Resenha: ‘Roleta Russa – Gisele Souza’

Oi ooooooi gente! Hoje trago a resenha de um livro que é um dos lançamentos da Editora Charme e da autora Gisele Souza! O livro com 240 páginas e teve um gostinho ainda mais especial quando abri e dei de cara com o carimbo da parceria! O coração acelerou mais ainda! E agora, chego com a resenha dele, para fechar a semana voltada para a divulgação do livro. Vamos começar com a sinopse…

Você já parou para se perguntar se tem o controle total da sua vida? Nunca se sentiu como uma marionete com cada passo meticulosamente planejado por outras pessoas? Já ficou sem saída? Minha vida sempre foi cercada de perigo, crimes e violência. Tive a alma marcada pela morte. Nunca acreditei que tivesse direito à luz depois de andar pelas sombras… Sempre soube qual era o meu destino e aprendi a me ajustar ao que não tinha opção. Então, tudo se tornou um tabuleiro de xadrez. Você precisa dar o xeque-mate ou é eliminado. Quando não se tem muito, não há nada a perder. Sou Enzo Gazzoni, meu nome é como uma oração para alguns e uma maldição para outros. Escolha seu lado da Roleta e torça para não ser o sorteado.

Roleta Russa vem contar a história de Enzo e Carina. E é aquele livro que vai te prender nas tramas do destino, nas consequências das escolhas e nas rasteiras que a vida é capaz de nos dar. Além de tudo, ainda temos poder e segredos envolvidos nisso tudo, enquanto acompanhamos o começo de um casal, que nem era para estar junto, para início de conversa.

Carina Agnelli é uma brasileira, de 22 anos, que cursa medicina e é apaixonada por esportes radicais, já que ama tanto o perigo. Mas sua vida começa a mudar quando seu pai anuncia que eles irão se mudar para outro país. Seu novo lar fica em Nova York e lá muitas coisas vão acontecer e virar seu mundo.

222.JPG

“Sempre tive medo da minha alma que precisava correr risco para se sentir viva.”

Enzo Gazzoni é um filho da máfia. Seu destino está traçado desde sempre, mesmo que ele não queira. Mesmo que seu maior desejo seja ser uma pessoa normal, cursar a faculdade, abrir um negócio. Mas sua vida é assim, mesmo que seu pai – Luca Gazzoni – esteja respeitando o tempo pedido pelo filho.

223.JPG

“Eu estava encantado, totalmente fodido. Tudo pelo que batalhei para me manter distante do meu futuro certo estava sendo ameaçado por uma mulher que, por alguma razão, me puxou desde o primeiro momento em que a vi. Era algo que fugia completamente do meu entendimento.”

Seus caminhos se cruzam, mesmo após Henrique – tio de Carina e braço direito de Luca – avisar que a sobrinha era “proibida”, logo em seu primeiro dia passeando pela cidade. Enzo é intenso desde o início! Eu desafio alguém ler esse livro e não se apaixonar instantaneamente por ele.

Enzo até tenta se afastar de Carina, para não dragá-la para seu mundo, mas a atração entre eles é inegável, o desejo é mútuo e ele não nega o quanto a deseja e fala disso abertamente! Confesso, que no lugar da Carina, eu ia ficar pra lá de constrangida e tímida com as frases que ele usa. Mas ela é forte, decidida, também o deseja e, mais, ela quer o perigo que parece emanar dele.

“- Eu vou esperar então, Enzo. Mostre-me o seu pior, mas eu não irei me assustar. – Aproximou-se devagar e deu um beijo estalado em meus lábios. – Acho que vai me deixar mais excitada saber o quanto de perigo você representa.” 

Antes de me aprofundar na história dos dois, preciso falar de Jill, a primeira amiga que Carina faz na cidade, e Fabrizio, primo de Enzo e namorado de Jill. Eles são adoráveis demais e engraçados. Tem uma cena, após as meninas se divertirem em uma sessão de cinema, em que esse casal me fez passar mal de rir. Eles exalam tesão e amor. Fabrizio me conquistou tanto, mas tanto! Ele é fiel a família, principalmente a Enzo. Sabe o que o primo tem que assumir e o quanto ele não quer essa vida, mas está ali, constantemente demonstrando apoio e até se colocando na linha de frente para defender o primo. Fabrizio é aquele amigo que todo mundo queria ter. Ele demonstra apoio quando necessário, se preocupa, mas se tiver que dar um surra no Enzo, para que ele acorde pra vida, ele também vai fazer! E ah o terceiro POV do livro pertence a Brizio, então conseguimos saber mais sobre ele e sua Deusa Jill, e sobre os mistérios que envolvem o Império Gazzoni.

224.JPG

“- Você me deu esse direito a partir do momento em que prometeu estar comigo até o fim da vida. Não dê as costas pra mim, palhaço. Eu vou colocar juízo na sua cabeça nem que seja na marra.”

Agora voltando ao nosso casal principal. Carina foi avisada por Enzo, dezenas vezes, que ele representava perigo, mas mesmo assim ela afirma que sabe o que quer e mergulha de cabeça nesse relacionamento. Mesmo que ainda haja segredos a serem revelados. E eles começam vir a tona quando Enzo explode de fúria em uma festa, quando esbarra em um antigo “rival”.

Ali ele começa a revelar a Carina quem ele é, um filho da máfia, envolvido com coisas escuras e perigosas. Mas ela não vira as costas para ele. Enzo é um namorado carinhoso, dedicado, possessivo – sem ser incômodo -, e cheio de coisas lindas para falar para a sua Princesa, o que arranca muitos suspiros de nós, meras leitoras. Mas ele tem um lado negativo: por não aceitar muito bem o seu destino, tem um autodesprezo muito forte e é o que mais dá problema no relacionamento entre os dois.

“- […] Sou seu, faça o que quiser. Você tem a minha felicidade e ruína nas mãos, um poder que nunca darei a outra pessoa.”

Só que o destino é cruel com Enzo e, muito antes do que ele gostaria, chega a hora de assumir o nome Gazzoni e arcar com tudo o que vem junto disso. Não apenas uma vez, mas várias, nosso coração é destroçado junto do dele e nos vemos preocupadas com até quando ele irá aguentar as coisas. Mas não se deixem enganar. Enzo é forte e seu desejo de vingança é tão grande quanto o seu instinto protetor com quem ele ama.

“As consequências das nossas escolhas podem refletir em quem mais amamos.”

Na hora que o nome Roleta Russa fizer sentido, prepare-se para ficar com coração na mão, olhos marejados e tensa com o  rumo que a história vai seguindo. E se preparem também para o tiro que é esse final! Eu to que nem louca até agora, querendo ir implorar para a Gi e a Editora acelerarem o segundo, porque PRECISO de respostas e de algo para superar o coração quebrado que me restou.

“- Porque esse tipo de contato a gente nunca esquece, é algo que marca, o calor da pele, a sensação gostosa, o cheiro… Esse tipo de lembrança fica gravado em nossa memória e eu quero ter você comigo em todos os minutos do meu dia.”

Eu to tão impactada com esse livro, que nem sei mais o que falar, com medo de acabar soltando um spoiler! Preciso dizer que desde o início, Roleta Russa me chamou a atenção e me manteve presa. O que foi uma surpresa, já que esses livros que envolvem a Máfia nunca haviam me deixado com curiosidade, totalmente o oposto desse. A leitura flui com muita rapidez e quando dei por mim, tinha devorado o livro.

221.JPG

O trabalho da Editora está lindo como sempre! Eu adoro o carinho que a Charme tem com a diagramação de seus livros ❤  Temos a playlist impressa – que eu fiquei ouvindo enquanto escrevia essa resenha e me arrepiou com Russian Roulette e que estará no final da resenha -, tem  fundo nas páginas e uma abertura de capítulo maravilhosa! Acho que pra ser melhor, só se eu já tivesse com o segundo livro em mãos mesmo!

“- É tudo o que eu sinto por você. Carina, você me fez sentir livre mesmo tendo que enfrentar tudo que precisava sem fraquejar. Você me faz mais forte!”

Ah, como sei bem como vocês amam quando colocamos as playlists, então a de Roleta Russa ta aqui. Curtam essas músicas maravilhosas e que mega combinam com a história!

 

Brincadeiras a parte, eu me encontro apaixonada pela escrita da Gi, já que foi o primeiro livro que li dela. Por mais que o tema seja pesado em alguns momentos, ela balanceia com momentos lindos, frases de soltar um suspiro audível, risadas e aquela sensação de que estamos junto dos personagens.

Não tem como não dar cinco Angélicas para Roleta Russa, esse livro promete e cumpre! No mais, fico aqui, desolada e ansiosa pela continuação, que rezo para que não demore.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

 

 

Anúncios

36 comentários em “Resenha: ‘Roleta Russa – Gisele Souza’

  1. Amei a resenha! Quando a gente devora o livro, ah o livro é bom.rsrs É uma sensação tão boa quando encontramos livros assim. Fiquei muito curiosa, e gostaria de ler o livro também. Olha fiquei aqui ouvindo algumas músicas da playlist, meu marido até se assustou porque até eu achar o fone a música estava alta no ambiente.rsrs
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Aaaaah, o livro é. E ainda é curtinho. Daí junta as duas coisas. Então, pelo o que eu sei, a Charme ta em promo hoje, inclusive esse livro… se quiser rs E a playlist é mt boa. Também ouvi assim haha. Beijos

      Curtir

  2. Sou uma amante da leitura e esse livro me interessoy muito, porque o tipo de historia que gosto.
    Ao mesmo tempo é uma “história” previsível, rsrsrrs mas não me faz perder o interesse.
    Ja assisti um filme relacionado ao tema e gostei muito, acredito que o livro será a mesma coisa!
    Obrigada por me apresentar mais um livro e breve estarei lendo tal!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Olá, curti a proposta do livro, que já tinha ouvido falar sobre sua existência mas não conhecia a história afinal. Pelo título e pelo que entendi é um história cheia de reviravoltas e o final é só tensão. Acertei? haha

    Gostei da sua escrita, Raíssa; resenha instigante e envolvente.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá, tudo bem?

    Não conhecia o livro e nem a autora, mas fiquei muito curiosa depois dessa sua resenha, pois a obra parece ser simplesmente espetacular. Parece-me que os elementos foram muito bem empregados e me vejo sentindo todas as emoções dos personagens, pois se apaixonar por alguém da máfia deve trazer muitas consequências e a maioria delas não são tão legais assim. Vou colocar na listinha, espero ler em breve, pois a chance de me apaixonar é grande!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi!
    Adorei a sua resenha! Não conhecia o livro e nem a autora, nunca li livros com essa temática, histórias que envolvem máfia, mas fiquei muito curiosa em ler. Só de saber que você passou mal de rir, dá pra ver que esse livro nos leva a ter todos os sentimentos possíveis. Gosto de livros assim, que nos envolvem. Obrigada pela dica, está anotada! 😉
    Beijos

    https://aventureirasliterarias.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi! Então, o livro mexe com todas as emoções. Dá vontade de rir, chorar, a gente morre de amor e de ódio. E é bom mesmo. Me sinto mais envolvida. Que bom que gostou. Beijos.

      Curtido por 1 pessoa

  6. Olá!
    Eu não conhecia o livro e não costumo ler histórias parecidas, mas acho que daria uma chance para “Roleta Russa”.
    Gostei muito dos protagonistas serem de mundos opostos mesmo não gostando dessa temática de máfia.
    Nunca li um livro da editora, mas achei a edição desse muito bonita, principalmente esses detalhes nas folhas.

    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu também não curto a temática, então a surpresa foi grande e de forma boa. Essa Editora é voltada para os chamados “romances para mulheres”. Mas vale a pena. Todas as diagramações são muito bonitas.

      Beijos.

      Curtir

  7. A sua resenha só me fez gostar mais do Enzo, por se tratar de uma história envolvendo a Máfia já podemos esperar que não vai ser uma coisa leve, e mais sabendo que tem o segundo livro, sou muito ansiosa e não sei se consigo esperar sair o segundo livro para ler o primeiro.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Assim, eu nunca li mesmo um livro de Máfia, sem ser esse. As sinopses não me chamavam atenção e pelas coisas que as minhas amigas contavam, eu sabia que não iria gostar. Esse não é leeeeve, principalmente no final, mas não sei se é tão pesado quanto os que tem por aí. E ai, a gente morre de ansiedade, mas vale a pena rs

      Curtido por 1 pessoa

  8. Oiee!!

    Nunca li um livro da editora Charme, mas acompanho o trabalho deles e me encanto por cada história…
    Eu gostei desse, achei o enredo bem legal, por ele ser da máfia e tudo mais. Porém, mais uma vez, não tenho certeza se leria. Acho que deixo pra próxima.

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oiiiii! Ai, acho que quando você ler um, vai se apaixonar pela diagramação sempre tão caprichosa.
      Quem sabe um dia te cative a história, né?!
      Beijos.

      Curtir

  9. Oi Raíssa! Adorei sua resenha. Engraçado é que o nome do livro me deu uma outra ideia de história e não máfia hahahahahah. Mas é legal envolver temas que não estamos acostumadas. Saímos da nossa zona de conforto, não é mesmo? Amei a sua resenha e já que o livro já estava na minha listinha de desejados o jeito é acrescentar o próximo e rezar para ser lançado logo.
    Bjus

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Monique. Obrigaaada!
      Então, eu imaginava que seria algo mais pesadinho, mas não exatamente da máfia haha.
      Sim. E eu AMO sair da zona de conforto. Acho que por isso acabo sendo bem eclética nos gostos, vou lendo e me apaixonando rs. Exatamente haha, vamos rezar pra sair logo. Beijos.

      Curtir

  10. Ainda não tive o prazer de ler os livros da autora. Mas sempre escuto mil burburinhos positivos sobre a sua escrita.
    E sei que assim que eu ler esse livro, vou cair de amores pelo Enzo.
    Como não amar um bad boy super protetor e carinhoso? 🙂

    Quero muito ler!

    Ah! E como sempre, adoro quando nos brinda com a playlist.
    Amei!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s