Resenha: ‘One Man Guy – Michael Barakiva’

Oii gente! A resenha de hoje é de um livro que chegou pra mim, através da Aliança de Blogueiros – Rj e vocês não fazem ideia do quanto eu sou grata por isso. ‘One Man Guy’ é um livro pequeno com 272 páginas, e carrega uma história linda sobre descoberta do amor entre dois jovens, Alec e Ethan.

Vamos conferir o que eu achei desse romance???

“Sinopse: Um romance sobre dois garotos, dois mundos e um encontro.
 Ethan é tudo o que Alek gostaria de ser: confiante, livre e irreverente. Apesar de estudarem na mesma escola, os dois garotos pertencem a mundos diferentes. Enquanto Ethan é descolado e tem vários amigos, Alek tem apenas uma, Becky, e convive intensamente com sua família e a comunidade armênia.
 Mesmo com tantas diferenças, os destinos de Ethan e Alek se cruzam ao precisarem frequentar um mesmo curso de férias. Quando Ethan convence Alek a matar aula e ir a um show de Rufus Wainwright no Central Park, em Nova York, Alek embarca em sua primeira aventura fora de sua existência no subúrbio de Nova Jersey e da proteção de sua família.
 E ele não consegue acreditar que um cara tão legal quer ser seu amigo. Ou, talvez, mais do que isso.”

Contada em 3° pessoa, a historia começa mostrando a relação de Alec com sua família e logo de cara percebemos que ele não se encaixa ali. Seus pais são autoritários e deixam claro que quem manda são eles e as opiniões e vontades de Alec, não são se quer consideradas. Descendentes de Armênios, seus pais falam da cultura armênia e o genocídio que aconteceu aos seus descendentes durante a segunda guerra mundial, quase que diariamente a ele e seu irmão mais velho Nic. Sempre deixando clara a sorte que eles têm por morarem nos Estados Unidos frisando o quanto esses “americanos” são esquisitos

“Você é diferente. Não tem medo de fazer a coisa certa, mesmo que seja difícil”

A vida de Alec muda, quando durante um péssimo jantar, seus pais anunciam que ele vai fazer o curso de verão da escola, pra tentar entrar na turma avançada, assim acabando com os planos dele ir para o acampamento de Tênis. Revoltado, porém conformado Alec, começa o curso de verão e um dia na volta da escola, ele escuta um barulho de vozes e começa ir atrás dos sons. Ao chegar mais perto vê Ethan Novick e os garotos da turma dos desistentes andando de Skate, ele fica ali observando os meninos se divertindo, ate que é descoberto por Jack que parte pra cima dele. Apavorado, Alec tenta correr e acaba caindo, Jack aproveita para se jogar em cima dele, mas ele é defendido imediatamente por Ethan, que pede pra Jack deixar isso pra lá. Alec vai correndo pra casa de Becky sua melhor amiga, pra contar os acontecimentos do dia.

“Só sei que gosto de estar com você e não consigo me imaginar querendo mais ninguém. Isso basta para você?”

Passado alguns dias Alec consegue acalmar seu coração e juntar coragem o suficiente para agradecer Ethan por defende – lo de Jack. O que Alec não sabia era que ali ia nascer uma grande amizade, que logo se intensifica e um não consegue mais ficar longe do outro. Entre se aventurarem escondidos até Nova York  para ver um show do Rufus Wainwright  e aprender regras básicas de sobrevivência na cidade, que Ethan ensina a Alec, nasce um amor ingênuo e acima de tudo verdadeiro.

17352587_1273681039383105_1769440038_n

O que mais me encantou nesse livro, foi à maneira como o relacionamento entre Alec e Ethan é construído, desde a descoberta de se apaixonar por uma pessoa do mesmo sexo, o primeiro beijo até assumir esse amor publicamente tudo é mostrado de um jeito puro, doce e repleto grandes descobertas. ‘One Man Guy’ é o tipo de livro que deveria ser aplicado em salas de aula de ensino médio, principalmente por tratar da descoberta da homossexualidade abertamente e sem preconceitos, que é como deveria ser tratado. Eu não posso deixar de terminar essa resenha, sem pedir para que leiam esse livro e suspirem assim como eu, por essa historia de amor. Vale cada uma das minhas 5 Angélicas.

classificacao-5-angelicas

*Esse livro foi cedido pela Editora Leya no evento Aliança de Blogueiros – RJ. 

Anúncios

2 comentários em “Resenha: ‘One Man Guy – Michael Barakiva’

  1. Oii !!!! 🙂
    Gostei da sensibilidade em que o autor contou a história desses dois meninos.Não li,mas me parece que a trama foi elaborada sem exageros, e sem muitas polêmicas, o que torna a história de amor entre os dois delicada e fofa.
    Os preconceitos são muitos,mas ler algo assim sempre nos fazem acreditar em algo melhor.

    Bjs. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s