobre essa série.
      A Aline vai lançar o do Chuck e Evelyn. Não sei quando. Tu faz parte do grupo dela?

      Curtir

      1. Eles não tem nada a ver com Viajando com Rockstars não. Eles fazem parte de um livro único e os dois são atores. Ela postou spoilers no grupo, por isso que perguntei rs.
        O grupo que ela tem de fãs, no facebook.

        Curtir

      2. Tu nem fala! Aline já escreveu e apagou o livro dele umas 3x e cada vez eu fico mais curiosa haha. Mas o dele só ano que vem mesmo :/

        Curtir

  1. Oi. eu conhecia a série por divulgação e resenhas em blogs, mas nunca li, não sou o público alvo. Sobre Coração em Chamas achei agradável a ideia, não deixa os leitores da série na mão, é mais chama literária mesmo. que bom que a escrita da autora evoluiu, espero que continue no constante sucesso.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi! Realmente a divulgação é bem alta sobre os livros da Aline. Não deixa, meio que dá mais uma coisa para os leitores saberem. E é muito bom mesmo ver uma evolução e o sucesso dela.

      Curtir

    1. UAHSUAHSUASHAUSHUASH e isso porque eu nem comentei sobre uma das melhores cenas dele com a roupa da marinha! Li no ônibus e acho que quase babei rs
      Ai, leia Aline, acho que você vai amar ❤

      Curtido por 1 pessoa

  2. É tão bom quando se tem o livro que mostra como tudo se iniciou, neste caso a explicação do cruzeiro.
    Só de imaginar o cara em uniforme da marinha, que mulher não gosta de homens com uniformes.
    Vou me render à escrita da Aline, estou terminando um histórico e creio que depois encaro o Coração em chamas e seu criador.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Simmmm! Confesso que sempre imaginei isso, porque é uma coisa super diferente né! E meu Deus, tem uma cena dele de uniforme, que… Senhor, ajuda! hahaha
      Se renda e espero que você goste!

      Curtir

  3. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, livros da Aline. Sou membro do grupo, e às vezes foi uma olhada por lá. Acompanhei o lançamento, apesar de não ter comprado. Mas faz meses que quero muito começar a ler os livros da Line. Até o fim do ano pelo menos o primeiro vou comprar e ler.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s