Resenha: ‘Abril Obstinado – Aline Sant’Ana’

​Ooooooooi gente! Olha eu de volta com o quê? O quê? Simmmm, com mais um conto da série de Janeiro a Janeiro rs Eitaaa série boa. Só pra vocês saberem, esse conto de Abril é meu favorito até agora, então não estranhem se eu ficar de melação rs

Primeiro vamos á sinopse:

“Rebekah Blake e Ben Gold, atualmente o médico mais bem-sucedido de Nevada, namoraram por três anos. O namorado inteligente e inquebrável abalou seu mundo e a proporcionou momentos incríveis. No entanto, uma proposta irrecusável obriga Ben a mudar de cidade e acabar com o relacionamento. Um ano depois, Rebekah descobre que Ben vai se casar. Ela o conhece bem e sabe que ele está prestes a cometer o maior erro de sua vida, casando-se com uma mulher que ele obviamente não ama; não depois de tudo o que viveram. Sem pensar duas vezes, Rebekah entra no carro e vai para Las Vegas, na tentativa desesperada de mostrar a Ben o quanto são bons juntos e, principalmente, que ainda há chance de viverem esse romance. Aviso: “Este conto foi escrito antes da Suprema Corte dos Estados Unidos aprovar a união do casamento homoafetivo em todo o país.” 

Tudo começa com Rebekah comemorando seu aniversário de 19 anos. Pra aproveitar e esquecer alguns problemas em casa, ela resolve chutar o pau da barraca rs e acaba ficando completamente bêbada. Rebekah está com o melhor amigo, Jace, e graças à Deus por isso. Ele acaba chamando Ben, o estudante de medicina e seu colega de república para ajudá-lo depois que Rebekah desmaia.

Logo que Rebekah acorda, a primeira pessoa que ela vê é nosso mocinho e a atração é imediata. Ele é atencioso, parece realmente preocupado com ela, além de ser lindo de viver, e pronto, Rebekah está totalmente caídinha por ele. E eu super entendo ela gente, pois é cada suspiro alto que eu dou com esse homem!

“— Você me acha atraente, Rebekah? 

— Por quê? Vai me convidar para sair se eu disser que sim?”

Rebekah então decide conquistá-lo e vai contar com a ajuda, relutante à princípio, de Jace. E isso resulta em uma das minhas cenas favoritas. Ben super percebe essa atração, e ele descrevendo o modo como o corpo dela está reagindo a ele é tão adorável. Ben também não é imune a esse sentimento, chegando até a corar. Sério, isso tinha tudo pra ser brega, mas eu amei essa vulnerabilidade dele, diferente da maioria dos mocinhos que estou acostumada. É bem um começo de relacionamento transbordando açúcar.

Eles logo engatam um namoro, que dura 3 anos de muito amor e descobertas. Uma coisa que eu adorei foi que a qualquer momento do dia um liga para o outro pra dizer uma curiosidade sobre si. Seja um momento constrangedor ou manias do dia a dia. A relação deles é bonita e de companheirismo. É nítido que eles foram feitos um para o outro.

“— Odeio ter que gastar tanto shampoo no meu cabelo, queria poder simplesmente raspá-lo e lidar com a depressão depois . Mas isso passa quando saio do banho e vejo que foi apenas uma das crises femininas que toda mulher tem. Imagina se eu ficasse careca? 

— Linda — ele disse. 

— Como? 

— Continuaria linda pra mim. “

Mas Ben também é apaixonado pela profissão que escolheu. Seu sonho é se tornar o melhor médico de Nevada e ele vê essa oportunidade quando recebe uma proposta de emprego em Las Vegas que vai alavancar sua carreira. Nosso mocinho protela, protela e acaba contando para Beka que vai se mudar dias antes de partir, deixando nossa mocinha arrasada.

“Sempre o imaginei sendo um homem grandioso numa grande cidade e não na humilde Sparks. Ben queria ser o melhor médico de Nevada e só conseguiria isso saindo daqui.”

Um ano de passa e Ben nunca mais entra em contato com Rebekah, deixando nossa mocinha mais devastada. Mal sabe ela que o pior está por vir quando ela descobre que ele vai se casar. Ela não pode acreditar nisso, o cara que ela conhece mais do que a si mesma se casando com uma pessoa que ela tem absoluta certeza que ele não ama.

“Estava tentado fortemente me recuperar da notícia, mas esse tipo de coisa te abala por dentro. É como se a única coisa que você sentisse fosse a dor.” 

Rebekah então toma uma decisão quase imediata, ela vai até Las Vegas para tentar impedir que Ben – segundo ela – estrague sua vida. Acompanhada por Jace, ela está determinada a encontrar Ben e fazê-lo enxergar o absurdo que será ele se casar… com alguém que não seja ela, e mostrar que podem sim ficarem juntos. Aparentemente Ben não é mais o mesmo de um ano atrásassim que eles ficam frente a frente muito coisa virá à tona.

Como eu disse, esse conto é o meu queridinho até agora. Não que eu não ame os anteriores, mas esse… ai ❤. Os capítulos são intercalados entre passado e presente. Eu geralmente não me dou bem com esse tipo de narrativa por ser extremamente ansiosa e querer saber a história logo, mas não me incomodou nenhum pouco este conto ser assim. Eu ansiava tanto pelo passado, que conta como nossos protagonistas se conheceram e a relação deles em diante, como o futuro, que é Rebekah indo atrás de Ben, para salvar o amor dos dois.

 

A determinação e a fé que Beka tem no relacionamento dela com Ben é contagiante. Ela vai dar a cara a tapa se for preciso para ficar com Ben e se nada der certo, ela pelo menos tentou. É comovente o amor dos dois. E Ben, ai Ben, que mocinho maravilhoso. Eu não vou me prolongar muito falando nele para não soltar spoiler, só posso dizer que ele é encantador. Outro ponto na história que me deixou apaixonada foi Jace e Lucas – irmão de Rebekah. É uma história paralela, mas cheia de paixão, erros, segundas chances e perdão. Aline, quero mais dos dois, nunca te pedi nada rsrs

Sou completamente apaixonada por esse conto todo. Eu estou muito repetitiva e prevejo continuar assim nas próximas resenhas, mas lá vai…A Aline te prende do começo ao fim da leitura e te faz amar demais cada personagem. É uma escrita viciante. Preciso contar que eu estava guardando minhas 5 Angélicas nessa série para o meu conto favorito e por fim chegou. Se tivesse mais Angélicas eu com toda a certeza daria.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Anúncios

8 comentários em “Resenha: ‘Abril Obstinado – Aline Sant’Ana’

  1. Oiiiiii, gostei da Rebekah , por ser uma mulher determinada e por lutar pelo seu amor.
    Mas não entendi o motivo do Ben ter se afastado tanto dela.
    Afinal, eles se amavam muito!

    Pela sua empolgação, fiquei curiosa em conhecer esse conto.

    Curtir

  2. Oooooi Janaina.
    Não posso contar o motivo do Ben pqe é um baita spoiler rs

    Leeeia sim.. acredito que irá gostar e vai conseguir entender tudo 😊

    Curtir

  3. Anna, quero ler esse conto e quero ler agora.
    Vou parar de ler as resenhas de vocês porque só está me acumulando na lista de livros intermináveis e no fim, tô lendo nenhum kkkk
    A Aline é uma maravilhosa mesmo. Se não fosse meu bloqueio literário já teria acabado todos os livros delas porque são realmente ótimos!!!
    Já entrou pra minha lista de novo kkkk

    Curtido por 1 pessoa

    1. Aaaai Lê, leia sim.. garanto que vai gostar. São curtos, você termina tudo em uma sentada só haha ❤

      Minha lista de leitura só sabe crescer tbm rsrs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s