Resenha: ‘Paris Para Um e Outros Contos – Jojo Moyes’

Oi ooooi gente! A resenha de hoje é sobre o último lançamento da autora Jojo Moyes aqui no Brasil. Lançado em fevereiro, o livro é um conjunto de contos e tem apenas 240 páginas. Mas são leituras gostosinhas e descontraídas. Antes de entrar em mais detalhes, vamos a sinopse…

Nessa vibrante coletânea, o leitor poderá conhecer mais um lado da autora. Em histórias curtas e divertidas, Jojo, sem deixar de lado as personagens decididas que conquistaram o público, faz sua conhecida mágica de transformar situações comuns em eventos extraordinários.

No conto que dá título ao livro, a jovem Nell planeja um final de semana romântico em Paris com o namorado e fica sabendo, já na estação, que ele desistiu de acompanhá-la. Sozinha em um país estrangeiro, Nell descobre uma nova versão de si mesma, independente e corajosa.

Outros contos incluem um assalto a uma joalheria com uma reviravolta amorosa, a história de uma mulher que passa um dia inteiro com os sapatos de outra pessoa e um shopping lotado de pessoas fazendo compras de Natal que vai revelar a uma esposa estressada o que de fato importa na vida.

E em “Lua de mel em Paris”, que fecha a coletânea, Jojo Moyes brinda os leitores com um reencontro com as personagens do best-seller A garota que você deixou para trás , Liv e Sophie, que, separadas por algumas décadas, acreditam que o casamento é apenas o início de suas histórias de amor.

Dez pequenas amostras da saborosa escrita de Jojo Moyes, divertidas, autênticas e irresistíveis você vai ler e se encantar.

Bom, preciso começar dizendo que o livro é super curtinho! Quando eu peguei ele em mãos e vi a finura… acho que até me desapontei! Quando li que seriam 10 contos, imaginei que fosse uma coisa maior, mas não é. Apenas o primeiro e o último conto são grandes e mais aprofundados. Os do meio não passam de 10 páginas cada um. Sendo assim, vou focar a resenha nos contos maiores, mas também vou contar qual dos contos menores eu mais gostei!

Em Paris Para Um, conto que dá nome ao livro, conhecemos Nell. Ela é uma mulher que podemos chamar de previsível! Daquelas que as pessoas ao redor adivinham até o sanduíche que ela come as terças feiras ou o tipo de programação que ela costuma fazer. Só que isso abalou Nell e ela planeja uma viagem para Paris – sua PRIMEIRA viagem para a Cidade Luz – com seu namorado, Pete.

– Você nunca toma uma decisão só porque a faz se sentir bem? – A vendedora dá de ombros. – Mademoiselle, você precisa passar mais tempo em Paris.

Acontece que ele é um grande idiota. Quando ela está na Plataforma de trem esperando por ele e mandando mensagens, vem o primeiro baque: ele não vai embarcar com ela. Depois, quando chega em Paris, Nell recebe uma bomba ainda maior: Pete sequer vai a Paris. Ela está em um país estranho, pela primeira vez, e se sente perdida. Ela até pensa em voltar pra casa, mas precisa pagar caro pela passagem de volta. Então decide ficar, mesmo que dividindo o quarto com uma americana estranha.

No dia seguinte, Nell percebe que sua companheira de quarto foi embora, mas deixou para trás um par de ingressos para uma exposição sobre Frida Kahlo e Diego Rivera. E é aqui que a viagem dela começa a mudar.

– Essa foi a coisa mais absolutamente aterrorizante e incrível que já fiz em toda a minha vida.

Nell encontra com Fabien, um escritor frustrado, que acabou de perder seu manuscrito, além de estar sofrendo com o fim de um relacionamento. Eles começam a conversar amenidades, vão para um café e Fabien chama Nell para uma noitada com seus amigos. Eles se dão super bem e Fabien se vê encantado por aquela mulher.

Ele a convida para jantar, prepara uma big surpresa. Só que as amigas de Nell descobrem que Pete não foi para Paris e surtam, então decidem surpreender a amiga: enviam Pete para encontrá-la. Ou seja, ele mela o encontro. Só que Nell já não é mais a mesma mulher que foi viajar para Paris sozinha, ela é mais decidida. E ao tomar uma atitude surpreendente em sua última noite em Paris, ela começa a mudar sua vida.

– Bem, minha cabeça está completamente cheia de sonhos agora. Sinto… Sinto que estou vivendo a vida de outra pessoa. Obrigada, Fabien. A noite foi prazerosa. E a manhã também.

Nell volta para Londres, deixa de ser aquela menina que todos consideravam previsível, rejeita algo que ela esperava e passa a ouvir sua mãe: decide voltar a Paris para um novo passeio – junto de sua mãe -, e quem sabe ter a chance de se reencontrar mais uma vez e reencontrar a pessoa que mudou a sua vida.

– Sabe, acho que, nas melhores histórias, os próprios personagens decidem. Principalmente os impulsivos.
[…]
– Sempre gostei de histórias com finais felizes…

Preciso dizer que o primeiro e o último conto, foram os meus favoritos. Não sei se por serem maiores e ter mais tempo para desenvolvimento dos personagens, mas foram os que ganharam o meu coração. Mas, dos mini contos, eu também gostei de dois.

O que vem primeiro é o Assalto. O conto fala sobre um assalto em uma loja de jóias e a interação entre um dos bandidos e a vendedora da loja. São apenas oito páginas, mas engraçadas, ainda mais devido a situação.

217.JPG

– Ah, não. – Ela fungou. – Percebi logo que não poderia me casar com um homem que não tinha uma estante de livros.

Seguido desse, vem O Casaco do Ano Passado, outro conto que também gostei. Nesse, temos uma família que está passando por apertos financeiros, a mulher se apaixonou por um casaco novo, mas em prol da família, precisa deixá-lo para trás. Eu senti muito amor por esse conto, por causa do tema fofo entre a família. E pelo final, apesar de já esperar uma determinada coisa, me surpreendi pelo modo em que ela foi feita.

218.JPG

Ela olha para ele e seu coração cede, cheio de amor. Ele sempre foi muito habilidoso.

Para fechar o livro, temos Lua de Mel em Paris. Esse conto, é um prequel de A Garota que Você Deixou para Trás. Conta sobre as Luas de Mel de Sophie e Liv com seus amados e cada uma em seu tempo. Liv na Paris de 2002 e Sophie na Paris de 1912.

219.JPG

– Minha esposa querida. Lembre-se sempre disso: eu não conhecia a felicidade até encontrar você.

O livro traça paralelos entre as duas mulheres, suas inseguranças e medos do pós casamentos e na mudança que suas vidas sofrem. O elo que as unem é um quadro, onde Sophie foi retratada anos e anos antes e Liv se vê refletida. Além disso, o conto fala sobre o amor entre recém casados e todo o encantamento que os cerca.

– Os idiotas completos são o meu tipo de marido preferido.
– Eu estava torcendo para você dizer isso.

Mas aviso, se você assim como eu, ainda não leu A Garota que Você Deixou para Trás, prepare-se para o baque que será ler a sinopse e descobrir o que houve no futuro de Liv. Eu chorei e surtei só sabendo disso. No livro, o paralelo entre as duas mulheres continua e eu estou louca para ler.

A diagramação está incrível. Sem erros de português, com espaçamentos confortáveis para a leitura, folhas amareladas e letras de tamanho médio. Fora que a abertura dos contos – como vocês puderam ver alguns – foram um destaque a parte.

Eu vou dar quatro Angélicas para esse livro. Ele é legal, mas alguns contos me deixaram sem entender algumas pontos, ficam muito em aberto. Talvez, se tivessem mais folhas, poderiam se desenvolver melhor.CLASSIFICAÇÃO 4 ANGÉLICAS

Anúncios

26 comentários em “Resenha: ‘Paris Para Um e Outros Contos – Jojo Moyes’

  1. Devo confessar que depois de ler sua resenha fiquei um pouco decepcionada, eu tinha visto falar do livro, mas pensei que fosse uma obra só, não contos, enquanto ia lendo a resenha pensei vou dar uma chance e ler ele assim mesmo, quando cheguei na parte que você fala da sinopse do livro A garota que você deixou para trás tirou toda a minha vontade de ler. Enquanto não ler A garota que você deixou não vou ler os contos, eu amo os livros da Jojo mas a lista de leitura é interminável rsrsrs.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai, não desanima não. Os contos são fofoa, valem uma leitura gostosinha, feita pra distrair a mente de uma ressaca literária rs. E não fique sem vontade. Na verdade, como a Anna me disse, a culpa foi minha rs. O outro livro saiu antes, então se eu já tivesse lido, não sofreria tanto rs. Ai a lista é interminável e os dela também! To tentando completar a coleção, mas ta difícil rs

      Curtido por 1 pessoa

    1. Oiiii! Ai, então, pode ser que sim. Esses contos, assim como livro Um mais Um, tem uma pegada mais suave, mais pra comédia romântica, sem aqueles dramas pesados. Então, quem sabe pode mudar rs. Beijos

      Curtido por 1 pessoa

  2. Oi, tudo bem?
    Gosto de contos, histórias curtas (embora elas sempre pareçam implorar uma continuação ), eu adorei as frases que deixou na resenha, principalmente essa aqui, achei muito adorável e engraçada: ” Os idiotas completos são o meu tipo de marido preferido.” Ri muito ao ler essa frase, parece ser um livro agradável de se ler.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai, eu escolhi aa frases a dedo, especialmente, essa HAHAHAHA me odentifiquei, já que eu estou a beira de um casamento. E é mesmo agradável, aquele tipo de livro que nos tira de uma ressaca literária.

      Curtir

  3. Gosto bastante da autora, desde antes da febre de “Me Before You”, mas não sabia desse livro de contos. Eu gosto de contos pequenos, acho que pode ser uma boa leitura para quem não tem tanto tempo, mas a necessidade do final, onde geralmente se deseja mais, deve ocorrer e não ter resposta, como uma sequência né? Gostei da tua resenha, sucesso!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Também gosto bastante da Jojo. E simmm, acho que é um livro pra quem não tem tempo e pra quem quer algo leve, após uma ressaca. O ruim é isso mesmo, querer algo que não vai vim. Ficar com aqueles pontos de interrogação na cabeça. Obrigaada!

      Curtir

  4. Oi Raíssa, tudo bem?

    Eu adoro ler livros de contos, então creio que gostaria muito desta obra, pois os contos curtinhos sempre me conquistam rapidamente e me levam para a obra. Tenho uma relação conturbada com a Jojo, já li os dois livros mais famosos dela “Como eu era antes de você” e “Depois de você”, tentei ler o “A garota que você deixou para trás”, mas simplesmente não fluiu. Acho que vou dar essa chance para esse livro!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Acho que você pegou até os mais famosos e polêmicos. Principalemente Depois de Você. A grande maioria não gosta. E dê sim. E se puder te indicar outro, seria Um Mais Um, também tem uma pegada diferente

      Beijos

      Curtir

  5. Como gosto da autora, e também de contos, já fiquei aqui super ansiosa para ler esse livro.

    E gosto de contos, justamente por serem curtos, e por poder ler entre uma leitura e outra

    Boa dica!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Acho que você pode ficar mais tranquila quanto a esse. Ele está bem mais pra comédia romântica. Já leu Um Mais Um? Também segue essa linha. Beijos

      Curtir

  6. Oi Raíza! Eu jurava que esse livro novo da Jojo era uma só história. Mas fomos presenteadas com 10 contos!?!? Amei!
    Pela sua resenha vi que Jojo se mantem Jojo, com personagens fortes, e temas bastante polêmicos.
    Por fim… já retirando ele da estante hehehehehe
    Bjus

    Curtido por 1 pessoa

    1. Simmmm. 10 contos, mas como disse, de tamanhos diferentes rs. Sim, acho que, principalmente, o do Assalto, mexe em algo polêmico.
      Tomara que goste. Beijos

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s