Resenha de Quarta: ‘Playing in the Rain – Jane Harvey-Berrick’

“— Nada é fácil sobre a vida, mas é muitíssimo mais difícil se você está infeliz, enquanto vive. “

Esse livro é um conto bem curtinho com um pouco mais de 100 páginas, mas é tão incrível. Uma história linda de dois jovens com futuros diferentes. É um New Adult, oh que novidade né? Rsrs Até onde sei esse livro, infelizmente, não está na lista de nenhuma editora para ser publicado aqui no Brasil.

Vamos à sinopse?

Ava Lawton não pode acreditar na maré de azar que ela está. É esperado que seja um momento emocionante em sua vida: recém-saída da faculdade, vivendo em um estado novo, com um novo emprego, e longe de sua família finalmente. Mas quando ela é forçada a largar o emprego, tudo se desmorona rapidamente. De repente, ela está sozinha no meio da multidão, sem ninguém a quem recorrer. Em seu ponto mais baixo, um estranho lhe dá uma mensagem que lhe traz esperança. Agora é a hora de viver a vida à sua maneira. Agora é a hora de escolher ser feliz. E talvez seja hora de deixar um belo estranho ser parte de sua vida.

A Jane tem uma sensibilidade para escrever que é notável. Nessa pequena história eu tive vários momentos de aflição e de curiosidade. É bem clichê em alguns aspectos, mas vale a pena a leitura. É o tipo de livro que você vai deduzindo algumas partes, mas mesmo assim você chega ao final totalmente apaixona.

Vamos falar um pouco dos personagens? A Ava é a jovem menina americana que quer ser alguém, mas até perder o emprego não tinha percebido como era difícil viver sozinha. Ela tinha se mudado de cidade para ter realização profissional, mas percebe logo no inicio como isso será difícil.

“— Se você decidir fazer isso, tudo bem, mas você não deve desistir de seus sonhos, Ava. A vida é muito curta para viver com arrependimentos. Você devia ir para Itália, viver o seu sonho. Você sempre pode voltar e ser uma contadora. Mas suponha que a Itália seja tão boa quanto você acha? “

O destino dela se cruza com um jovem lindo, Cody, num dia de temporal e no meio de um engarrafamento. Oh, Deus! Que romântico né? Eu não posso falar muito porque o livro é tão pequeno que fico com medo de contar a história toda.

10200344

Digamos apenas que esses estranhos embarcam numa aventura. Os dias vão passando e uma linda amizade entre Ava e Cody vai nascendo e com isso um amor puro e verdadeiro também. Cody é lindo e tão, mais tão fofo que é impossível não se apaixonar por ele.

Eu não vou falar mais sobre o livro porque estou realmente com medo de soltar spoilers. Então, se você quer um livro pequeno, que tenha romance, amizade e uma pitadinha de drama a sua escolha tem que ser Playing in the Rain.

10168176

“Eu amo você até as estrelas e depois” ele respondeu

***Repostando Resenha de 29 de março***

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s