Resenha: ‘A Crise Estado Islâmico (ISIS – EIIS) – Charles Dyer & Mark Tobey’

Eu acho que vocês já estão se acostumando a ver minha carinha por aqui pra falar de assunto polêmico né? Eu comecei a semana passada com uma resenha de livro religioso e hoje inicio a semana com resenha de livro histórico, religioso e político ao mesmo tempo. Além disso tem um assunto bastante atual e pouco discutido aqui no Brasil. Tanto que fiquei impressionada com a quantidade informações que eu não tinha ideia.

Mais uma vez eu reitero sobre a dificuldade de ler livros fora da minha zona de conforto, mas finalmente consegui terminar e talvez entender um pouco mais sobre a crise em que o Oriente Médio está. Antes de tudo, confere a sinopse…

Sinopse: Com o Estado Islâmico em ascensão, o que precisamos saber? Estado Islâmico do Iraque e da Síria (EIIS) – um nome que inspira medo; um grupo que está ganhando ímpeto. Horrores inéditos estão assolando o Oriente Médio, e o Estado Islâmico pode ser responsável pelos piores desses eventos. E ainda há muito que não sabemos sobre esse grupo: Que impacto esses eventos podem ter sobre os Estados Unidos? Os autores abordam essas e muitas outras perguntas. Tomando por base a História, os eventos atuais e a profecia bíblica, Dyer e Tobey guiam os leitores pela raiz dos conflitos do Oriente Médio. Em seguida, eles exploram o papel do Estado Islâmico em todos esses eventos. De onde vem? Quem são eles? Como se distingue de outros grupos terroristas? O que Israel pensa sobre o EIIS?

Então, meu povo, a situação em que o Oriente Médio se encontra em 2017 vem sendo construída há muitos anos. Não foi do nada que Osama Bin Laden liderou o ataque de 11 de setembro. Aqui neste livro os autores, Charles e Mark, começam a mostrar quando a crise realmente começou. As brigas por território são disputadas a bastante tempo, mas o ponta pé que desencadeou o caos aconteceu em plena a Primeira Guerra Mundial. Através de relatos vemos como as potências Aliadas (Grã-Bretanha, França, Rússia e Estados Unidos) foram decisivas para isso.

Vários tratados secretos foram feitos e a mesma terra foi prometida para povos diferentes. Eles plantaram a discórdia entre esses povos e acabaram colhendo os milhares de conflitos que temos até hoje. O EIIS (Estado Islâmico do Iraque e da Síria) surgiu neste momento, mas apenas na década de 70 que os maiores conflitos se estabeleceram e como consequência temos uma região que há anos vivem pela disputa de terras.

“Talvez a história ensine muito poucas lições de forma clara. Mas, com certeza, uma lição aprendida pelo mundo, a grande custo, é que a agressão sem oposição torna-se uma doença contagiosa.” – Presidente Jimmy Carter em pronunciamento à nação após a invasão soviética no Afeganistão

Confesso que fui lendo o livro e a cada página fui ficando mais curiosa, pois esse não é um assunto que costumo ler a respeito e principalmente discutir. Religião é sempre complicado de se discutir, então falar de religião e política na mesma resenha é extremamente complicado. Mas como eu disse, eu estava bastante curiosa e segui com a leitura bem rápido já que não era um livro da minha zona de conforto.

Foi bem interessante ler sobre o início de Osama Bin Laden em grupos de terrorismo. Eu realmente não sabia que ele era um homem rico da região, bem educado que lá no início ajudou a financiar armamentos para os homens. Além disso, os autores explicam a diferença entre os Xiitas e os Sunitas, como cada povo tem suas diferenças e suas próprias vontades. Vemos também como o povo judeu luta contra o preconceito e que grande parte dessa briga é porque os Palestinos não aceitam que eles tenham direito de viver em Israel.

O livro é bem interessante para quem gosta de ler sobre política. Temos uma grande parte falando sobre religião, pois existe uma profecia sobre o Mahdi (equivalente ao Jesus cristão), pois eles não acreditam que o Messias já tenha nascido. Temos várias passagens bíblicas durante a leitura, mas nada muito cansativa. Temos passagens de como eles usam o Corão (equivalente a Bíblia) para recrutar nossos homens para lutarem.

“O Alá do Corão não é um Deus de amor. Ele é tão transcendente que não consegue amar as pessoas” – Wede Akins compartilhando sua fé com os muçulmanos 

Essa parte de usar o Corão pra justificar os atos brutais é uma coisa que me deixou bastante impaciente. Eu não acredito que Deus ou Alá faria uma coisa dessas. Não sou religiosa, não ando seguindo nenhuma religião, mas fui criada no catolicismo e ver a religião sendo usada por um povo para matar outras pessoas é muito cruel. A cada dia temos notícias de pessoas sendo torturadas e mortas por esses grupos de terrorismo.

Não acho que é um livro para todos, mas se você interessa em saber de história, política e religião de uma parte do mundo que está em evidência, então está é uma ótima dica de leitura. Se você é um curioso, talvez tirei algumas horas bem interessantes de leitura. O livro tem diagramação simples, páginas brancas com letras grandes. Com isso eu deixo aqui minhas 3 Angélicas.classificacao-3angelicas

*Esse livro foi cedido pela Editora BVBooks no evento Aliança de Blogueiros – RJ. 

Anúncios

2 comentários em “Resenha: ‘A Crise Estado Islâmico (ISIS – EIIS) – Charles Dyer & Mark Tobey’

  1. Essa guerra sem fim,sempre nos deixa sem saber como começou e por qual razão.
    Usam a religião para justificar atrocidades.
    Dizem que o alcorão passa mensagens lindas que não tem nada a ver com o que pregam… Nunca li!
    Mas o pouco que sei é que tem influências do cristianismo.

    Bem,gostei do livro. Sempre tive curiosidade em saber como tudo começou,e acho que esse livro seria perfeito!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s