Resenha ‘A Prisão do Rei – Victoria Aveyard’

Oi ooooooi gente! Hoje vim trazer resenha de uma das minhas séries favoritas! A Prisão do Rei é o terceiro livro da série distópica A Rainha Vermelha! Eu amo muito e super indico para as minhas amigas. O livro, de 544 páginas, foi lançamento de março da Editora Seguinte, mas com a maratona de leitura com os livros do evento da Aliança tive que esperar para ler.  Mas chegou a hora de falar. Quero avisar que como esse é o terceiro livro da série, claro que terá spoilers dos dois primeiros! Vamos a sinopse…

Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira. Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.

Ai gente, preciso começar dizendo que a leitura desse livro não foi fácil. Não porque ele é ruim. Longe disso! Mas eu senti toooodas as dores da Mare. Acho que até o capítulo 19, eu consegui ler poucas páginas por dia, porque me sentia sufocada junto com ela. Enfim, vamos começar…

210.JPG

O livro se inicia do exato ponto que Espada de Vidro acaba, ou seja, Mare capturada por Maven e tendo que se ajoelhar e se submeter ao novo Rei. Mare é mantida totalmente cercada por Pedras Silenciosas – que apagam seu poder -, além de ter guardas Arven – que também tem o poder silenciador – em seu torno. Ao mesmo tempo que é observada de perto pelo obsessivo Maven, que além de tudo, ainda a obriga a fazer discursos para a população, colocando a Guarda Escarlate como terrorista e uma ameaça enorme para a população. Para vocês terem noção, Mare passa SEIS MESES presa. Nesse meio tempo, ela ainda é torturada pelo murmurador Samson Merandus, é feita de “bichinho de estimação” de Maven, participa de sua turnê de coroação, além de mesmo “livre”, ainda carregar pulseiras e tornozeleiras feitas de Pedras Silenciosas. Para uma pessoa poderosa como Mare, isso estava definhando ela cada dia mais. Mas claro, planos estavam sendo feitos, sem que Mare nem imaginasse.

– Acha que gosto de te ver assim? – ele resmunga. – Acha que quero mantê-la prisioneira? – Sua respiração se agita. – É o único jeito de te manter comigo. 

Vamos falar de Maven. Confesso que não consigo desapegar do meu amor por ele. Não me entendam mal, eu não sou nem um pouco Team Maven, que quer que ele fiquei com a Mare, jamais torceria por isso após todas as atrocidades que ele cometeu, mas ele é um vilão muito maravilhoso. Só que ele passou de alguns limites de obsessão dessa vez. Ele me deixou com medo dele em alguns momentos, já que ele deixa claro que quer manter Mare, custe o que custar, do jeito que for. Ele só quer que ela fique junto dele. E durante conversas que eles tem, nos são reveladas informações do passado de Maven. Até que ponto Elara manipulou sua mente, até onde ele ama e odeia seu pai e seu irmão e o que ela não conseguiu tirar de sua mente. Nessa hora, eu senti uma mistura de pena e raiva dele. Além de tudo, ele decide fazer uma parceria inusitada com Lakeland, que pode mudar o rumo de como as coisas estão em Norta.

211.JPG

O livro, como divulgado antes, tem outros dois narradores: Cameron e Evangeline. Elas não tem muitos capítulos cada uma, mas são o suficiente para encaixar pontos da história. Principalmente, Evangeline. Preparem-se para conhecer um novo lado dela que não foi visto nos outros livros. As Grandes Casas começaram a se rebelar contra a tirania de Maven e mesmo que Mare nos conte coisas que acontecem, é Evangeline que vai nos dar os detalhes sobre a revolta dos nobres Prateados.

Por enquanto, o inimigo do nosso inimigo é nosso amigo, o que os torna possíveis aliados contra Maven.

Enquanto isso, Cal e a Guarda Escarlate se preparam para conter os exércitos de Maven, ao mesmo tempo que pensam um jeito de salvar Mare. Preciso dizer que tem duas parte da Guarda, Cal e Mare lutando… que são os pontos altos do livro. É tanta demonstração dos poderes e de como eles sabem lutar, que deixa a gente encantado e cheio de adrenalina. É isso que me fez gostar da série lá no início e se mantem.

212.JPG

Após o MEGA resgate de Mare, as coisas ficam mais leves, daí consegui ler o livro num piscar de olhos. Ela ainda tá muito traumatizada e fica claro isso com algumas atitudes dela. Inclusive, esqueçam aquela Mare Rebelde Sem Causa do segundo livro. Todas as “porradas” que ela tomou desde Coros até o momento que consegue se livrar de Maven, faz com que ela se torne mais sensata, mais centrada e mais racional.

Lanço raios roxos e brancos pelo céu. Um sinal. A garota elétrica está livre.

Com isso, o livro também tem momentos bem legais, envolvendo treinamento com os sanguenovos. Incluindo uma super luta entre Mare e Cal, também eles treinando juntos e uns momentos de conversas e outras coisinhas mais. Preciso dizer que, pra quem é Team Cal – que nem eu -, tem muitos momentos que vão fazer a nossa felicidade. Mas, nessa série nada é perfeito e eu to sentindo um pouco de vontade de socar a cara linda do Cal também. Eles precisam ser endgame, mas vão precisar passar por obstáculos.

Conhecemos o Ministro Davidson, ele também é um sanguenovo, vindo de Montford e ajudará Mare em seus treinamentos e também em todo o arco final do livro – não vou falar por motivos de: spoiler rs. Além disso, ele que ajuda a Mare a entender o quebra cabeça revelado nas últimas páginas do livro. A presença dele promete ser maior e mais importante no último livro da série.

213.JPG

A guerra final de Norta, Lakeland, Piedmont, Montford e a Guarda Escarlate se aproxima. O que vai acontecer entre os prateados, vermelhos e sanguenovos está prestes a ser revelado. Mas ainda vamos sofrer um pouco até o quarto livro, que só sairá no ano que vem, provavelmente em fevereiro. E se a gente pensou que o final do primeiro foi terrível, o segundo foi um tiro no coração… esse terceiro é de surtar a cabeça! Victoria tem a habilidade de dar ganchos de um livro pra outro, que ainda vão fazer com que a gente arranque os cabelos.

Em algum lugar distante, dentro de mim, um trovão ruge. Vamos deixar que eles se matem.

Quanto ao trabalho da editora, tá maravilhoso! A capa é uma coisa linda – assim como os outros da série -, mesmo que pra quem tem TOC e ficou louco com a mudança da cor acinzentada para o azul escuro. Além disso, a diagramação está ótima, as letras confortáveis para leitura, com bons espaçamentos, sem erros de português.

Enquanto eu me desespero com o final do terceiro e na espera pelo quarto e último livro da série, deixo aqui minhas cinco Angélicas!

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Ah, a resenha não acabou rs. Também trouxe para vocês o primeiro quote de #RQ4, o último livro da série, ainda sem título. Victoria postou no seu twitter uma frase de Davidson.

quote
“Eu preferia estar sentado no terraço ficando bêbado com meu marido, vendo crianças frustradas encarando umas às outras, do que fazer isso”
Anúncios

16 comentários em “Resenha ‘A Prisão do Rei – Victoria Aveyard’

  1. Raíssa do céu! Eu tô me segurando para ler essa série (só depois de lançarem o último é que encaro séries – tomei essa premissa para mim) mas… depois desta bomba toda tá difícil de me conter. Ela já tá na listinha de desejados, e faz tempo. Abraços literários

    Curtido por 1 pessoa

    1. HAHAHAHAHAHA ai meu Deus e tu pegou spoilers bombas do primeiro! To rindo, mas to preocupadíssima! E ai, eu me segurei meses com ela, quando foi lançada lá em 2015. Mas meu Deus, não consegui e só tomei bomba atrás da outra! Mantenha ela na sua listinha, amo de paixão e super recomendo! Beijos 😘

      Curtir

  2. Eu também só encaro séries depois de finalizadas, porque eu não aguento ficar esperando os novos livros. Só que a curiosidade está querendo ganhar. Tenho que confessar que não sou muito fã de distopias, para você imaginar li Jogos Vorazes o ano passado para o aniversário do grupo e não assisti nenhum dos filmes, mas acredito que uma vez mais vou me render às indicações do blog.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai, eu sempre digo que vou esperar. Mas nunca aprendo hahaha. Assim, ela é uma distopia com fantasia, então isso é diferente de Jogos Vorazes. E ai, se tu se render, me diga se gostou, Carol 💜

      Curtido por 1 pessoa

  3. Oiiiii, comecei a ler o primeiro livro, mas como estava lendo em e-book no tablet, não seu para continuar. O tablet pifou… 😦

    Bem, mas mesmo assim li a sua resenha, e já tinha lido algumas do sagundo livro.
    E acho que apesar do terceiro livro ser mais denso pelo sofrimento da Mare,achei mais interessante.Ela amadureceu bem mais não é?!

    Pretendo ainda dar prosseguimento a minha leitura. 😉

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim, é bem isso. O sofrimento é mt presente, mas acredito que tanta demonstração dos poderes, poder conhecer novas casas dos Prateados e as peças finais de movendo, deixa o livro mais interessante.

      Curtir

  4. Para tudoooooo….estou louca para ler essa série….porém eu sou o tipo de maluca que espera sair todos pra ler tudo junto, pois não consigo segurar a ansiedade….e a sua resenha só me fez ficar ainda mais curiosa…parabéns!!!
    thebestwordsbr.blogspot.com.br

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai, conheço muita gente assim hahaha. E essa série é de arrancar alguns cabelos haha. Mas recomendo muuuuito! E que bom que deixou mais ansiosa. Gosto de deixar mais pessoas querendo ler A Rainha Vermelha. Vamos todos sofrer juntos haha 😍

      Curtir

  5. Olá! Vejo que esse livro está conquistando muitos leitores. Quero quer esse livro faz tempo. Estou até fugindo das resenhas dessa série com medo de pegar spoiler. Haha’ Que bom que gostou. Tomara que os outros livros da autora seja bom também. Beijos’

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai, é bom fugir mesmo rs. Porque o primeiro livro tem um senhor plot, que quando falamos dos outros livros, acaba entregando mt pra quem não leu. E, por enquanto, ela só tem os livros dessa série, mas todos valem a pena. Beijos.

      Curtir

  6. Vc falou tanto dessa série Rai, que comprei os livros. Em vez de comprar o 1° eu fui e comprei o 2 e o 3. 🙈 Tava sem $ pra comprar o 1 e tive que ficar olhando para os livros comprados sem nem pensar em pegar eles 😂😂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s